Portugal com ACNUR regressa à escola neste início de ano para dar a conhecer a realidade das pessoas refugiadas - Pumpkin.pt

Portugal com ACNUR regressa à escola neste início de ano para dar a conhecer a realidade das pessoas refugiadas

PORTUGAL COM ACNUR Escolas 1200x628

Um projeto educativo que muda vidas e que pode agora chegar à sua escola.

Até ao final do ano letivo, a Organização estará presente em várias escolas com ações de sensibilização para os mais novos.

Neste novo ano, e num momento em que várias escolas estão a iniciar o 2º período letivo, a Portugal com ACNUR, parceiro nacional da Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR), quer renovar o seu compromisso de percorrer o país de Norte a Sul para sensibilizar os mais novos sobre as emergências humanitárias globais, a deslocação forçada e o trabalho do ACNUR.

A aposta nesta área, que promove ações de sensibilização presenciais a alunos desde o 1º ciclo ao ensino universitário, é essencial para promover a empatia e a compreensão no mundo atual, desmistificando conceitos, veiculando informações corretas e potenciando a inclusão e o sucesso ao nível da integração.

Estas ações são preparadas de acordo com as idades das crianças e jovens fomentando espaços onde eles são chamados a participar, a dar as suas opiniões e a questionar as suas ideias preconcebidas.

Sensibilização à medida de cada projeto educativo

As ações de sensibilização da Portugal com ACNUR são preparadas de acordo com o público-alvo e o contexto escolar em causa, disponibilizando várias propostas de temas e conceitos para abordar com as crianças e jovens, desde a situação na Ucrânia à influência da Mudança Climática na deslocação forçada, passando pela igualdade de género ou a inclusão pelo desporto. Além destes temas, a Portugal com ACNUR possibilita também que as próprias escolas desafiem a Organização a criar uma ação de sensibilização mais personalizada, onde se aborde algum tema específico ou uma situação sobre a qual gostavam que os seus alunos aprendessem mais.

Ação para alunos do 10º ano sobre “Violência baseada no género em contextos humanitários” na Escola Secundária Santa Maria do Olival, em Tomar. © Portugal com ACNUR

Sobre esta experiência com os jovens, Joana Lopes, Técnica de Sensibilização e Angariação de Fundos da Portugal com ACNUR, conta que “quando desafiamos os alunos a mostrarem a sua solidariedade com as pessoas forçadas a fugir, ficamos sempre surpreendidos com a prontidão e entusiasmo”. E mesmo do lado dos professores “é maravilhoso receber um contacto de um docente de Leiria ou de Braga, que descobriram o nosso trabalho e nos convidam a ir à sua escola, e depois se mostram incansáveis para garantir que o contacto dos seus alunos com esta realidade seja uma experiência enriquecedora”.

O principal objetivo da Portugal com ACNUR é criar comunidades – escolas, universidades, municípios e famílias – que se envolvam ativamente neste tipo de questões e criem impacto na sociedade, desde a sensibilização até à ação, que pode culminar numa iniciativa solidária ou num donativo.

Se tiver interesse em marcar uma sessão de sensibilização numa escola próxima de si contacte-nos via [email protected].

ACNUR nas Escolas

Ação de sensibilização para alunos do 7º ano da Escola Básica 2,3 Ruy Belo, em Queluz. © Portugal com ACNUR

Ação de sensibilização para alunos do 2º ano da Escola Primária de Monte Abraão, em Queluz. © Portugal com ACNUR

Ação de sensibilização para alunos do 9º ano da Escola Secundária da Póvoa do Lanhoso. © Portugal com ACNUR

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<