Quais os benefícios da tecnologia na educação? - Pumpkin.pt

Quais os benefícios da tecnologia na educação?

O conhecimento e a aprendizagem escolar podem ser complementadas com recurso aos tablets, computadores e ao mundo mágico da internet. Descubram como!

Temos tendência a associar tecnologia a diversão e ocupação de tempos livres. No entanto, não explorar os dispositivos eletrónicos de uma forma mais pedagógica é desperdiçar um potencial gigantesco de desenvolvimento cognitivo, lógico e motor nas abobrinhas.

Contamo-vos quais as vantagens da utilização da tecnologia na educação das crianças e como acrescentar às ferramentas de estudo habituais outras competências incríveis.

O uso da tecnologia na educação começa com um equipamento de qualidade e existem várias opções adequadas no mercado, dependendo da idade das abobrinhas. Já viram como escolher um computador ou um tablet para as crianças?

Depois, é importante que a acompanhar um equipamento de boa qualidade estejam também as aplicações de software mais indicadas, ou seja, programas e ferramentas de educação divertidas, pedagógicas e que correspondam ao currículo escolar.

Estas novas possibilidades na aprendizagem trazem benefícios tanto para os estudantes como para os pais, aliviando-nos a necessidade de acompanhar o estudo e de dar resposta a questões que já não guardamos na memória!

É de ferramentas para o sucesso que estamos a falar!

Desenvolvimento da Motrocidade Fina

A motricidade fina é a capacidade para executar movimentos de precisão com controlo e destreza. No fundo, pode ser explicada como a precisão com que utilizamos os dedos, as mãos e os braços – de forma coordenada! – para executar determinada atividade.

Os bebés e as crianças mais pequenas são estimulados desde muito cedo com jogos e atividades artísticas, mas a verdade é que a tecnologia também permite trabalhar a motrocidade de forma integrada e divertida.

Basta pensar que para explorar um tablet as crianças têm que utilizar maioritariamente os dedos: ações como subir e descer a página, ou aumentar ou diminuir a resolução de ecrã, exigem uma boa pinça e grande precisão motora.

Desenvolvimento cognitivo

A maioria dos equipamentos tecnológicos responde rapidamente ao simples toque, incentivando a criança acompanhar a velocidade das suas ações.

Este imediatismo força o desenvolvimento de capacidades cognitivas como a agilidade e a flexibilidade de raciocínio. O nosso papel como pais é o de estimular essa experiência interativa de forma equilibrada; os ganhos no desenvolvimento cognitivo são comprovados, mas é fundamental que a família acompanhe o acesso às ferramentas mais adequadas.

Desenvolvimento lógico e da capacidade de resolução de problemas

Um jogo de computador educativo, que exija à criança pensar em estratégias de superação, está a estimular o desenvolvimento do raciocínio lógico.

É este o tipo de abordagem da Escola Virtual, por exemplo, que promove hábitos de estudo totalmente adequados ao aluno do séc. XXI. Passo a passo, são apresentados vídeos, exercícios e outros recursos interativos que explicam a matéria de forma simples e visual, tornando os conceitos mais claros e fáceis de compreender.

Este tipo de desafio tecnológico testa e treina a tomada de decisões e a capacidade de resolver problemas no imediato.

Já a avaliação das aprendizagens é feita através de testes autocorretivos, que permitem ao aluno identificar as suas dúvidas e esclarecê-las. É como se, para cada tópico, o aluno pudesse contar com o apoio de um explicador experiente, quando na verdade está a treinar, também, a autonomia.

Conheçam esta e outras alternativas de apoio ao estudo.

Tudo sobre o Regresso às Aulas:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<