Família > Passear > Passeios

O que visitar em Castelo Branco com crianças

o que fazer em castelo branco com crianças

A cidade de Castelo Branco é conhecida pelas colchas bordadas à mão, pelo queijo regional e pelo azeite e vinho.

O que visitar em Castelo Branco com crianças? Este bonito distrito é um autêntico museu ao ar livre, repleto de magníficos vestígios do passado de Portugal e berço de algumas das mais antigas tradições que hoje caracterizam o país.A cidade de Castelo Branco é conhecida pelas colchas bordadas à mão, pelo queijo regional e pelo azeite e vinho. Repousando entre a paisagem rural do centro do país, esta bela cidade exibe também arquitetura típica, monumentos seculares e igrejas medievais.

Um destino muito atrativo para todas as famílias. Se conhecem lugares em Castelo Branco que vos deixam maravilhados, sejam bem- vindos a partilhar connosco!

Património e Museus

Castelo e Muralhas de Castelo Branco

Castelo e Muralhas de Castelo Branco
Fotografia: Lifecooler

Do primitivo castelo, edificado pelos Templários, nos inícios do século XIII, pouco resta. A sua localização fronteiriça levou à sua participação em guerras sucessivas que muito debilitaram a sua estrutura. No recinto desta fortaleza encontra-se a Igreja de Santa Maria do Castelo, antiga sede de freguesia. Era no seu adro que se reuniam a Assembleia dos Homens-Bons e as autoridades monástico-militares, até ao séc. XIV.

No seu pavimento encontram-se diversos túmulos. Entre eles destaca-se o de João Roiz de Castelo Branco, célebre poeta do séc. XVI. A entrada para o antigo terreiro da alcáçova faz-se por um arco redondo, situado por detrás da igreja de Santa Maria do Castelo. Depois de o passarmos, à esquerda, podemos reparar na cisterna primitiva. Em frente, encontra-se a denominada Torre dos Templários, com janelas ornadas com elementos manuelinos, a antiga fachada do Palácio dos Alcaides.

Onde: R. da Piscina, 6000-776 Castelo Branco.

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Sé Catedral de Castelo Branco

Sé Catedral de Castelo Branco
Fotografia: http://centerofportugal.com

A Igreja de S. Miguel, originalmente de traçado medieval, viria a sofrer alterações ao longo dos séculos, sendo, atualmente, predominantes os elementos do Barroco e do Rococó.

A capela-mor e o seu retábulo datam de 1785. Este retábulo e a Capela do Santíssimo foram valorizados, em 1791, com a colocação de pinturas de Pedro Alexandrino.  Da fachada principal merece destaque a imagem de S. Miguel.

Onde: Rua da Sé, 6000-999 Castelo Branco

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Museu de Geodésia

Museu de Geodésia

Único no País, localizado no Pico da Milriça, o Centro Geodésico de Portugal. Resultado de um acordo de colaboração entre a Câmara Municipal de Vila de Rei e o Instituto Geográfico Português, que organizou o respetivo conteúdo museológico.  Do local tem-se uma excelente vista de 360º.

Onde: Centro Geodésico de Portugal, 6110 Vila de Rei

Mais Informação:Câmara Municipal de Vila de Rei

Oficina Escola de Bordado de Castelo Branco

Oficina Escola de Bordado de Castelo Branco

Aqui pode observar toda a maestria das bordadeiras e a beleza do bordado de Castelo Branco. Conhecidas, pelo menos, a partir de meados do século XVI, as colchas de Castelo eram o orgulho do enxoval das noivas da região e são um dos ícones dos variados Bordados de Castelo Branco. Bordadas a fio de seda em pano de linho, a simbologia dos seus elementos decorativos é uma aclamação ao amor e ao casamento que se quer feliz.

Onde: Oficina – Escola de Bordado de Castelo Branco, Edifício Multifuncional | Antigo Edifício dos CTT, Largo da Sé, 6000 Castelo Branco

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Lagar de Varas

Lagar de Varas

Do ponto de vista económico, o azeite deteve sempre um papel de relevo na economia desta região. O monumental lagar de varas é disso exemplo.

Onde: 6060-041 Idanha-a-Velha

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Museu Francisco Tavares Proença Júnior

Museu Francisco Tavares Proença Júnior

A funcionar no edifício do antigo Paço Episcopal, possui para além de uma área de exposições temporárias e a zona de exposição permanente (parte do espólio do Paço, arqueologia, paramentos e colchas antigas), uma biblioteca especializada em Arqueologia e História da Arte e ainda uma Oficina-Escola de Bordados Regionais.

Onde: Largo Dr. Lopes Dias, 6000-462 Castelo Branco

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Museu Cargaleiro

museu cargaleiro castelo branco

Um museu recente, que recuperou magnificamente um solar e sua envolvência na zona histórica do Castelo. O museu apresenta com regularidade atividades e ateliers para crianças.

Constituído por dois edifícios contíguos – o Solar dos Cavaleiros, um palacete construído no séc.XVIII, e um edifício contemporâneo – o Museu Cargaleiro situa-se no coração da Zona Histórica da cidade, nas imediações da Praça de Camões, popularmente conhecida como Praça Velha.

Onde: Rua dos Cavaleiros, Nº 23 6000-189 Castelo Branco

Mais Informação: Câmara Municipal de Castelo Branco

Aldeias Históricas

Idanha-a- Velha

Idanha-a-Velha
Fotografia: Espirito Viajante

A célebre cidade romana Civitas Aegitidanorum (documentada desde o ano 16 a.C.), é referência obrigatória de todos os roteiros arqueológicos de Portugal. Mas a História de Idanha-a-Velha está repleta de vestígios de outros tempos. Visigodos e árabes, guerreiros medievais, cavaleiros do Templo e “senhores da terra” aqui deixaram as suas marcas.

Do vasto património existente, merece destaque a Catedral visigótica (primitivamente erigida sobre um templo paleocristão), com um baptistério de piscina no exterior, continua a impressionar pela dimensão e pela sua riqueza. Hoje, acolhe um dos conjuntos epigráficos mais importantes referentes ao período da permanência romana na Península.

Mais Informação: Aldeias Históricas de Portugal | Câmara Municipal de Castelo Branco

Monsanto

monsanto idanha a nova
Fotografia: Rádio Clube Monsanto

Recebeu, em 1938, o título de “Aldeia mais portuguesa de Portugal”. O imponente castelo medieval de Monsanto foi parcialmente destruído pela explosão acidental do paiol de munições, numa noite de Natal, já no século XIX, restando atualmente apenas duas torres, a do Peão e a de Menagem, para além das belíssimas ruínas da Capela românica de S.Miguel (séc. XII).  É também conhecida pelos seus adufes e pelas marafonas.

O adufe é um instrumento musical de percussão, de origem árabe, feito de pele de ovelha.  As marafonas são bonecas de trapos, com traje regional, sem olhos, nem boca, nariz ou ouvidos.  Durante a Festa de Nossa Senhora do Castelo, ou das Cruzes, (3 de Maio, ou no Domingo seguinte), cabe às raparigas solteiras transportarem no cortejo as suas marafonas.

Mais Informação: Aldeias Históricas de Portugal | Câmara Municipal de Castelo Branco

Belmonte

Belmonte

Terra de Judeus e berço dos Cabrais, Belmonte integrava a linha defensiva que protegia o Alto Côa.

Esta aldeia histórica tem uma oferta cultural muito rica e recomenda-se a visita do castelo, com a sua janela manuelina, verdadeira jóia granítica, de onde poderá contemplar a Serra da Estrela, o Museu dos Descobrimentos, o Museu Judaico, o Ecomuseu do Zêzere e o Museu do Azeite.

Mais informações: Câmara Municipal de Belmonte

Parques e Jardins

Parque da Cidade

Parque da Cidade - Castelo Branco
Fotografia: cm-castelobranco

Ocupando o espaço fronteiro ao Jardim do Paço Episcopal, naquela que fora outrora a horta do Paço, dispõe de amplos espaços para as crianças correrem e um agradável parque infantil. Fontes e espelhos de água transmitem uma sensação de frescura.Canteiros com produtos hortícolas e ervas aromáticas, permitem um testemunho da antiga função e, ao mesmo tempo, uma abordagem pedagógica aos produtos da terra. A mata de loureiros desvenda-nos uma interessante fonte da autoria de Mestre Cargaleiro.

Onde: Rua Bartolomeu da Costa, 6000 Castelo Branco

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Geopark Naturtejo da Meseta Meridional

Geopark Naturtejo da Meseta Meridional

O Geopark Naturtejo é constituído pelos concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão. Da Raia à Beira Interior, passando pelo Pinhal Interior até ao Alto Alentejo, este é um território de elevado potencial turístico e com inúmeros fatores de atração.

O vasto património geomorfológico, geológico, paleontológico, e geomineiro, apresenta elementos de relevância nacional e internacional. Para além dos geossítios, o Geopark Naturtejo conta com o Parque Natural do Tejo Internacional e com áreas protegidas no âmbito da Rede Natura 2000 (sítios Gardunha, Nisa e S. Mamede) e das Important Bird Areas (Penha Garcia – Toulões e as serranias quartzíticas do Ródão), que testemunham a sua riqueza ecológica.

Onde: Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão

Localização e Acessos: A23 até Castelo Branco – faz ligação com a A1 (Lisboa – Castelo Branco – Porto)

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Jardim do Paço Episcopal

Jardim do Paço Epsicopal
Fotografia: Ruralea

Considerado um dos mais paradigmáticos jardins barrocos em Portugal, destaca-se pela conjugação do verde com a estatuária em pedra. Esta, seguindo percursos temáticos, aborda figuras e simbologias religiosas, históricas e mitológicas. Encomendado pelo Bispo da Guarda, D. João de Mendonça (1711-1736) viria a ser alvo de obras de relevo, já no fim do séc. XVIII, a mando do segundo bispo da Diocese de Castelo Branco, D. Vicente Ferrer da Rocha.  A partir do ano de 1919 passou a integrar o património municipal.

Onde: Rua Bartolomeu da Costa, 6000 Castelo Branco.

Mais Informação:Câmara Municipal de Castelo Branco

Reserva Natural da Serra da Malcata

Reserva Natural da Serra da Malcata
Fotografia: beira.pt

A Serra da Malcata é a décima sexta maior elevação de Portugal Continental, com 1075 metros de altitude. Situa-se na região da região de transição da Beira Alta e da Beira Baixa, entre os concelhos do Sabugal e de Penamacor, integrando o sistema montanhoso luso-espanhol da Meseta. Nela se situa a Reserva Natural da Serra da Malcata, criada em 1981 e tendo como principal vertente a salvaguarda do lince ibérico que ali vive e de todo o ecossistema a ele associado. Nasce nesta serra o rio Bazágueda, afluente do Erges.

Mais Informação: Câmara Municipal de Castelo Branco

Piscinas

Complexo de Piscinas de Castelo Branco

Complexo de Piscinas de Castelo BrancoEste complexo é uma Piscina-praia, que faz as delícias dos miúdos e graúdos. Para quem adora a água é ideal nos dias quentes de Verão.

Onde: Parque Urbano da Cidade 6000 Castelo Branco

Mais Informação: Albigec – Castelo Branco

Tudo sobre férias em família:

Férias em família em Portugal: explore as sugestões da Pumpkin

Descubra quando ir e quais os Museus Grátis por todo o país

Veja as recomendações dos nossos leitores de sítios a visitar com crianças por todo o país

Espreite as nossas dicas para viajar em família sem stress

Também lhe pode interessar:

Procura um local calmo e entre a natureza para fazer praia? Então, deve optar por uma praia fluvial e, neste caso, a Praia Fluvial de Cardigos.

Uma cidade que vai encantar miúdos e graúdos!

Saiba como aproveitar o melhor de Aveiro, nossa "Veneza Portuguesa", com os mais pequenos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *