Família > Sãos e salvos > Ambiente e Natureza

O Ambiente trocado por Miúdos

explicar o ambiente às crianças

Mãe, o que é o aquecimento global?

Como explicar às crianças o que é o ambiente, e quais as suas crises, de uma forma didática e fácil de entender? Com a nossa ajuda!

Preparámos um glossário com definições de conceitos relacionados com ecologia, explicações rápidas, claras e adaptadas à idade e ao conhecimento das crianças. Explicamos também a diferença entre, por exemplo, o aquecimento global e o buraco na camada do ozono, que tanta confusão provocou lá em casa.

Conceitos de ambiente para explicar às crianças

Ambiente

O ambiente é tudo o que nos rodeia e existe. Tudo aquilo que vemos à nossa volta. O ar, o solo, a água, as plantas e os animais são o ambiente.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é o conjunto das ações que tomamos para suprir as nossas necessidades básicas (comer, dormir, ir para a escola, vestir roupa quente no inverno) mas sem prejudicar o meio ambiente, garantindo assim o futuro das próximas gerações.

Atmosfera

A atmosfera é uma camada formada por gases que existe à volta do nosso planeta e que o protege dos raios ultravioleta emitidos pelo sol. A principal função da atmosfera é a de manter equilibrada a temperatura do planeta, evitando que exista uma grande amplitude térmica, ou seja, uma grande diferença entre a temperatura mínima e a temperatura máxima de noite e de dia.

A atmosfera também evita que o planeta seja atingido por meteoritos.

Camada de Ozono

A Camada de Ozono é uma parte da nossa Atmosfera que é formada por um gás chamado… ozono. A Camada de Ozono é muito importante porque nos protege dos raios ultravioleta vindos do Sol, que podem ser muito maus para a nossa saúde. A Camada de Ozono funciona por isso como um protetor solar, daqueles que metemos na praia para não nos queimarmos, mas que protege toda a vida no planeta.

Quando falamos que existe um buraco na Camada de Ozono estamos, na verdade, a falar de uma diminuição da espessura desta camada, o que faz com que os raios nos atinjam com mais força e possam provocar, por exemplo, cancro de pele.

A poluição é a maior responsável por este “buraco”, principalmente os CFC. Quando a partir de 1970 a indústria se desenvolveu e as pessoas começaram a utilizar sprays, frigoríficos, ares condicionados e outros objetos que libertam alguns gases, estes começaram a destruir a Camada do Ozono porque os CFC emitidos fazem com que o ozono se transforme noutra substância e, assim, deixe de nos proteger.

Os CFC deixaram de se utilizar, mas como permanecem muito tempo na atmosfera, ainda continuam a destruir a camada de ozono.

Efeito de Estufa e Aquecimento Global

Chamamos aquecimento global ao aumento da temperatura do planeta, que é provocado pelo efeito de estufa. O efeito de estufa é, em teoria, uma coisa boa: é ele que ajuda a Terra a manter-se quentinha e habitável. Sem o efeito estufa, não existiria vida no nosso planeta. Infelizmente, com a intervenção do homem e graças à emissão de muitos gases poluentes como o CO2, o efeito de estufa está a aumentar e a deixar a nossa “casa” cada vez mais quente – com muitas consequências negativas!

O degelo das calotas polares é uma delas, ou seja, o gelo nos pólos Norte e Sul está a derreter. Segundo os cientistas, se as calotas polares derreterem na totalidade, existirá um aumento de cerca de 7 metros do nível do mar, e muitas cidades do litoral vão ficar debaixo de água. Corremos esse risco em Lisboa, por exemplo!

Ao mesmo tempo, as principais cordilheiras do mundo têm uma cada vez menor cobertura de gelo, e por isso existe a possibilidade de que nas próximas décadas deixe de existir neve.

O aquecimento global faz crescer o número e a área de desertos do planeta, provoca a morte de muitos animais e plantas, secas graves, falta de água potável e dificuldades na produção de alimentos.

Já repararam que até as regiões que costumavam ter temperaturas amenas, como aqui em Portugal, têm tido verões tão quentes que muitos idosos e crianças, que pertencem ao grupo de risco, acabam a morrer?

Com a temperatura mais alta, a evaporação das águas dos oceanos é maior, e também por isso há uma frequência cada vez maior de desastres naturais, como as tempestades, furacões, tufões e ciclones, com maior intensidade e poder de destruição.

Para combater o aquecimento do planeta é preciso diminuir a emissão de gases poluentes na atmosfera, evitar as queimadas e o desmatamento das florestas.

Mais artigos para explicar o ambiente às crianças:

Sustentabilidade: ideias para um mundo mais verde!

– Trocado por miúdos: o ambiente explicado às crianças

– O ABC da Reciclagem para crianças

– A História da Hora do Planeta

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *