Família > Passear > Além fronteiras

O que visitar em Berlim com crianças?

o que visitar em berlim com crianças

A capital da Alemanha é uma cidade feita de História... e de muito mais!

Berlim é uma cidade onde a história e a modernidade se cruzam, onde a arte e a cultura passeiam de mãos dadas e onde os dias, com tanto para ver, passam a correr – durante o inverno, literalmente, porque anoitece por volta das 16h. Se não sabem o que visitar em Berlim com crianças, não se preocupem: preparámos um roteiro que vos vai permitir explorar, aprender, viajarem no tempo e divertirem-se… juntos!

A capital da Alemanha é pensada para as famílias. Os transportes públicos – conseguem facilmente chegar ao centro e deslocar-se pela cidade utilizando o metro, o elétrico, o comboio e o autocarro – têm todos eles uma área reservada às crianças, para que possam colocar os carrinhos sem dificuldade e incómodo para os outros passageiros.

Se visitarem Berlim nos meses mais frios, recomendamos que se agasalhem bem, pais e filhos. Levem térmicos interiores, luvas, gorros e cachecóis, e vistam-se com camadas, porque apesar de os espaços serem aquecidos, na rua atingem-se facilmente temperaturas negativas que exigem algum cuidado.

Apesar de enregelados, esta época é incrível para visitar a cidade: o espírito natalício torna Berlim ainda mais bonita e há imensos Mercados de Natal típicos, espalhados por todo o lado.

Na Budapester Strasse, por exemplo, há um Weinachtsmarkt cheio de bancas onde podem experimentar a doçaria típica e, os mais crescidos, provar o Glühwein (vinho quente). Já os mais corajosos podem experimentar as rampas de neve e a pista de patinagem no Winter World,  que acontece na Potsdamer Platz. As abobrinhas vão adorar!

Os alemães são por norma um povo afável e simpático com as crianças e disponíveis para ajudar, ultrapassando-se facilmente as barreiras linguísticas. Descubram o que visitar em Berlim, temos sugestões para uma visita completa e para todos os gostos. Contem-nos como correu!

Património e Museus em Berlim

Reichstag (Parlamento)

reichstag

O Palácio do Reichstag é o edifício no qual o parlamento alemão se reúne, mas a sua história, como todos os monumentos em Berlim, passa através das décadas.

Nos seus mais de cem anos de história, o Reichstag foi sede de governo em duas guerras, incendiado por antifascistas, danificado por bombardeamentos durante a Segunda Guerra Mundial, reconstruído dos escombros, abandonado durante a divisão alemã e palco da cerimónia de reunificação, em 1990.

Em 1992 decidiu-se que o Reichstag deveria ser reerguido e a operação foi um sucesso, especialmente pela construção da cúpula, uma referência à cúpula original de 1894. Sabiam que a podem visitar e deslumbrar-se com a vista impressionante da cidade e do plenário do parlamento? Aconselhamos a que façam a marcação online (a visita é gratuita mas limitada) com pelo menos um mês e meio de antecedência.

Na imponente fachada, acima do pórtico de entrada, está, desde 1916, escrita a frase “Dem deutschen Volke”, que significa “O Povo Alemão”.

Onde: Platz der Republik 1, 10557. A estação de metro/comboio mais próxima é a Brandenburger Tor. 

Brandenburger Tor (Porta de Brandemburgo)

portas de brandemburgo

A Porta de Brandemburgo foi durante séculos a “porta de entrada” em Berlim e é um dos grandes símbolos da prosperidade alemã, juntamente com o Reichstag, ali mesmo ao lado.

Reconstruída no século XVIII com um estilo arquitetónico neoclássico, a Brandenburger Tor eleva-se hoje sobre a cidade e a partir dela podem percorrer a Unter den Linden, a famosa avenida que, nos meses mais quentes, está coberta de tílias – uma mancha verde em Berlim que convida a um passeio calmo e demorado em família.

Onde: Pariser Platz, 10117. A estação de metro/comboio mais próxima é a Brandenburger Tor. 

Denkmal für die ermordeten Juden Europas (Memorial do Holocausto)

Memorial aos Judeus Mortos da Europa

Fotografia: Alemanha Online

Não é uma sugestão child friendly, mas é uma sugestão necessária. Para todos. Para que não se repita. Porque todas as homenagens são poucas e porque faz sentido explicar aos nossos filhos, desde cedo, desde sempre, que nem todas as pessoas são boas. É importante educá-los para o respeito, a tolerância e a diferença, e que é desses sentimentos que impedimos episódios como o do Holocausto.

Aconselhamos que conversem com as crianças no caminho até ao Memorial para que lhes expliquem a importância do lugar em que vão estar, pedindo-lhes para não fazer barulho e para não pisarem e/ou se sentarem em cima dos blocos de pedra. Crianças a partir dos 4 anos já conseguem entender o impacto que este local tem, mesmo que não possam ainda processar a sua História.

Numa área de 19 mil metros quadrados estendem-se 2711 blocos. Segundo o arquiteto, os blocos são desenhados para produzir intranquilidade e um clima de confusão, servindo a escultura para representar um sistema supostamente ordenado que perdeu o contacto com a razão humana. A verdade é que à medida que percorremos o labirinto a sensação que fica é a de que também nós nos perdemos um pouco daquilo que somos: o silêncio ouve-se, a ausência de frio sente-se. Façam um percurso rápido, já que para as crianças será difícil aguentar muito tempo em silêncio, e não permitam que deambulem sozinhos pelos corredores, porque correm o risco de os perder.

Berliner Mauer (Muro de Berlim)

muro de berlim

Grande parte do Muro foi destruída, mas é muito fácil perceber sinais da sua existência. Ao longo de toda a cidade, a antiga localização do Muro está marcada no chão, sendo possível seguir o seu trilho. É muito interessante perceber, em algumas zonas, que do outro lado da estrada existia já outro país, outros costumes e outra vida.

Na Niederkirchnerstrasse há um troço do Muro que se mantém intacto e que passa muito esta sensação de impotência assustadora. Com crianças mais crescidas, aproveitem que estão a percorrer a rua para visitar também a Topographie des Terrors, um museu que explica fundação e existência das polícias nazis. Era no lugar  onde se ergue o edifício atual que estavam, na altura, os quartéis generais da Gestepo e das SS.

Mas uma visita a Berlim com crianças nunca estará completa sem visitarem a East Side Gallery. A maior galeria de arte ao ar livre no mundo remonta para a dor da divisão, mantendo-a viva como lembrança para que não se repita, mas devolve ao mundo a cor, sendo também palco de mensagens ativistas, políticas e sociais muito forte.

Os miúdos vão adorar ver as diferentes “caras” que os 118 artistas de tantos países deram a um muro antigamente tão cinzento e com uma história tão escura. Preparem as máquinas fotográficas! Ah, quando chegarem ao fim do Muro cruzem a Oberbaumbrücke a pé. É a famosa ponte vermelha de Berlim e é linda!

Onde: Em toda a cidade. Para chegarem à East Side Gallery, localizada na Mühlenstrasse, a estação de metro mais próxima é a Berlin Ostbahnhof.

Checkpoint Charlie

checkpoint charlie

O Checkpoint Charlie foi um posto militar construído entre a RDA e a RFA durante a Guerra Fria. O seu objetivo era simples: o de permitir a passagem legal de estrangeiros e membros das Forças Aliadas da Alemanha Ocidental para a Alemanha Oriental.

O Checkpoint Charlie acabou por se tornar um símbolo da guerra e da separação entre o leste e o oeste, mas também, para os poucos alemães que habitavam a RFA e  que conseguiram fugir, uma estrada para a liberdade.

O Checkpoint Charlie é hoje em dia uma atração turística e está localizada na Friedrichstrasse, hoje em dia uma das ruas mais movimentadas e comerciais de Berlim. Vista do lado americano, a cabine foi decorada com a imagem de um soldado soviético. O lado oposto mostra um soldado americano. As placas sinaléticas com frases como “Cuidado, está a entrar na Alemanha Oriental” e “You Are Leaving the American Sector” são as originais.

Em frente da cabine existe também uma exposição ao ar livre sobre o Muro de Berlim.

Onde: Friedrichstrasse 43-45, 10117. A estação de metro mais próxima é a Kochstrasse/Checkpoint Charlie.

Berliner Dom (Catedral de Berlim)

berliner dom

A Catedral de Berlim é um dos monumentos mais fotografados do mundo e conseguimos entender porquê: é uma construção imponente e com uma beleza impressionante, também ela com muita História para contar.

Na Segunda Guerra Mundial, a cúpula da catedral original foi atingida por uma bomba e, devido ao difícil acesso, o fogo acabou por alastrar, destruindo grande parte da catedral.

A catedral só começou a ser reconstruída pelo governo da República Federal Alemã em 1975, com a ajuda financeira da Igreja Protestante e da Alemanha Ocidental, e foi reaberta em 1993. Podem visitar a catedral por dentro e subir à cúpula, se tiverem coragem de subir 270 degraus.

A entrada principal da Catedral de Berlim dá para a Lustgarten, uma praça verde cercada de árvores, onde podem aproveitar para descansar, brincar ou fazer um piquenique. A vista é também ela impressionante: além da Catedral, sempre no horizonte, a gigantesca Torre de TV, que fica na Alexanderplatz e que é visível em várias zonas da cidade, cria um postal de Berlim que ficará para sempre nas vossas memórias. Do outro lado, repousa o rio Spree.

Onde: Lustgarten 1 – Mitte, 10178. A estação de metro mais próxima é a Hackescher Markt.

DDR Museum

ddr museum 1

Depois da derrota na Segunda Guerra Mundial  e durante o período da Guerra Fria, a Alemanha foi controlada pelos Aliados e Berlim dividida em quatro setores: o americano, o britânico, o francês e o soviético.

As divergências entre as potências ocidentais e os russos atingiram pontos de tensão tão grandes que, na madrugada de 13 de agosto de 1961, uma fronteira física foi erguida, separando a cidade, devastando famílias e criando uma barreira real entre a República Federal Alemã e a República Democrática Alemã.

Apesar de proclamadas estados independentes ainda em 1949, foi com a construção do muro que esta divisão foi reforçada. O Muro de Berlim, além de dividir a cidade em duas, tornou também visível a diferença entre os estilos de vida ocidental e comunista.

A República Democrática Alemã, apesar de o seu nome nos fazer pensar o contrário, vivia numa ditadura comunista, sendo um país completamente fechado para o mundo ocidental, com o partido a influenciar diretamente o dia a dia dos habitantes.

Na Alemanha Oriental, ao contrário de na RFA, as pessoas viviam com a escassez de produtos (não havia bananas, apesar de o fruto ser produzido na Alemanha!) e só era permitida a circulação de um modelo de carro, que nem todos as pessoas eram autorizadas a comprar. Enquanto na RFA a Alemanha se reerguia forte e livre, na RDA o poder interferia na esfera política, económica e privada de todos os habitantes.

ddr museum 2

O DDR Museum é o retrato vivo dessa diferença e permite a todos os visitantes fazer uma autêntica (e, apesar da temática, muito divertida!) viagem no tempo. Aqui podem descobrir como eram as casas, o trabalho, as férias, o modelo familiar, a moda e os produtos disponíveis para consumo, mas, mais do que isso, podem “viver” nesse mundo tão diferente do nosso.

Os visitantes podem tocar e interagir com os objetos expostos (são todos reais e doados por habitantes da antiga RDA), e tornam-se parte viva do Museu: é possível “ir à creche”, ver programas de televisão instalados no sofá da sala, conduzir o famoso Trabi, brincar com brinquedos da época, tirar roupas do armário, abrir armários e gavetas e, em todos eles, ter uma surpresa.

Uma visita muito educativa e lúdica, que toda a família vai adorar. Preparem-se para passar entre 2 a 3 horas no DDR Museum sem se aperceberem do tempo a passar.

Onde: Nas margens do Rio Spree e com vista para a Berliner Dom, o DDR Museum está localizado na Karl-Liebknecht-Strasse 1 – Mitte, 10178.

Deutsches Technikmuseum (Museu Alemão da Tecnologia)

Deutsches Technikmuseum

Fotografia: Deutsches Technikmuseum

O Museu Alemão de Tecnologia  é uma ótima atração para visitar em Berlim com crianças e adolescentes e o entusiasmo começa ainda antes de lá entrarem:  há um enorme avião no tecto do Museu que vai deixar os miúdos em êxtase.

A exposição do museu está dividida em 18 seções, que mostram a evolução tecnológica, entre outras, nas áreas das telecomunicações, da informática, do cinema e  da fotografia. No entanto, o grande destaque está nas áreas de aviação, do transporte e da navegação. Podem encontrar expostos diversos aviões, barcos de tamanhos variados e locomotivas inteiras.

Imaginam como funciona a indústria da cerveja? Sabem como era o primeiro computador construído no mundo? Aqui também podem ver e descobrir! E as abobrinhas vão delirar com a coleção de robots…

Onde: Trebbiner Straße 9, Kreuzberg, 10963. As estações de metro mais próximas são as de Gleisdreieck e Möckernbrücke.

Museum für Naturkunde Berlin (Museu de História Natural de Berlim)

Museum für Naturkunde Berlin

Fotografia: Museum für Naturkunde Berlin

O Museu de História Natural de Berlim é imperdível para as famílias que adoram animais, natureza e… dinossauros! É que no Museum für Naturkunde Berlin podem encontrar o maior esqueleto de dinossauro inteiro montado no mundo! As crianças vão ficar fascinadas com a imponência do Giraffatitan brancai e os seus 13,27 metros de altura!

Podem também ver muitos animais empalhados, fósseis e minerais.

Onde: Invalidenstraße, 43. A estação de metro mais próxima é a Naturkundemuseum.

Natureza e Jardins em Berlim

Tiergarten

tiergarten

O Tiergarten é o “pulmão” de Berlim e é perfeito para um passeio em família, para fazer um piquenique, praticar desporto ou simplesmente relaxar nos seus imensos campos relvados.

Além das imensas e infinitas árvores, no Tiergarten (que significa “jardim dos animais”, já que era, nas suas origens, um campo de caça) podem também visitar vários monumentos, como o Palácio Bellevue, que funciona como residência oficial do presidente da Alemanha.

O Englische Garten (Jardim Inglês) e o lago Neue See (novo mar), onde podem alugar um barco e fazer um passeio, são outras atrações do Tiergarten que vão fazer as delícias de miúdos e graúdos.

Fica a nota de que, no inverno, as árvores estão totalmente despidas e que, regra geral, a atmosfera de Berlim não convida a grandes passeios ao ar livre, mas ainda assim não deixem de visitar o Tiergarten, pelo menos de passagem. Nós fizemo-lo aproveitando o troço que ladeia o caminho entre a Porta de Brandemburgo e o Reichstag.

Onde: Strasse des 17. Juni – Tiergarten, 10785. As estações de metro mais próximas são as de Tiergarten, Bellevue ou Hansaplatz.

Tempelhofer Feld

tempelhofer park foto

Fotografia: Benjamin Nauleau

Onde antes funcionava o aeroporto de Templhofer há hoje uma enorme área de lazer! Já se imaginaram a passear pelas pistas de aterragem de bicicleta? Em Tempelhofer é possível!

O aeroporto de Tempelhof foi desativado em 2008 após muita polémica: este é um aeroporto com grande significado histórico, já que quando os soviéticos bloquearam o acesso terrestre a Berlim Ocidental, entre 1948 e 1949, foi neste aeroporto (que ficava no setor americano) que pousaram a maior parte dos aviões com mantimentos para a cidade isolada.

Em Tempelhof Park encontram uma estrutura excelente para a prática desportiva, mas também para uma atividade familiar super divertida: é que sendo uma grande área aberta onde venta muito, não há melhor lugar para soltar um papagaio do que aqui!

Há também uma área para fazer piqueniques e churrascos. Se não tiverem bicicleta convosco (o mais provável) mas vos apetecer dar uma voltinha, não se preocupem: podem alugar uma num dos vários quiosques existentes ao longo do parque, que, por norma, estão abertos entre abril e outubro.

Aproveitem para ver aqui o pôr-do-sol, é lindo!

Onde: O parque tem três entradas principais: a da Tempelhofer Damm (metro: Tempelhof), a da Columbiadamm (metro: Südstern) e a da rua Oderstrasse (metro: Hermannplatz, Leinestrasse ou Boddinstrasse).

Zoologischer Garten

zoo berlin

Fotografia: Zoo Berlin

O Zoologischer Garten é o jardim zoológico mais antigo da Alemanha e um dos mais famosos mundialmente: são mais de 19 mil animais de quase 1600 espécies diferentes, a maior e mais rica coleção de animais no mundo.

No Zoologischer há também um Aquário de três andares e o maior aviário do mundo.

As áreas do jardim zoológico são muito bonitas, o que torna o passeio super agradável para crianças e adultos. Dediquem pelo menos uma manhã inteira à visita.

Onde: O Zoologischer tem duas entradas, o “Portão dos Leões” na Hardenbergerplatz, e o “Portão dos Elefantes”, na  Budapester Strasse. A estação de metro mais próxima de ambas é a Zoologischer Garten.

AquaDom & SEA Life

aquadom

Fotografia: Dicas de Berlim

O AquaDom e o SEA Life são, na verdade, dois aquários diferentes, mas muito próximos um do outro e com uma ligação, pelo que podem visitá-los em conjunto. Basta saírem da loja do SEA Life, atravessar o pátio e entrar no restaurante, que serve também como porta para o AquaDom, o maior aquário cilíndrico do mundo.

No SEA Life o passeio começa pelas alas que recriam os ambientes locais, como lago Wannsee e o rio Spree, e passa pelas águas tropicais do Atlântico, onde podem ver pequenos tubarões, muitas espécies de peixes e crustáceos!

Podem também ver espécies muito diferentes e estranhas como o Dragão do Mar, uma espécie de “cavalo marinho” com “algas” a sair-lhe das barbatanas.

Já o AquaDom é um enorme aquário vertical com 25 metros de altura e 12 metros de diâmetro, cheio com mais de um milhão de litros de água salgada e 1500 peixes de cem espécies diferentes. No centro do aquário há um elevador e é daí que podem admirar, de forma diferente e muito original, este mundo marinho. Vai parecer-vos que estão no fundo do oceano – os miúdos vão amar!

Não é possível visitar o AquaDom separadamente – o bilhete está incluído no valor da visita ao SEA Life.

Onde: Spandauer Strasse, 3 – Mitte, 10178. As estações de metro mais próximas são as de Hackescher Markt e Alexanderplatz.

Na Hora da Diversão em Berlim

LEGOLAND Discovery Centre Berlin

legoland discovery centre

Fotografia: LEGOLAND Discovery Centre Berlin

Ao contrário do que acontece noutras cidades europeias, onde funciona como um parque temático a céu aberto, a LEGOLAND de Berlim é um parque indoor.

Com uma Fábrica de Lego, uma exposição de Berlim em miniatura construída com Legos, um Cinema 4D e muitas outras atrações, as crianças podem brincar e aprender como são fabricados os Legos. Além disso, podem criar a sua própria peça como lembrança da visita!

A LEGOLAND Discovery Centre Berlin merece uma visita e é indicado para todos os amantes de LEGOS, mas principalmente para crianças com até 10 anos. É provável que as abobrinhas mais velhas prefiram, por exemplo, visitar a Little BIG City Berlin.

Onde: Potsdamer Strasse, 4. A estação de metro mais próxima é a Potsdamer Platz.

Little BIG City Berlin

little big city berlin

Fotografia: Little BIG City Berlin

A Little Big City é uma representação em miniatura da cidade e, por isso, é também a atração perfeita para visitar com os nossos… minis! Aprender a brincar nunca foi tão divertido.

Podem descobrir muito sobre a história e o passado da cidade através das reconstruções de cenários à escala. Desde a fundação de Berlim até à época moderna, há cenários para todas as épocas. Podem ver o incêncio no Reichstag, os destroços da Segunda Guerra Mundial e o Muro de Berlim, por exemplo!

A Little BIG City Berlin é uma autêntica viagem no tempo, com cenários dinâmicos e interativos. Os efeitos especiais simulam o dia e a noite, há muitas peças e figuras que se mexem e alguns habitantes “ilustres”, como Marlene Dietrich e David Bowie. O alemão comum também é retratado: há uma figura que tenta fugir de Berlim Oriental, por exemplo.

Ah… e que tal darem uma mãozinha à demolição do Muro? Aqui podem!

É possível comprar os bilhetes para visitar apenas o Little BIG City Berlin (crianças até 3 anos não pagam, crianças entre os 3 e os 14 anos pagam menos), mas avaliem se vos faz sentido comprar bilhetes combinados, que no geral acabam por compensar, principalmente se adquiridos online.

Os bilhetes combinados permitem visitar a Little BIG City Berlin em conjunto com a Madame Tussauds, o AquaDom & SeaLIFE e a LEGOLAND, por preços mais acessíveis.

Onde: A Little BIG City Berlin está localizada na base da Torre de TV, na Panoramastrasse, 1A – Mitte, 10178.

Madame Tussauds

madame tussauds berlim

Fotografia: Madame Tussauds

O Museu de Cera Madame Tussauds é uma experiência que vai encantar adultos e crianças, principalmente se nunca visitaram antes um museu deste género!

Aproveitem a oportunidade para tirar fotografias abraçados às vossas celebridades favoritas! Da política à música, do desporto a Hollywood, as opções são muitas, mas é provável que o vosso favorito seja… Cristiano Ronaldo!

Também são vários os artistas alemães que têm a sua figura de cera no Madame Tussauds, além da icónica Anne Frank, uma boa oportunidade para contarem às abobrinhas a sua história – que é, também, a do mundo.

Onde: O Madame Tussauds de Berlim fica a poucos metros da Porta de Brandemburgo, na Unter den Linden 74 – Mitte, 10117. A estação mais próxima é a Brandenburger Tor.

Gostaram de descobrir o que visitar em Berlim com crianças? Se tiverem mais sugestões, digam-nos!

Também vos pode interessar:

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *