Limpeza costeira: vamos despoluir o oceano? - Pumpkin.pt

Limpeza costeira: vamos despoluir o oceano?

Limpeza costeira: vamos despoluir o oceano?

Garrett McNamara partilha 4 dicas para tornar o oceano mais limpo – ajude colaborando na limpeza costeira com as crianças.

Garrett McNamara, o surfista detentor do recorde da maior onda surfada até 2018, sugere algumas atitudes ecológicas que se podem por em prática, ao mesmo tempo que se desfruta dos benefícios do sol e do mar. Preparados para uma limpeza costeira?

Limpeza costeira em 4 dicas:

1. Organizar uma limpeza costeira com as crianças

As crianças são a nova geração de líderes do futuro e é importante que se tornem conscientes do impacto das suas ações.

Consciencializá-las para as questões ambientais é dar-lhes ferramentas para que façam escolhas mais sustentáveis. Juntar um grupo de crianças e organizar uma limpeza a uma praia é uma forma didática de lhes mostrar o impacto real que o lixo tem no meio ambiente.

Todos os anos, em Setembro, celebra-se o Dia Internacional de Limpeza Costeira, uma iniciativa que pretende sensibilizar para a problemática do lixo marinho. É um evento global que promove ações locais de limpeza em praias, zonas costeiras, rios, lagos e outros cursos de água.

Para celebrar este dia, entre 16 e 24 de setembro de 2023 várias organizações e entidades do Continente e Ilhas, organizaram ações de limpeza e a promovê-las com o objetivo de mobilizar a sociedade civil. A Fundação Oceano Azul reuniu as iniciativas – podem consultar no seu site.

Por exemplo, no Dia 16 de setembro podem juntar-se na Praia do Castelo, Costa da Caparica para uma sessão de Yoga e Acroyoga na praia, seguida pela limpeza de resíduos, numa iniciativa da ASPEA, em conjunto com a associação Caretakers for the Planet Sesimbra.

Nos últimos 4 anos, mobilizaram-se mais de 300 organizações, com 625 ações, 640 km limpos por mais de 18 600 voluntários que recolheram mais de 122 toneladas de lixo.

O Dia Internacional da Limpeza Costeira iniciou-se há mais de 30 anos, nos EUA, com o objetivo de juntar um grupo de pessoas, na altura cerca de 2000 voluntários, para recolher e documentar o tipo de lixo que se aglomera nas zonas costeiras. Estes dados serviram depois para perceber e sensibilizar as pessoas para o problema do lixo marinho e para dar início a 

Em 30 anos esta iniciativa transformou-se num evento anual, presente em mais de 100 países, juntando voluntários das mais diversas áreas com o propósito de chamar a atenção e movimentar pessoas a tomarem uma ação participativa em prol do ambiente.

2. Trazer sempre mais lixo da praia do aquele que se levou

Sempre que desfrutar de um dia de praia, quer sozinho ou em família, leve sempre o lixo consigo e coloque-o nos respetivos contentores de reciclagem.

Adicionalmente, se cada pessoa levar da praia mais lixo do que aquele que se produziu é dar um contributo importante para a conservação do meio ambiente.

Se conseguirmos inspirar os outros a fazer o mesmo, conseguimos um efeito em cadeia muito positivo.

3. Fazer escolhas conscientes

A maior parte do plástico produzido e consumido, acaba no mar. Por isso, evite ao máximo o consumo de plástico, principalmente o de uso único e certifique-se de que o coloca num contentor de reciclagem.

Existem vários produtos que podem ser substituídos por materiais sustentáveis, como trocar os sacos de plástico e a pelicula aderente para embalar os snacks, por sacos de pano reutilizáveis.

A limpeza costeira começa, na verdade, na nossa casa!

4. Apoiar uma organização ou projeto que defenda os oceanos

A sociedade está cada vez mais atenta e une-se para agir em prol da defesa dos oceanos. Reverter as estatísticas está ao alcance de todos mas ganha mais poder quando é feita de forma organizada. Apoiar uma organização ou um projeto que defenda os oceanos é uma forma de sentir que está a contribuir ativamente para esta causa. Poderá fazê-lo não só com doações, mas inscrevendo-se como voluntário.

Quando todos nos unimos em prol de uma causa não só fazemos a diferença como nos tornamos na diferença”. Garrett McNamara assume a sua preocupação com a poluição dos oceanos e a limpeza costeira, tendo já lançado uma campanha em nome próprio para a eliminação do plástico de uso único. Para McNamara é preciso agir agora para assegurar um futuro digno para todas as crianças.

mcnamara limpar oceanos

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<