Doar livros: saibam onde - e porque devem fazê-lo! - Pumpkin.pt

Doar livros: saibam onde – e porque devem fazê-lo!

doar livros

Têm em casa livros que não usam? Podem doá-los… e virar a página!

Saibam onde doar livros e como fazer a diferença na vida de tantas pessoas – porque os livros mudam vidas e, neste caso, são também solidários.

Existem livros que lemos e nos marcam para sempre, que recomendamos aos amigos, que guardamos para, um dia, ler com os filhos (ou oferecer-lhos, para que os leiam sozinhos!). Mas também existem outros, que não crescem connosco, que têm um prazo de validade nas nossas mãos, de que gostamos mas não tanto, que abandonamos porque não nos fazem sentido… e não faz mal!

Os livros são valiosos e, em bom estado, podem passar para outras mãos. Por isso, doar livros, mais do que guardá-los na estante cheia de pó, ou numa caixa de papelão esquecida na garagem, é uma solução lógica, que faz cada vez mais sentido numa economia que se deseja sustentável e onde os bons de que não precisamos devem circular para que se tornem úteis.

Reunimos uma lista de locais que aceitam doações: estarão a livrar-se de um peso e, ao mesmo tempo, a investir num mundo melhor, mais feliz e com mais conhecimento.

Onde doar livros? Conheçam várias opções pelo país!

Sejam livros escolares, livros técnicos, romances ou bandas desenhadas, contamo-vos onde podem entregar os vossos amigos recheados de páginas para que tenham uma nova vida.

Onde doar livros escolares?

Organização Sopro

A Organização Sopro, em Barcelos, aceita doações de todo o tipo de livros e manuais escolares.

Os livros de leitura são enviados para Moçambique para ajudar as bibliotecas. Já os manuais escolares podem ter diversos fins: podem ser entregues em Portugal, a quem precisar, ou ser enviados também para Moçambique. Recolhem também livros de atividades para o Pré-Escolar (novos), muito necessários.

Todos os livros que não podem ser enviados para Moçambique (por serem muito antigos, por exemplo) são reciclados e o dinheiro proveniente desse processo é enviado para as crianças e escolas apoiadas pela organização.

Caso queiram fazer uma doação, os livros devem ser entregues diretamente na Associação, em Barcelos. Caso se tratem de doações grandes (no caso de escolas, por exemplo), devem contactar a associação para articular a melhor forma de fazer chegar os livros à sede.

RE.LER: Livros Solidários

A RE.LER é uma iniciativa solidária de recolha de livros em Portugal para doar às Bibliotecas Nacional de São Tomé e da Região Autónoma do Príncipe.

O objectivo da iniciativa é o de facultar um reaproveitamento destes recursos e um incentivo à leitura na região.

A RE.LER conta com centros de recolha por todo o país onde é possível fazer doações de livros, sejam eles escolares ou não. De momento, têm parceiros de recolha em Lisboa, Porto, Gaia, Viseu, Albufeira, Évora, Beja, Vila Real e Faro.

Para fazer doações, basta enviar uma mensagem para o Instagram ou para o e-mail [email protected].

Outras opções para doar livros escolares:

  • Procurem bancos de manuais perto de vocês
  • Perguntem às escolas da vossa área de residência – por norma, dispõem de um banco de livros para emprestar aos alunos que necessitam.
  • Doem ao Banco Alimentar.

Onde doar livros?

Feira do Livro de Lisboa

Se tiver em casa alguns livros que já não têm utilidade, seja qual for a sua categoria, adira à iniciativa “Doe os seus livros”! da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) e do Banco de Bens Doados (BBD).

Quando chegar à Feira do Livro de Lisboa, dirija-se ao balcão de informações e peça para fazer a sua doação.  

Será encaminhado ao depósito de livros onde poderá deixar o seu contributo. Pode trazer qualquer categoria de livro e em qualquer condição. Os livros em bom estado serão devidamente encaminhados através do Banco de Bens Doados para instituições de solidariedade com crianças para despertar o gosto pela leitura. Os livros que não puderem ser reutilizados serão conduzidos para a campanha Papel por Alimentos do Banco Alimentar.

Desde 2015, esta ação já recebeu mais de 60 mil livros!

Déjà Lu

deja lu

A Déjà Lu é uma livraria de livros já lidos. Poderíamos chamar-lhes livros em segunda mão, mas não é a mesma coisa. Afinal estes são livros que já fizeram companhia a alguém. São agora revendidos por uma causa solidária, porque 100% das receitas revertem para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21.

A Déjà Lu aceita doações de todos os tipos de livros, em língua portuguesa ou estrangeira, excepto:

  • enciclopédias;
  • livros escolares;
  • ou outros sobre temas muito específicos que não sejam de interesse geral (direito inter-comunitário, para dar um exemplo assim de repente).

Podem ser entregues num dos seguintes locais, em dias úteis, das 10h às 17h30:

Centro de Desenvolvimento Infantil Diferenças

Centro Comercial da Bela Vista (nas galerias do antigo Feira Nova, atual Pingo Doce, da Bela Vista)

Avenida Santo Condestável, Loja 32,

Via Central de Chelas, 1900-806 Lisboa.

Livraria Déjà Lu

Fortaleza da Cidadela de Cascais,

Avenida D. Carlos I, 2750-310, Cascais.

Boutique da Cultura

livraria solidária boutique da cultura

A Boutique da Cultura é uma associação sem fins lucrativos com uma livraria solidária que conta com um catálogo de quase sete mil livros, vindos de particulares e doações de muitas bibliotecas.

Os livros são colocados à venda por valores simbólicos de 1€ a 5€ e 100% das receitas desta livraria revertem para alimentar projectos solidários na Freguesia de Carnide.

Qualquer pessoa, independentemente da sua área de residência, pode visitar a livraria, assim como doar os livros que pretender. A Livraria Solidária funciona de 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 13h e das 14h30 às 19h.

Onde: Avenida Colégio Militar, 1500-187 Lisboa.

Farmácias de Carnide

farmácias carnide

Na freguesia de Carnide os livros ganham uma nova vida. As farmácias ligam-se à Livraria Solidária e as suas lojas ganham quiosques para que possa trocar livros. Nas prateleiras estão livros que aguardam um novo leitor. Se não tiver para trocar, leve na mesma, pois os livros são para serem lidos.

A Farmácia Carnide, a Farmácia Holon Quinta da Luz, a Farmácia Maia Palma e a Farmácia Geny são as farmácias aderentes a este movimento.

Leva para Ler – Marvão

Residem em Marvão, no Alentejo? Com o projeto Leva para ler, todas semanas serão deixados livros na cabine telefónica em Sto António das Areias, junto so multibanco em S. Salvador da Aramenha e no restaurante JERICO em Castelo de Vide, alguns livros /revistas que poderás levar para ler. Serão publicados no grupo de Facebook quais os livros que vão lá estar.

Nos sábados de manhã o nosso banco de livros (praça do mercado em Sto. António das Areias) vai estar aberto para quem quiser ir escolher livros para levar. A única regra é “levar para ler”!

Dona Ajuda

Dona Ajuda

A Dona Ajuda é uma loja social do projecto Boa Vizinhança e fica no Mercado do Rato, escondido nas traseiras de um quarteirão da Rua Alexandre Herculano.

Aqui podem doar livros, mas também roupa, decoração e brinquedos, que depois são vendidos a preços simbólicos e cujos lucros servem para financiar as atividades de apoio social da Boa Vizinhança.

Onde: Rua Alexandre Herculano 66, 1250-012 Lisboa.

Na Rua Com Histórias

na rua com histórias

Na Rua com Histórias – Uma Biblioteca para Todos” é uma biblioteca cuja missão é combater a solidão e a iliteracia, através da leitura, da empatia, e dos laços humanos que nascem através das histórias, chegando a quem se sente isolado por viver em situação de sem-abrigo ou numa casa, apesar de se encontrar no centro da cidade de Lisboa.

Uma das suas iniciativas é a atividade “Ler Doce Ler”: uma equipa de voluntários desloca-se a casa de pessoas previamente inscritas para receberem leitura em voz alta e criar laços de confiança através da partilha de histórias e conversa.

A biblioteca da “Na Rua com Histórias” vive da generosidade de pessoas individuais, autores, editoras e instituições que têm uma política de mecenato para a promoção da cultura. Se quiserem contribuir para o crescimento da biblioteca enviem uma mensagem para [email protected].

Emaús – Caminho e Vida

doar livros emaus porto

A loja da associação Emaús vende artigos que já não fazem falta aos seus donos para ajudar os sem abrigo. Aqui aceitam doações de livros que, além de irem parar a mãos novas, ainda ganham um cariz solidário!

Onde: Rua do Almada 136, 4000-196 Porto.

Outras opções

Podem, também, procurar saber se as instituições sociais e culturais da vossa zona de residência estão disponíveis para receber doações, e de que tipo.

  • Hospitais;
  • Lares de idosos;
  • Centros de promoção juvenil;
  • Centros de alojamento temporário;
  • Estabelecimentos prisionais;
  • Instituições de solidariedade social.

E quando os livros não estão em boas condições?

Se têm em casa livros muito antigos ou em más condições, que já não podem ser doados, também podem fazer uma entrega no Banco Alimentar contra a Fome.

Com a Campanha Papel por Alimentos, eles vendem o papel para reciclagem e utilizam o dinheiro para adquirir alimentos.

Devo doar livros diretamente às bibliotecas?

Já nas Bibliotecas, apesar da noção comum, é recomendado que não o façam: fomos informados de que as doações são um grande problema para as bibliotecas, que gerem com dificuldade o espaço existente e a procura de novas publicações.

Também vos pode interessar:

40 comentários em “Doar livros: saibam onde – e porque devem fazê-lo!

  1. Isabel Cunha Fevereiro 15, 2020

    Livros escolares da primária usados sabem se alguma instituição aceita?

    1. Dani Gonçalves Fevereiro 17, 2020

      Bom dia, Isabel!

      As bibliotecas escolares e municipais costumam aceitar este tipo de livros. Aconselhamos a que se informe junto das instituições na sua zona de residência.
      Outra opção útil é a plataforma online Livrar, destinada a facilitar a doação de livros às bibliotecas e a partilha de livros entre os utilizadores.

      Saudações abobrinhas 🙂

  2. Maria Manuela Junho 8, 2020

    Bom dia,tenho duas enciclopédias para doar,já fui a biblioteca e escolas não querem infelizmente,uma é Grande enciclopédia universal e biografias da história de Portugal coordenação de José Hermano Saraiva obrigada.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Junho 8, 2020

      Bom dia, Maria Manuela.

      Experimente contactar os projetos que mencionamos no artigo, assim como a sua Câmara Municipal, instituições de solidariedade social, hospitais, lares de idosos, estabelecimentos prisionais, alfarrabistas…
      Sabemos que dá algum trabalho, mas certamente encontrará um novo lar para as suas enciclopédias, onde poderão novamente ser úteis!

      Saudações abobrinhas 🙂

  3. Vanessa Ferreira Agosto 7, 2020

    Bom dia,
    Tenho os meus livros escolares desde o 1° ao 12° (desde 1994 até 2007) ou seja muito desatualizados e gostaria de saber se mesmo assim haverá algum sitio que os aceite.
    Obrigado

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Agosto 7, 2020

      Olá, Vanessa.
      É possível que já não aceitem os mais antigos.
      Aconselhamos que confirme diretamente com as instituições mencionadas para confirmar, pois as respostas podem variar 🙂

      Saudações abobrinhas

  4. Ana Braga da Cruz Março 20, 2021

    Ha contactos para doação de livros no Porto?

    1. Fernanda Loureiro - Equipa Pumpkin Março 31, 2021

      Olá Ana,

      Estamos a atualizar este artigo neste momento e incluiremos contactos para doação de livros no Porto.

      Saudações abobrinhas!

  5. João Março 22, 2021

    Para quando um ponto de entrega de livros no Porto?

    1. Fernanda Loureiro - Equipa Pumpkin Março 31, 2021

      Olá João,
      Obrigada pelo feedback 🙂
      Estamos a atualizar este artigo e incluiremos pontos de entrega de livros no Porto.

      Saudações abobrinhas!

  6. Zélia Parreira Março 23, 2021

    Bom dia.
    Não, as Bibliotecas Municipais/Públicas não podem aceitar esse tipo de livros. Debatemo-nos com problemas de espaço muito graves. Para podermos ter livros novos, que interessam aos nossos utilizadores, temos que ter espaço disponível para os arrumar, o que significa que, muitas vezes, as próprias Bibliotecas têm que se desfazer de livros mais antigos, que já não são requisitados há vários anos, duplicados, livros em mau estado, etc.
    Muitas vezes as pessoas ficam ofendidas quando lhes dizemos que não temos condições para receber, insistem e deixam os livros. O que se passa é que vão ficar encaixotados até ao dia em que têm mesmo que sair, para dar lugar a outros. E tudo isto com custos pagos pelos contribuintes: estantes, espaço, energia eléctrica para garantir níveis adequados de temperatura, humidade, etc. As doações são um grande problema para as bibliotecas. Não temos espaço, os edifícios não alargam.
    Por outro lado, muitas chefias acham que, se chegaram livros oferecidos à Biblioteca, já não precisam de comprar novidades, o que significa que as bibliotecas vão ficando cada vez mais desactualizadas, cheias de livros que já ninguém quer. Livros escolares, então, são um dos maiores problemas.
    A melhor solução é um banco de livros escolares. Se não existir, aconselho a entrega ao Banco alimentar contra a fome. Eles depois vendem o papel para reciclagem e utilizam o dinheiro para adquirir alimentos.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Março 25, 2021

      Olá, Zélia!

      Muito obrigada pelo seu comentário, não tinhamos noção de tal situação.
      Vamos averiguar e alterar o artigo consoante as informações e sugestões que apresentou.

      Beijinhos abobrinhas 🙂

  7. Adel Mrt Março 29, 2021

    Actualmente, 29/03/2021 contactei a biblioteca a minha área de residência e por causa do covid não aceitam livros.
    Numa altura em que a solidariedade deveria crescer é quando se verifica maior desperdício. 🙁

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Março 29, 2021

      Olá, Adel.
      Infelizmente a pandemia prejudicou muitos destes processos.
      Aconselhamos que guarde os livros para doar quando as instituições voltarem a funcionar ou que opte pelo Banco Alimentar.

      Saudações abobrinhas 🙂

  8. João Aires Maio 5, 2021

    Penso que a eliminação (destruição) de livros deverá ser somente de livros que não estão em bom estado, poderão ser encaminhados para Bibliotecas escolares , para bibliotecas pequenas , para o arquivo do Dr. Pacheco Pereira, a pessoas que os queiram, etc. [P.S. Em relação aos livros para o Banco Alimentar estes irão ser destruídos, a intenção é boa mas… é melhor dar Jornais velhos sem importância, revistas velhas sem interesse ou mesmo alimentos…].

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Maio 6, 2021

      Olá, João.

      Agradecemos o seu comentário e concordamos que a prioridade deve ser sempre dar novo uso aos livros.
      Nas nossas sugestões pode encontrar algumas opções para doar livros escolares.

      Saudações abobrinhas 🙂

  9. Marta Francisco Maio 31, 2021

    Os locais estão neste momento a receber os livros? Obrigada 🙂

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Junho 4, 2021

      Bom dia, Marta.

      Nesta altura ainda nem todos os locais voltaram a funcionar, pelo que recomendamos que contacte diretamente aqueles que lhe forem mais convenientes 🙂

      Saudações abobrinhas

  10. Dina Mateus Junho 20, 2021

    O ano passado debati-me com o problema de ter herdado uma colecao grande de.livros de um familiar que faleceu. Contactei todo 9 tipo de instituicoes desde bi iitecas municipais a estabelecimentos prisionais e de todos recebi a mesma resposta: tem muitos livros doados, drmasiados e ja nao aceitam mais. Enciclopedias e coleções de geografia, política etc que estao desactualizados, tem imensos e nao aceitam mais.
    Acabei a contactar associações mais pequenas da minha area de residencia e dei a uma ipss que tem lar e centro de dia e estavam precisamente a criar uma area de biblioteca. Mas é muito dificil.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Agosto 24, 2021

      Olá, Dina.

      Agradecemos a sua partilha e bem sabemos como é difícil encontrar organizações ou associações que aceitem estes livros.
      Ficamos felizes por ter encontrado uma nova casa para eles!

      Saudações abobrinhas

  11. Maria Monteiro Julho 11, 2021

    E uma pena ,tantos locais para doação de livros,mas quando se lá vai…arranjam mil desculpas,muito antes da Covid.

    Pessoalmente tenho alguns livros de Biologia ,de uma antiga aluna da Faculdade de Ciências
    Os livros estão em bom estado e de bom grado podia oferecer a qq estudante.
    Capa dura,em inglês..
    Se souberem de algum interessado,posso facultar os nomes dos livros e local de levantamento.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Agosto 11, 2021

      Olá, Maria.

      Para além das opções apresentadas nesta lista, podemos apenas recomendar que procure falar com os agrupamentos de escolas da sua zona de residência ou mesmo que procure doar através do OLX ou plataformas semelhantes.

      Esperamos que consiga!
      Saudações abobrinhas

  12. Manuela Melo Setembro 7, 2021

    Bom dia- Vivo em Gaia e tenho uma quantidade de livros para doar, pois nenhum dos meus filhos aprecia o género que tenho. Ele gosta de ficção, ela de esoterismo, e é tarde para mudarem Tenho de tudo, desde Hervé Bazin, a António Lobo Antunes. Tenho clássicos, que parece que ninguém lê. Não são indicados para as escolas, mas mesmo não os tendo relido, amos mais os livros que o pronto-a-vestir…. Preciso de me ver livre deles, para poder ver-me livre dos móveis completamente cheios… Que alternativas tenho? Dão-me alguma sugestão ? Obrigada

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Setembro 8, 2021

      Olá, Manuela.

      Compreendemos bem esse amor pelos livros 😉
      Na zona do Porto tem a loja da Associação Emaús, que vende artigos que já não fazem falta aos seus donos para ajudar as pessoas sem abrigo.
      Pode também ver se aceitam doações de livros em hospitais, estabelecimentos prisionais ou lares de idosos na sua zona.

      Por último, recomendamos contactar diretamente a Câmara Municipal de Gaia, talvez lhe possam sugerir mais opções.

      Esperamos que encontre um novo lar para os seus livros. Beijinhos abobrinhas!

  13. Aurora Lopes Setembro 9, 2021

    Bom dia . Se alguém deste debate encontrou soluções agradecia a partilha . Muito obrigada.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Setembro 9, 2021

      Olá, Aurora.

      Dependendo da zona onde se encontre, existem várias possibilidades.
      Em Lisboa, pode aproveitar esta última semana da Feira do Livro para fazer doações ao depósito de livros.

      Em princípio todas as outras opções referidas neste artigo continuam em funcionamento, mas o facto de aceitarem ou não livros depende muito de cada uma.
      As bibliotecas, por exemplo, parecem não ter espaço para aceitar livros antigos, mas podem ser doados a outras associações aqui referidas.

      Saudações abobrinhas

  14. Estrela da Paz Setembro 20, 2021

    Também pode doar ao projeto “leva para ler” os livros doados são para levar grátis. Fica no concelho de Marvão e encontras o projeto num grupo do Facebook e numa página do instagram

    1. Fernanda Loureiro - Equipa Pumpkin Setembro 20, 2021

      Olá Estrela,

      Muito obrigada pela dica, vamos acrescentar ao artigo 🙂

      Um beijinho!

  15. Dina Adão Setembro 25, 2021

    Gostei muito deste artigo. É cada vez mais pertinente reutilizar. Sou bibliotecária e faço de tudo para não transformar o livro simplesmente em pasta de papel, mas noto que é cada vez mais a única solução para algumas obras, como enciclopédias. Acabo por doá-los ao Banco Alimentar contra a Fome. Lamentavelmente o artigo não menciona qualquer espaço ou projeto que aceite livros na região do algarve.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Setembro 27, 2021

      Olá, Dina.
      Agradecemos o seu feedback, concordamos que este é um tema importante e que precisa de chegar a mais pessoas!
      Vamos averiguar opções no Algarve para incluir; se entretanto descobrir alguma partilhe connosco, por favor 🙂

      Beijinhos abobrinhas

  16. Avelino Oliveira Setembro 26, 2021

    Todas as iniciativas que têm por objectivo promover a leitura e auxiliar quem precisa, são de louvar e de apoiar!

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Setembro 27, 2021

      Nem mais, Avelino!
      Obrigada pelo comentário.

      Beijinhos abobrinhas

  17. Graça Henriques Novembro 30, 2021

    Como professora de Português, o meu objetivo é aumentar o gosto pela leitura aos meus alunos (3 turmas do 6º ano) implementando o projeto “10 minutos a ler”. Infelizmente nem todos os alunos têm livros em casa para poderem levar para a escola, a biblioteca nem sempre é uma opção. Se ler é voar sem sair do lugar, nem sempre é fácil criar hábitos nos jovens do século XXI.
    Queria perguntar se era possível receber alguma doação para aumentar a biblioteca destas turmas.
    Agradeço qualquer ajuda ou ideia para alcançar este objetivo.

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Dezembro 9, 2021

      Olá, Graça. Obrigada pela partilha, simpatizamos muito com o seu desejo 🙂

      Na Pumpkin não trabalhamos com este tipo de questões, mas temos algumas dicas que lhe podem ser úteis!
      Já conhece a plataforma Livrar? É um movimento que promove a doação e a partilha de livros, e é possível registar a escola para receber doações.
      Por outro lado, uma parceria com as bibliotecas locais, com a Câmara Municipal ou mesmo um evento de angariação de livros são boas opções para ajudar a expandir o catálogo da vossa biblioteca.
      Também no OLX é possível encontrar algumas doações de livros – nem sempre, mas às vezes surgem exemplares do plano de leitura que podem ser recolhidos gratuitamente.

      Esperamos que ajude! Beijinhos abobrinhas

  18. Helena Neves Fevereiro 9, 2022

    Olá boa tarde

    Foi muito útil saber onde posso doar os livros infantis que tenho acumulados em casa.
    E cassetes VHS? Há algum local que aceite filmes infantis em cassetes VHS ?
    Obrigada
    Helena Neves

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Fevereiro 9, 2022

      Olá, Helena!

      Ficamos contentes por ter ajudado.
      Há alguns anos o IPO aceitava doações de cassetes, talvez ainda seja possível.
      Recomendamos que entre em contacto com a instituição para confirmar 🙂

      Beijinhos abobrinhas

  19. Andreia Março 31, 2022

    Olá a todos e todas,
    Eu estou a criar uma biblioteca numa ERPI e tenho interesse em ficar com os livros que tiverem para doar.
    O meu email é [email protected]

    Grata

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Abril 1, 2022

      Olá, Andreia.
      Esperamos que este comentário lhe traga doações.
      Entretanto, recomendamos que procure grupos de troca e doação de livros na sua localidade através do Facebook – costuma ser uma boa opção.

      Beijinhos abobrinhas 🙂

  20. Lurdes Malheiro Junho 12, 2022

    Boa tarde,
    Vivo no Concelho de Loures, tenho muitos dossiês com imensas receitas de cozinha da TV7 dias, dos Segredos de Cozinha, etc. tb tenho livros de liceu do meu filho mais novo ( já tem 29 anos ) será que haverá alguém interessado? Em ultimo caso, terei de enviar para a reciclagem ☹ mas é a tecnologia a passar à frente e contra isso nada!!

    Obrigada

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Junho 21, 2022

      Olá, Lurdes.

      Aconselhamos que procure junto das opções listadas e de grupos de doações no Facebook, talvez encontre um destino para os livros e dossiês!

      Boa sorte. Saudações abobrinhas 🙂

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votes, average: 4,73 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<