Acampar em Portugal: guia de campismo com crianças - Pumpkin.pt

Acampar em Portugal: guia de campismo com crianças

acampar em portugal

Onde, porquê e dicas para acampar em família: investigámos e temos todas as respostas!

Quais os benefícios de acampar com crianças, onde acampar em Portugal, uma check-list de coisas a levar muito útil e dicas para que a vossa experiência seja perfeita: reunimos tudo neste Guia de Campismo!

Escolher alojamento em tempo de pandemia não é fácil! Neste artigo falamos sobre as virtudes do campismo: longe das cidades e dos estabelecimentos, proporciona experiências únicas de contacto com a natureza!

Se a velha forma de acampar não é bem a vossa onda, que tal experimentarem Glamping? Para quem ainda não ouviu falar, o glamping é um conceito único que junta o contacto com a natureza do campismo tradicional a uma estadia mais confortável e com “glamour”. Descubram aqui a nossa seleção de melhores locais para fazer Glamping em Portugal.

Os melhores parques de campismo para acampar em Portugal

Seja em parques de campismo típicos, bungalows ou fazendo glamping (acampar com glamour!) temos sugestões para acampar com crianças, para todos os gostos e carteiras, e em várias regiões do país.

Parques de campismo no Norte

Parque de Campismo de Vila Flor

Parque de Campismo de Vila Flor

O Concelho de Vila Flor é particularmente vivo em paisagens naturais – a zona envolvente do Parque de Campismo, fundado em 1983, é disso exemplo.
Parque de Campismo de Vila Flor

Parque de Campismo de Vila Flor

O Concelho de Vila Flor é particularmente vivo em paisagens naturais – a zona envolvente do Parque de Campismo, fundado em 1983, é disso exemplo.

Parques de campismo em Lisboa e no Centro

Ericeira Camping

Ericeira Camping

Situado a menos de dois minutos da típica vila piscatória da Ericeira.

Parques de campismo no Sul

Orbitur Costa da Caparica

Orbitur Costa da Caparica

O Parque de Campismo da Orbitur Costa da Caparica está situado numa estância balnear a 20 Km de Lisboa e a 200 metros da praia!
Albufeira Camping

Albufeira Camping

O Albufeira Camping é provavelmente um dos parques de campismo mais completos e único do género em Portugal.
Albufeira Camping

Albufeira Camping

O Albufeira Camping é provavelmente um dos parques de campismo mais completos e único do género em Portugal.
zmar vista

Zmar Eco Resort: o paraíso no Alentejo!

O parque Zmar é um Eco-parque perfeito para famílias com 81 hectares e muito espaço para respirar em liberdade.

Check-list: o que levar para acampar em Portugal?

Na altura de fazer as malas – ou as mochilas – as check-lists são as nossas melhores amigas! Peguem num bloquinho de notas e apontem estes e outros pertences e bens essenciais que não podem faltar para umas férias incríveis no campo.

  • Tenda, armação da mesma, cobertura para o chão: já viram o que era chegarem ao cantinho da floresta perfeito para se instalarem e repararem que tinham deixado a tenda em casa? Verifiquem três e quatro vezes se têm tudo o que é necessário para montar a vossa tenda;
  • Colchões para dormir: muito importante! Se vão dormir numa tenda ao ar livre, o saco cama não basta – dormir no chão é mesmo muito desconfortável;
  • Sacos cama e cobertores: o saco cama é um must; os cobertores dão sempre jeito, mesmo que seja verão. É que a temperatura noturna varia muito da nossa casa para o meio do bosque e podemos ter frio;
  • Almofadas: faz toda a diferença para as nossas costas. Existem almofadas próprias para campismo, mas se quiserem poupar espaço na mochila, também podem usar o cobertor ou uma sweatshirt mais fofinha como almofada – funciona perfeitamente!
  • Garrafas de água: uma para cada um, para se manterem sempre hidratados. Verifiquem se o local para onde vão tem água potável ou se é necessário levarem água engarrafada para toda a estadia;
  • Comida suficiente: façam as contas às refeições que vão precisar de fazer e planeiem tudo com antecedência. Dêem preferência a comidas pré-cozinhadas e a enlatados, que podem ser armazenados fora do frigorífico e são fáceis de preparar;
  • Especiarias e outros essenciais: não se esqueçam do sal, do açúcar, do azeite, do alho e de todas essas coisinhas tão importantes para cozinhar refeições deliciosas!
  • Panelas e outros utensílios de cozinha: cada membro da família precisa de um prato, uma tigela e um conjunto de talheres – existem uns conjuntos de plástico para campismo muito giros à venda nas lojas de desporto. Para além disto, dá jeito ter uma panela, uma frigideira, um bule, uma tábua de cortar, uma faca (daquelas que cortam mesmo bem!), e vários acessórios de cozinha para mexer. Levem também um esfregão, algum detergente e um pano para secar a loiça;
  • Bolachas e sumos: dá sempre jeito ter comida de que os miúdos gostem à mão – quer seja porque ficaram com fome ou porque a confeção de comida à moda do campista não correu da melhor forma;
  • Roupa variada: t-shirts, casacos, chapéus, calças, calções, fatos de banho, meias e cuecas para todos… têm tudo? Preparem-se para o frio e para o calor e não levem roupa a menos! Levem também chinelos de praia – dão muito jeito para tomar banho;
acampar em portugal
  • Toalhas e cosméticos: escovas e pasta de dentes, protetor solar, hidratantes e outros produtos que façam parte da vossa higiene diária, e toalhas finas, daquelas que secam rapidamente;
  • Repelente de insetos: esta faz toda a diferença quando vamos acampar em Portugal! Ao ar livre há muitos insetos, e é muito difícil dormir com as melgas a chatearem. Levem um repelente em spray ou creme para colocar na pele e prevenir picadas dos amigos voadores;
  • Kit de Primeiros Socorros: com desinfetante e creme cicatrizante, pensos rápidos, antipiréticos e analgésicos, ligaduras estéreis e tudo o mais que vos possa fazer falta. Nunca se sabe quando é que alguém vai esfolar o joelho!
  • Ferramentas úteis: existem pequenas ferramentas que podem resolver os problemas mais inesperados. Sugerimos que levem, se tiverem, um canivete suíço, um isqueiro, alguns sacos de plástico, uma tesoura, toalhitas, lanterna, chapéu de chuva, impermeáveis, corda e molas para a roupa, um alguidar, fita cola, carregador de telemóvel, mapa, corta unhas.

Encorajem também os miúdos a fazer as suas check-lists para participarem na organização da aventura e se habituarem a fazer uma selecção consciente do que levar em viagem. Revejam a lista com eles e discutam quais são as coisas que têm mesmo de ir convosco!

Para uma opção online onde podem ir fazendo cruzinhas, espreitem esta sugestão de check-list do site O Campista.

Porquê acampar com as crianças?

Existem pelo menos 6 ótimas razões para levar a família a acampar em Portugal! Confiram-nas:

1. Estreita a relação entre pais e filhos.

Acampar com crianças e envolvê-las no processo estabelece entre todos uma relação de confiança e intimidade que, sendo obviamente possível de se desenvolver em casa, ganha outros contornos dentro de uma tenda.

Proponha às crianças escolher convosco qual o local mais apropriado para montar a tenda – perto de uma bonita árvore, por exemplo! -, deixem-nas participar na montagem (mesmo que com tarefas menores) ou preparar convosco as refeições. Esta oportunidade vai fazer com que os miúdos sintam que podem confiar nos pais, mas também com que desenvolvam uma maior auto-confiança.

2. Fortalece a relação entre as crianças e a Natureza.

Quando acampam, as crianças estão em contacto directo com a Natureza. As árvores, as flores, e até os animais, não pertencem mais ao universo dos livros que (lhes) lêem: são reais. Deitados na relva, os miúdos podem observar as formigas a percorrer metodicamente os seus carreiros, sentem o cheiro do orvalho matinal, percebem as alterações que a noite sofre para dar lugar ao dia. E essa é uma lição que levam para a vida, porque lhes permite aprender a amar a Natureza e a respeitá-la. É que esta ligação infância-natureza é fundamental para a preservação do Planeta Terra, porque as crianças de hoje serão os adultos de amanhã.

3. Mais liberdade.

É muito difícil permitir aos miúdos uma liberdade total nos ambientes maioritariamente urbanos em que vivemos. Os carros a circular num movimento intenso de cidade são apenas um dos factores que condicionam as brincadeiras, a criatividade e o à vontade das crianças. Já no campo, os limites e as barreiras são praticamente inexistentes. Deixe-os explorar, divertir-se, encontrar-se – claro, verifique antes que não existem declives, lagos, ou outros elementos ambientais que possam oferecer algum perigo. Os miúdos crescem na sensação de independência e vão adorar cada segundo, mas também terão os sentidos mais aguçados: vão perceber que a sua segurança depende em muito das suas acções.

acampar em portugal

4. Menos egoísmo.

Ao acampar, dividimos um espaço relativamente pequeno com outras pessoas. Acabamos a perceber o nosso espaço individual de forma diferente, pelo que as crianças vão aprender rapidamente que precisam de respeitar o espaço dos outros para ver o seu respeitado. Ao mesmo tempo, desenvolvem naturalmente noções maiores de partilha e entre-ajuda.

5. Novos amigos = mais tolerância.

Apesar de vivermos num país pequeno, existem diferenças culturais e de vocabulário muito engraçadas entre cidades e regiões. E até os sotaques, que variam tanto! Num parque de campismo, é muito provável que os seus filhos convivam com miúdos de outras zonas do país com quem podem aprender, de forma directa, coisas novas que não partilham com os amigos da escola. Quer melhor forma de mostrar aos miúdos que existem formas de vida diferentes da sua, e que nada de errado existe nisso? Estas são amizades que eles vão valorizar para sempre e recordar com carinho, mais tarde.

6. Os dias são maiores e a criatividade pode ser explorada.

A televisão, os tablets, os telemóveis: todos eles sugam o tempo e a energia das crianças. Já a natureza torna as horas infinitas e inspira a criatividade – brincar com uma folha ou com pedras jamais lhes ocorreria noutro contexto, mas pode ser tão ou mais divertido do que um jogo de computador.

Conseguimos convencê-lo? Leia agora as nossas dicas práticas para que nada falhe!

Ligue o “descomplicómetro”.

Acampar traz muitos benefícios à vida de todos, mas é inegável: num parque de campismo, dificilmente temos as condições a que estamos habituados em casa. Por isso, facilitar é a chave, principalmente na altura de preparar refeições. Espreitem estas receitas práticas, fáceis de fazer e saborosas!

 Não abdique do conforto.

Acampar não tem que ser sinónimo de dormir no chão, acordar com dores de costas, ou passar frio. Muito menos com crianças. Não deixe de levar sacos-cama, almofadas, mantas e agasalhos, e não abdique também do repelente e de alguns remédios, bem como um estojo de cuidados básicos de primeiros socorros. Procure saber também onde é que fica o hospital mais próximo, por precaução.

Programe atividades divertidas.

Tente levar já pensadas algumas ideias para se divertirem em família. Se tiverem a possibilidade de o fazer, levem convosco bicicletas para percorrer alguns trilhos – falando nisso, calçado e roupa confortável é fundamental, já que os podem fazer também a pé. Que tal uma caça ao tesouro? Os miúdos vão adorar! Para aproveitarem as horas de maior calor em segurança, pensem também em alguns jogos de tabuleiro que podem fazer juntos, à sombra de uma árvore. E as cartas são sempre uma excelente opção também.

Prontos para levar a família a acampar em Portugal? Agarrem na tenda e nos miúdos e vamos à aventura!

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *