Doar livros: saibam onde - e porque devem fazê-lo! - Pumpkin.pt

Doar livros: saibam onde – e porque devem fazê-lo!

doar livros

Saibam onde doar livros e como fazer a diferença na vida de tantas pessoas – porque os livros mudam vidas e, neste caso, são também solidários.

Existem livros que lemos e nos marcam para sempre, que recomendamos aos amigos, que guardamos para, um dia, ler com os filhos (ou oferecer-lhos, para que os leiam sozinhos!). Mas também existem outros, que não crescem connosco, que têm um prazo de validade nas nossas mãos, de que gostamos mas não tanto, que abandonamos porque não nos fazem sentido… e não faz mal!

Os livros são valiosos e, em bom estado, podem passar para outras mãos. Por isso, doar livros, mais do que guardá-los na estante cheia de pó, ou numa caixa de papelão esquecida na garagem, é uma solução lógica, que faz cada vez mais sentido numa economia que se deseja sustentável e onde os bons de que não precisamos devem circular para que se tornem úteis.

Reunimos uma lista de locais que aceitam doações: estarão a livrar-se de um peso e, ao mesmo tempo, a investir num mundo melhor, mais feliz e com mais conhecimento.

Onde doar livros?

Déjà Lu

deja lu

A Déjà Lu é uma livraria de livros já lidos. Poderíamos chamar-lhes livros em segunda mão, mas não é a mesma coisa. Afinal estes são livros que já fizeram companhia a alguém. São agora revendidos por uma causa solidária, porque 100% das receitas revertem para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21.

A Déjà Lu aceita doações de todos os tipos de livros, em língua portuguesa ou estrangeira, excepto:

  • enciclopédias;
  • livros escolares;
  • ou outros sobre temas muito específicos que não sejam de interesse geral (direito inter-comunitário, para dar um exemplo assim de repente).

Podem ser entregues num dos seguintes locais, em dias úteis, das 10h às 17h30:

Centro de Desenvolvimento Infantil Diferenças

Centro Comercial da Bela Vista (nas galerias do antigo Feira Nova, atual Pingo Doce, da Bela Vista)

Avenida Santo Condestável, Loja 32,

Via Central de Chelas, 1900-806 Lisboa.

Livraria Déjà Lu

Fortaleza da Cidadela de Cascais,

Avenida D. Carlos I, 2750-310, Cascais.

Boutique da Cultura

livraria solidária boutique da cultura

A Boutique da Cultura é uma associação sem fins lucrativos com uma livraria solidária que conta com um catálogo de quase sete mil livros, vindos de particulares e doações de muitas bibliotecas.

Os livros são colocados à venda por valores simbólicos de 1€ a 5€ e 100% das receitas desta livraria revertem para alimentar projectos solidários na Freguesia de Carnide.

Qualquer pessoa, independentemente da sua área de residência, pode visitar a livraria, assim como doar os livros que pretender. A Livraria Solidária funciona de 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 13h e das 14h30 às 19h.

Onde: Avenida Colégio Militar, 1500-187 Lisboa.

Farmácias de Carnide

farmácias carnide

Na freguesia de Carnide os livros ganham uma nova vida. As farmácias ligam-se à Livraria Solidária e as suas lojas ganham quiosques para que possa trocar livros. Nas prateleiras estão livros que aguardam um novo leitor. Se não tiver para trocar, leve na mesma, pois os livros são para serem lidos.

A Farmácia Carnide, a Farmácia Holon Quinta da Luz, a Farmácia Maia Palma e a Farmácia Geny são as farmácias aderentes a este movimento.

Dona Ajuda

Dona Ajuda

A Dona Ajuda é uma loja social do projecto Boa Vizinhança e fica no Mercado do Rato, escondido nas traseiras de um quarteirão da Rua Alexandre Herculano.

Aqui podem doar livros, mas também roupa, decoração e brinquedos, que depois são vendidos a preços simbólicos e cujos lucros servem para financiar as atividades de apoio social da Boa Vizinhança.

Onde: Rua Alexandre Herculano 66, 1250-012 Lisboa.

Na Rua Com Histórias

na rua com histórias

Na Rua com Histórias – Uma Biblioteca para Todos” é uma biblioteca cuja missão é combater a solidão e a iliteracia, através da leitura, da empatia, e dos laços humanos que nascem através das histórias, chegando a quem se sente isolado por viver em situação de sem-abrigo ou numa casa, apesar de se encontrar no centro da cidade de Lisboa.

Uma das suas iniciativas é a atividade “Ler Doce Ler”: uma equipa de voluntários desloca-se a casa de pessoas previamente inscritas para receberem leitura em voz alta e criar laços de confiança através da partilha de histórias e conversa.

A biblioteca da “Na Rua com Histórias” vive da generosidade de pessoas individuais, autores, editoras e instituições que têm uma política de mecenato para a promoção da cultura. Se quiserem contribuir para o crescimento da biblioteca enviem uma mensagem para [email protected].

Outras opções

Podem, também, procurar saber se as instituições sociais e culturais da vossa zona de residência estão disponíveis para receber doações, e de que tipo.

  • Bibliotecas municipais;
  • Bibliotecas escolares;
  • Hospitais;
  • Lares de idosos;
  • Casas de correção para jovens;
  • Orfanatos;
  • Estabelecimentos prisionais;
  • Instituições de solidariedade social.

Também vos pode interessar:

6 comentários em “Doar livros: saibam onde – e porque devem fazê-lo!

  1. Isabel Cunha Fevereiro 15, 2020

    Livros escolares da primária usados sabem se alguma instituição aceita?

    1. Dani Gonçalves Fevereiro 17, 2020

      Bom dia, Isabel!

      As bibliotecas escolares e municipais costumam aceitar este tipo de livros. Aconselhamos a que se informe junto das instituições na sua zona de residência.
      Outra opção útil é a plataforma online Livrar, destinada a facilitar a doação de livros às bibliotecas e a partilha de livros entre os utilizadores.

      Saudações abobrinhas 🙂

  2. Maria Manuela Junho 8, 2020

    Bom dia,tenho duas enciclopédias para doar,já fui a biblioteca e escolas não querem infelizmente,uma é Grande enciclopédia universal e biografias da história de Portugal coordenação de José Hermano Saraiva obrigada.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Junho 8, 2020

      Bom dia, Maria Manuela.

      Experimente contactar os projetos que mencionamos no artigo, assim como a sua Câmara Municipal, instituições de solidariedade social, hospitais, lares de idosos, estabelecimentos prisionais, alfarrabistas…
      Sabemos que dá algum trabalho, mas certamente encontrará um novo lar para as suas enciclopédias, onde poderão novamente ser úteis!

      Saudações abobrinhas 🙂

  3. Vanessa Ferreira Agosto 7, 2020

    Bom dia,
    Tenho os meus livros escolares desde o 1° ao 12° (desde 1994 até 2007) ou seja muito desatualizados e gostaria de saber se mesmo assim haverá algum sitio que os aceite.
    Obrigado

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Agosto 7, 2020

      Olá, Vanessa.
      É possível que já não aceitem os mais antigos.
      Aconselhamos que confirme diretamente com as instituições mencionadas para confirmar, pois as respostas podem variar 🙂

      Saudações abobrinhas

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1  votos, média:   4,00  em 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *