6 formas práticas de ensinar consciência ambiental às crianças - Pumpkin.pt

Patrocinado por Logo Happy Meal Readers

6 formas práticas de ensinar consciência ambiental às crianças

consciência ambiental nas crianças

As crianças são esponjas das nossas palavras e das nossas atitudes. Por isso, mais do que pela teoria, aproximar as abobrinhas ao ambiente passa pela prática e pelo exemplo.

São vários os comportamentos a adotar e as mudanças que devemos fazer na nossa vida, para que um dia os miúdos reproduzam esses comportamentos também nas suas casas.

No entanto, criar abobrinhas apaixonadas pela natureza, e, por isso, empenhadas em comportamentos sustentáveis e respeitadores, passa também por ocupar os vossos tempos livres fomentando o contacto com os animais, o mundo e os outros!

Com o apoio da McDonald’s, reunimos seis ideias para criar consciência ambiental nas crianças. É mais fácil do que parece, principalmente quando os pais são os primeiros a incentivar.

Visitar uma quinta pedagógica

jardim zoologico quinta pedagógica pintaínho

Sabiam que o convívio com animais favorece o sistema imunológico e reduz o stress de crianças e adultos? Estes são só alguns dos benefícios de ter um animal de estimação, mas se não conseguirem adotar um cão, um gato ou uma iguana, não faz mal: podem sempre visitar uma quinta pedagógica!

Além do mais, estar em contacto próximo com os animais de quinta cria nas crianças uma maior empatia e um amor gigante por estes bichinhos tão doces e amigáveis.

De norte a sul do país, são muitas as quintas que permitem às crianças ver de perto vacas, porcos, galinhas e companhia, uma forma incrível e divertida de aprender mais sobre o mundo rural, mesmo na cidade. Podem até alimentá-las, se tiverem sorte!

Limpar a praia

limpar a praia

Participem em tarefas de limpeza de praias ou noutros projetos solidários e voluntários de preservação ambiental. Podem fazê-lo por iniciativa própria, em família e com amigos, ou juntar-se a iniciativas organizadas por associações, normalmente em parceria com as câmaras municipais.

A verdade é que organizar uma limpeza a uma praia é uma forma didática de mostrar às abobrinhas o impacto real que o lixo tem no meio ambiente, além de lhes dar ferramentas para que possam fazer escolhas mais sustentáveis no futuro próximo.  

Não é aconselhável que as crianças recolham beatas de cigarro, por exemplo, por isso orientem os trabalhos, principalmente com as mais pequenas, pedindo-lhes que estejam atentos a microplásticos e embalagens de comida, por exemplo.

E, claro, recolham os vossos resíduos sempre que forem à praia (ou fizerem um piquenique na floresta).

Ler livros que fazem a diferença

happy meal readers junho

São cada vez mais os livros sobre o ambiente para crianças que inspiram as abobrinhas de hoje (e os responsáveis de amanhã) a tomar atitudes mais conscientes e “verdes”.

Além da teoria, explicada de forma simples e atrativa, a maior parte das obras aposta numa vertente muito prática, com dicas que procuram, desde já, incentivar a pequenas mudanças que farão toda a diferença.

Os nossos favoritos são da autoria da escritora britânica Cressida Cowell, conhecida pelo bestseller internacional “Como Treinares o Teu Dragão”.

As Aventuras dos Gémeos Pinheiro-Bravo” retratam as aventuras de Ana, Artur, Tiago e Tânia, cujos pais, professores, criaram uma máquina do tempo, que lhes permite viajar pela neve e pelo gelo e estudar animais extintos!

Podem, depois da leitura, desafiar os miúdos a pensar em medidas que protejam os animais atualmente em vias de extinção, ao mesmo tempo que alertam para a necessidade de mudar comportamentos e proteger as espécies que connosco coabitam o planeta.

Sabiam que só em 2020 perdemos 31 espécies? Muito triste, mas está nas nossas mãos diminuir estes números.

Reutilizar – até em trabalhos manuais

trabalhos manuais reciclados

Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma, já dizia Lavoisier, e é mesmo verdade.

Já pensaram em dar nova vida a materiais recicláveis e fazer trabalhos manuais com as crianças?

É muito divertido encontrar usos criativos para tampas e rolos de papel, apenas para citar alguns exemplos, além de que “meter as mãos na massa” é uma ótima alternativa para entreter as abobrinhas sem recurso a telemóveis, televisões ou até mesmo brinquedos.

Por isso, reciclem, se não o fazem já – além de ajudarem o ambiente, estão a incentivar a criatividade e a imaginação.

Podem fazer velas ecológicas, para dar cheirinho e luz ao inverno, brinquedos reciclados, jogos de motricidade fina… o limite não existe!

Ir – a pé, de bicicleta ou de trotinete!

andar a pé

Nas idas para a escola, o trabalho ou o supermercado, e em pequenas tarefas do dia a dia quando possível, experimentem ir a pé. Os transportes públicos são uma opção com pegada ambiental reduzida, mas nesta fase de pandemia talvez não valha a pena o risco.

Outra opção, por isso, segura e sustentável, é irem de bicicleta (se as crianças não sabem ainda pedalar, espreitam as nossas 12 dicas para aprender a andar de bicicleta) ou de trotinete – um meio de deslocação alternativo mas cada vez mais acessível nas grandes cidades.

Optem pelo carro apenas em última necessidade ou para trajetos mais longos. Não só pouparão tempo como estarão a evitar a emissão desnecessária de poluentes.

Acampar em família

acampar

Estar em contacto com a natureza, embrenhar nos seus segredos e viver uma autêntica “vida campestre” é, obviamente, a forma mais incrível de mostrar às abobrinhas respeito pelo ambiente.

Experimentem acampar com crianças, por exemplo, e, longe do conforto da vossa casa, ouçam o mundo a comunicar convosco. Não se esqueçam, obviamente, de deixar intacto e limpo o local que escolherem para montar a vossa tenda.

Se não tiverem oportunidade de acampar, tentem antes fazer uma atividade ao ar livre ao fim-de-semana. Existem muitos jardins citadinos, parques biológicos e parques naturais em Portugal, todos à espera da vossa visita.

E, em último caso, porque não terem uma mini-horta, até em casa, onde vão nutrir de amor as vossas plantas, amá-las e vê-las crescer? Com sorte, já têm temperos garantidos para as próximas refeições!

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 3,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *