Gravidez > Engravidar > Antes de Engravidar

Saiba como calcular o período fértil e a ovulação

calcular o período fértil

Calcular o período fértil pode ser muito importante para quem pretende engravidar.

Para as mulheres que querem engravidar, é importante saber calcular o período fértil, para saberem quais os dias mais indicados para conceberem um bebé- isso e alguns truques sobre como engravidar. Por outro lado, para as mulheres que não pretendem engravidar, mas que devido a algum descuido tiveram sexo sem proteção, o cálculo do período fértil pode ajudar a perceber se existem maiores ou menores probabilidades de estar grávida e agir em conformidade. 

Período fértil

O que é o período fértil?

O período fértil são os dias do ciclo menstrual da mulher em que esta tem mais probabilidades de engravidar caso não use qualquer método contracetivo.

Como calcular o período fértil?

De forma a entender o processo que define o quais os dias férteis, é importante compreender em primeiro lugar duas informações fulcrais a todo este processo:

  • Depois da ovulação, o óvulo só é viável durante 24 horas, havendo uma maior probabilidade de engravidar se o espermatozoide fecundar o óvulo nas 12 seguinte à sua libertação.
  • Já os espermatozoides “conseguem sobreviver até cinco dias no sistema reprodutor feminino (embora a média de tempo de sobrevivência seja de 48 a 72 horas após a ejaculação – 3 dias)”, esclarece a ginecologista e obstetra no Hospital CUF Descobertas, Neuza Mendes à revista Saber Viver. Mas, segundo o médico de Medicina Interna, Pedro Pinheiro, as primeiras 48 horas constituem o seu período de maior atividade.

O óvulo, uma vez libertado, pode sobreviver até 24 horas, durante a qual pode ocorrer a fertilização pelo espermatozoide. Os espermatozoides, por sua vez, conseguem manter uma capacidade fertilizante durante 48 a 72 horas no interior do útero e das trompas da mulher.

Ou seja, de acordo com Sandra Alves, ginecologista e obstetra do Hospital de Cascais, o óvulo pode ser fecundado sem que haja relações sexuais no dia da ovulação — estas podem ter ocorrido antes, mas como os espermatozoides ainda estão ativos no momento da ovulação, o óvulo pode ser fecundado.

Ou seja, resumindo: “O período fértil dura seis dias – o dia da ovulação e os cinco anteriores”, explica Neuza Mendes.

Veja aqui a calculadora que vai ajudar a calcular o período fértil do ciclo regular.

Como se calcula a data da ovulação?

De acordo com a rede hospitalar Lusíadas, o dia provável da ovulação calcula-se subtraindo 14 dias à duração do ciclo menstrual.

Se uma mulher tiver ciclos de 29 dias (contagem que deve ser feita desde o 1.º dia da menstruação, até ao início da menstruação seguinte), a data provável da ovulação será: 29-14=15. Ou seja, no 15.º após o início da menstruação, sendo o seu período fértil entre o 12.º (3 dias para trás) e o 18.º dia do ciclo (3 dias para a frente).

Como calcular o período fértil de uma menstruação irregular?

O médico Pedro Pinheiro esclarece:

“A maioria das mulheres têm ciclos menstruais entre os 26 e os 32 dias, mas consideramos normais os ciclos entre 25 e 35 dias. Já os ciclos com duração inferior a 25 ou superior a 35 dias, normalmente indicam que a mulher não está a ovular.

Nos ciclos muito curtos, mesmo que haja ovulação, ela vai acontecer tão perto da data da menstruação que o útero ainda não estará preparado para receber o óvulo fecundado, não sendo possível a progressão da gravidez.

Portanto, nestes casos, o ideal é procurar ajuda do ginecologista”, visto poder indicar uma infertilidade feminina.

Veja aqui a calculadora que vai ajudar a calcular o período fértil do ciclo irregular.

Sinais que indicam que está no período fértil

  • Alterações no corrimento vaginal

Na fase pré-ovulatória imediata e durante a ovulação, o corrimento vaginal pode tornar-se tipo clara de ovo, transparente, sem odor e muito elástico, características que facilitam a progressão dos espermatozoides até às trompas.

  • Dor pélvica

A libertação do folículo pode provocar alguma irritação peritoneal, compreendida pela mulher como uma dor pélvica, mas normalmente não muito intensa. No entanto, se a ovulação se der no ovário direito, a dor pode tornar-se muito intensa.

  • Pequena perda de sangue

Durante a ovulação, devido às enormes alterações hormonais, pode haver uma pequena perda de sangue, e que pode ser facilmente confundível com menstruação.

Quando deve procurar um especialista em fertilidade?

Quando o casal não conseguir engravidar depois de um ano de tentativas (se a mulher tiver menos de 35 anos), ou seis meses no caso de a mulher tiver mais de 35 anos, esclarece Neuza Mendes.

Veja também:

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *