Gravidez > Engravidar > Antes de Engravidar

Copo menstrual: o que é e como utilizar, afinal?

copo menstrual

Para a menstruação será melhor o copo menstrual, os tampões ou os pensões?

Cada vez mais as mulheres (as pessoas em geral, na verdade, mas neste caso falamos especificamente das mulheres), estão mais preocupadas com a compra e utilização de produtos ecológicos e sustentáveis, optando por comprar e utilizar produtos, roupa e cosméticos que vão de encontro a esses valores.

Foi daí que começou a falar-se mais do copo menstrual. As mulheres começaram a experimentar e, tendo gostado da experiência, começaram a utilizá-lo, passando a palavra às amigas, que também experimentaram e daí em diante.

O que é o copo menstrual?

O copo menstrual parece uma pequena taça que é feita de material antialérgico (com material cirúrgico, hipoalergénico e antibacteriano) que serve para coletar o fluxo menstrual durante a menstruação.

Se for devidamente utilizado, este copo pode ser reutilizado durante dez anos, tendo, portanto, um grande e positivo impacto ambiental, especialmente quando comparado aos pensos higiénicos e tampões (de acordo com os cientistas, podem levar entre 100 e 400 anos a decompor-se).

Além disso, é higiénico (não liberta odores) e económico. A ginecologista Daniela Sobral, do Hospital Lusíadas Lisboa, explica ainda que o copo menstrual, ao contrário dos pensos e dos tampões, não é absorvente, sendo “uma alternativa prática, higiénica, económica e ecológica”.

Como não tem químicos nem aditivos, ao contrário dos outros métodos, não acarreta risco de infeção ou alergia.

Como utilizar o copo menstrual?

Basta colocar o copo menstrual no canal vaginal, tal como os tampões, ou seja, deve dobrá-lo um pouco para que tome a forma semelhante de um tampão, e depois, “encaminhá-lo” para a parte de trás da vagina e empurrá-lo um pouco, tal como faz com um tampão.

“Uma vez dentro da vagina, o copo menstrual retoma a sua forma original, ajustando-se e formando vácuo, para impedir qualquer vazamento”, explica a médica.

Para o retirar basta puxar a pega (parte mais fina do copo) ou apertar a base para quebrar o vácuo (que mantém o copo no sítio correto), acrescenta. Depois, o sangue pode ser deitado na sanita. De seguida, deve lavar o copo e pode então colocá-lo novamente.

É normal que nas primeiras vezes o coloque de forma errada e sentir algum desconforto. Com a prática adquire a técnica e depois verá se se adapta ou não.

Cuidados a ter na utilização

É muito importante que lave bem as mãos antes e depois de colocar e remover o copo menstrual. Para facilitar a introdução, algumas pessoas usam um lubrificante à base de água, esclarece Daniela Sobral.

Vantagens

É cómodo

Dependendo do fluxo menstrual da mulher, o copo menstrual não se sente e pode estar colocado até 12 horas, fazendo a mulher beneficiar de um dia ou de uma noite tranquila, sem a constante preocupação que o sangue vaze do penso ou do tampão.

Pode ser utilizado até 12 horas

Como viu no ponto ponto anterior e contrariamente a outros métodos, como o tampão ou o penso, cuja troca deve ser realizada, em média, de 4 em 4 horas, o copo menstrual “pode ser usado até 12 horas, seja de noite ou de dia”, uma vez que “tem maior capacidade do que outros métodos”, garante a ginecologista.

Previne infeções, bactérias e fungos

Como o seu material não tem químicos, este método respeita a flora vaginal, sendo, por esse mesmo motivo, uma ótima solução/alternativa para as mulheres que têm infeções com regularidade.

É ecológico

O copo menstrual, ao contrário dos outros métodos, pode ser usado e guardado e utilizado durante um período máximo de 10 anos.

O seu preço é acessível

Tem um preço médio que ronda os 20 e os 30€. Enquanto os pensos e tampões custam cerca de 5€ e uma caixa dura para um mês ou um mês e meio, o que, depois de feitas as contas, irá verificar que o copo menstrual é um investimento que tem um retorno muito rápido.

Mantém a lubrificação natural da vagina, o que não acontece por exemplo com os tampões.

Não interfere com a produção natural do fluxo menstrual.

Liberta menos odores desagradáveis.

Desvantagens?

Intensa lavagem antes e depois de ser usado e esterilizado entre menstruações

No fim de cada menstruação, é recomendável que desinfete o produto, imergindo-o em água a ferver por três a cinco minutos, de forma a que fique bem esterilizado. De seguida, deve secá-lo para evitar que seja contaminado por fungos e, por fim, colocá-lo na caixa até ao próximo mês.

Quando é colocado incorretamente pode originar cólicas e algum vazamento de sangue.

Onde adquirir e quais os preços do coletor menstrual

Antes de mais, há que escolher uma das várias marca já existentes no mercado e escolher o tamanho do copo. Existem 2 tamanhos – para quem teve ou não filhos, de diferente maleabilidade e tipo de pega para remover.

É também importante ter em conta o fluxo sanguíneo da sua menstruação (quanto maior o fluxo, maior deve ser o copo menstrual).

Atualmente, pode encontrar vários tipos de copos menstruais nas farmácias ou em várias lojas online, como:

  • OrganiCup, vendido no Celeiro e outros locais por 23,99€;
  • Mooncup, copo menstrual vendido pela quantia de 31,95€;
  • Natur Cup, agora com desconto custa 18,90€.

Estes são apenas alguns exemplos.

Também lhe pode interessar:

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *