Constipação nas crianças: o que é e como tratar? - Pumpkin.pt

Constipação nas crianças: o que é e como tratar?

Constipação nas crianças: o que é e como tratar?

O tempo frio e chuva trazem de volta as constipações nas crianças. Saiba o que são e como tratar da melhor forma!

As constipações são uma das doenças mais comuns nas crianças e são típicas dos meses mais frios.

Com as temperaturas a baixar e a chuva, é provável que a sua abobrinha chegue a casa com as faces rosadinhas e o nariz a pingar.

Mas nada disto tem de ser uma fonte de stress para os pais! Saiba em que consistem as constipações, como tratá-las e como proteger a sua abobrinha de futuro.

Constipação: O que é?

Constipação é uma das doenças mais comuns nas crianças e é típica dos meses frios.

Corresponde a uma infeção das vias respiratórias superiores (nariz e garganta) e é causada por diversos tipos de vírus, sendo os mais comuns os rinovírus. Ou seja, não precisa de tratamento específico, como antibióticos.

Estas infeções transmitem-se por via aérea ou em situações de contacto próximo com uma pessoa infetada. Também podem transmitir-se através de objetos contaminados.

Com o regresso às aulas, voltam as brincadeiras com os miúdos, e é natural que os miúdos apanhem um destes bicharocos chatos.

Constipação nas crianças e bebés

Como o sistema imunitário das crianças ainda está em desenvolvimento, é normal que se constipem mais do que os adultos. Enquanto que os mais crescidos têm cerca de duas a quatro constipações por ano, as abobrinhas podem constipar-se entre oito a doze vezes.

A maioria das constipações curam-se sozinhas e em cerca de uma semana. Contudo, no caso das crianças e bebés pode demorar um bocadinho mais, por não terem o sistema imunitário tão desenvolvido.

Os papás até podem achar que a criança está constipada há muito tempo quando, na verdade, se tratam de infeções diferentes com um tempo imperceptível de recuperação entre elas.

Sintomas da constipação

Os sintomas da constipação surgem dois a três dias após o contacto com o vírus e são os seguintes:

  • obstrução do nariz com sensação de nariz entupido;
  • corrimento no nariz de cor transparente;
  • dor de garganta;
  • tosse;
  • sensação de mal-estar;
  • febre baixa (≥ 37,6º C);

A febre, ainda que não seja comum, pode ocorrer, mas geralmente não é alta nem motivo de preocupação.

Febre na constipação

O Serviço Nacional de Saúde considera febre quando a temperatura:

  • retal é ≥ 38º C;
  • axilar é ≥ 37,6º C;
  • timpânica é ≥ 37,8º C;
  • oral é ≥ 37,6º C.

A febre nas constipações geralmente é baixa (menos de 37,6ºC) e não requer por si só uma visita ao hospital. Contudo, se a temperatura da criança constipada aumentar, convém avaliar com um profissional de saúde.

IBURON20 GIF

O que fazer na constipação infantil?

Apesar de não ser grave, uma criança constipada pode ficar bastante desconfortável. O nariz sempre a pingar, as dores de garganta, a tosse…!

Felizmente, há medicamentos que atenuam estes sintomas. Os antipiréticos são úteis para a febre e para as dores. Os anti-inflamatórios ajudam na desinflamação da garganta.

Há também muitos descongestionantes nasais e rebuçados para a tosse disponíveis no mercado, que podem ajudar a sua abobrinha a sentir-se mais confortável.

E não esquece as nossas dicas como dar conforto à sua criança quando está doente!

Medir temperatura da criança constipada

Comece por medir a temperatura da sua abobrinha através de um destes métodos. Se a criança não tiver febre e lhe parecer bem-disposta, pode decidir não fazer nada. Contudo, se notar um aumento da temperatura pode optar por medicar.

Se for importante para os papás manterem um registo da temperatura da abobrinha, há uma aplicação gratuita para smartphones, a Febre i-Dor, que vos ajuda nessa tarefa.

Depois de a descarregarem (podem fazê-lo na Google Play ou na Apple Store), criem um perfil para a abobrinha com o nome, idade e peso. Nesse perfil podem adicionar as temperaturas e consultar o registo de episódios de febre. Assim, garantem que não perdem o fio à meada.

O melhor: sempre que registarem as medições da criança constipada, a app vai aconselhar-vos se devem ou não dar medicação e, se sim, qual a dose indicada.

O que tomar no caso de constipação e como tomar?

Em casos de constipação nas crianças há dois medicamentos úteis para aliviar o desconforto: os anti-piréticos os anti-inflamatórios. A Febre-i-Dor pode ajudá-lo nesta tarefa.

A aplicação determina a dose correta da medicação a fazer consoante o perfil da criança. Possibilita também a personalização das dosagens se tiver sido aconselhado por um profissional de saúde.

febre crianças

Para além de poder consultar o registo de episódios de febre da criança, pode também ver toda a medicação que foi administrada. E para que não se esqueça de dar os medicamentos, pode programar alertas na app.

Se quiser partilhar todo o histórico da sua abobrinha com familiares ou profissionais de saúde, também o pode fazer. Desta forma, todos ficam a saber se a criança está a melhorar.

Quando ir ao médico no caso de constipação?

O que à partida pode parecer uma constipação pode ser gripe, covid-19 ou mesmo uma infeção bacteriana. Se a sua criança tiver algum destes sintomas, o melhor é fazer uma visita ao pediatra:

  • febre alta;
  • pioria dos sintomas;
  • se tiver menos de três meses;
  • dificuldade em respirar;
  • dores de cabeça fortes;
  • garganta muito dorida;
  • dores de barriga severas;
  • dor ou pressão no peito;
  • dificuldade em manter-se acordada.

Porém, recorrer às urgências nem sempre é a melhor ideia. Para saber quais os sintomas que justificam o recurso ao atendimento permanente, a Sociedade Portuguesa de Pediatria disponibiliza um folheto que o ajuda a fazer essa triagem em casa.

Se tiver alguma dúvida, opte por ligar para a Saúde 24 (808 24 24 24).

IBURON20 GIF

Como prevenir a constipação em crianças?

Há cuidados que os pais e educadores podem ensinar às crianças. São medidas simples, mas que podem proteger as abobrinhas de apanhar um vírus chato.

  • Lavar as mãos frequentemente. É uma medida-chave para evitar que os germes entrem no organismo;
  • Ensine etiqueta respiratória à sua abobrinha. Espirrar ou tossir sempre para o antebraço ou usar um lenço de papel;
  • Assegure que a criança dorme o suficiente. A privação de sono provoca o enfraquecimento do sistema imunitário;
  • Estimule a criança a fazer exercício físico. É ótimo para o sistema imunitário;
  • Proponha-lhe uma dieta equilibrada. Uma boa alimentação é meio caminho andado!

Garanta que a criança tem tempo de repouso suficiente. Assim, em breve, estará pronta para outra!

Links relacionados

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<