Família > Lifestyle > Leituras

Ler juntos no verão: incentivar a leitura nas férias!

Leitura Verão

Sabiam que 66% dos pais leva sempre consigo um livro para as abobrinhas lerem nas férias?

As férias inspiram a dias mais tranquilos, e é por isso que muitas vezes, em casa ou a explorar novas coordenadas, podem aproveitar o verão para recuperar – ou criar – alguns hábitos que, com a correria do dia a dia, infelizmente têm menos espaço para acontecer.

A estatística do estudo que o Expresso, a McDonald’s e o Plano Nacional de Leitura 2027 apresentaram em maio é animadora – afinal, quase 70% dos pais leva livros na bagagem das férias.

No entanto, até que ponto existem de fato momentos de leitura na praia, na piscina ou até depois dos jantares entre amigos? Já vos contámos como estimular a leitura nos mais novos; agora, partilhamos algumas dicas para que o vosso verão fique gravado… em páginas divertidas e emocionantes.

1. Criar momentos de leitura

menina praia leitura

Pode parecer uma dica básica, mas a verdade é que muitas vezes a boa intenção falha na concretização: meter os livros infantis na mala de viagem das crianças é uma boa ideia, mas melhor ainda é tirá-los de entre t-shirts e fatos de banho, e deixá-los, visíveis, na mesinha da cabeceira ou perto do sofá.

Estão, de forma subtil, a criar a sugestão de leitura no cérebro das crianças, que, no período de férias, têm, por norma, menos estímulos que os distraiam nos quartos de hotel ou na casa onde ficam hospedados. Criar estes momentos dentro da “des-rotina” de férias para que os livros sejam a companhia das crianças é muito importante.

Também por isso faz todo o sentido levarem-nos convosco para a praia ou para a piscina – além dos baldes, das bóias e das bolas de futebol, que vão alimentar muitas brincadeiras, é giro pensar que enquanto secam na toalha, poderão todos espreitar umas páginas daquele livro de aventuras super divertido!

Levar livros convosco para os restaurantes ou para as viagens mais longas (por exemplo, um voo de várias horas que é antecedido de uma espera no embarque) e substituir os momentos tecnológicos associados a essa espera com uma boa leitura também é uma ideia que podem cimentar nas férias e levar para o resto do ano.

2. O tema importa – e muito!

Já pensaram no quão divertido pode ser para uma criança ler um livro sobre criaturas marinhas fascinantes… enquanto estão na praia? Ou folhear um livro passado numa cidade estrangeira, que, por coincidência, é exatamente aquela que estão a visitar?

Reconhecer, nas páginas de um livro, os monumentos, sabores e locais que estão a descobrir nas suas férias pode estimular, e muito, a criatividade e a imaginação das abobrinhas, e “agarrá-los” mais ainda à leitura. Por isso, adaptar as temáticas dos livros que levam convosco nas férias é por isso uma dica muito interessante!

Ao mesmo tempo, vai entusiasmá-los mais ainda se estes forem livros que nunca antes leram – o que não significa necessariamente que sejam livros novos. Podem comprar, se preferirem, mas também é giro chegar ao destino da vossa viagem e, aí, explorar a biblioteca local.

3. Juntar o útil ao agradável

cressida cowell happy meal readers

Por falar em jantar fora, em férias e em momentos em família… já conhecem o programa Happy Meal Readers, da McDonald’s?

Miúdos que leem e pais que adoram livros vão ficar encantados com a possibilidade de escolherem um livro com o Happy Meal, quando saírem para jantar! Com dois livros novos a cada oito semanas, a coleção exclusiva “As aventuras dos Gémeos Treetop”, da autoria da escritora Cressida Cowell, a mesma que escreveu a incrível história de “Como Treinares o teu Dragão”, vai fazer os encantos dos miúdos – e mostrar-lhes que livros também são divertidos. São 12 livros diferentes para colecionar e ler em conjunto, numa iniciativa que conta com o apoio do PNL2027.

Este programa, que pretende promover os hábitos de leitura e incentivar as crianças a ler, estimular a imaginação e permitir um maior acesso aos livros, tornando a leitura um momento divertido em família, é a prova de que podemos sim juntar o útil ao agradável!

4. O exemplo é tudo

livros praia

Meter os livros na mala vale, na verdade, para os livros das crianças e para os dos papás. As crianças são verdadeiras esponjas e reproduzem os nossos comportamentos de forma quase automática. Somos as suas referências e exemplos, e, por isso, nunca nos cansamos de frisar a importância que os adultos lerem tem na formação de mini-leitores apaixonados.

Aproveitem as férias e o maior tempo disponível para pegar naquele livro que querem muito ler e que está há meses à espera na prateleira. Vai ser bom para todos!

5. Os bons hábitos são para manter

Tiram sempre um momento para depois do jantar lerem uma história às vossas abobrinhas? Mantenham esse hábito nas férias! Se as vossas crianças já têm hábitos de leitura mais ou menos enraízados não os deixem perdê-los – pelo contrário, os dias mais relaxados são ótimos para que eles vejam a leitura não apenas como um prelúdio para a hora de dormir e sim como uma atividade de ocupação de tempos livres como ver televisão ou jogar.

Promovam momentos de leitura individual juntos – em que cada membro da família lê por si no mesmo espaço – e momentos de leitura conjunta, em que todos leem a mesma história.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *