Família > Passear > Sitios a visitar

Parque Natural do Vale do Guadiana: um sítio com aventura e muito sossego

Praia Fluvial Tapada Grande

Já ouviram falar no Parque Natural do Vale do Guadiana? Localizado no Baixo Alentejo, merece uma visita da vossa família!

O Parque Natural do Vale do Guadiana estende-se por cerca de 70.000 hectares, abrangendo parte dos concelhos de Mértola e Serpa.

Trata-se de uma área protegida com uma imensa biodiversidade, além de muitos sítios giros a visitar!

Uma das maiores atrações do parque são as quedas de água do Pulo do Lobo. A Mina de São Domingos e o Pomarão são locais que também vale a pena visitar.

Mapa do Parque Natural do Vale do Guadiana

Mapa do Parque Natural Vale da Guadiana

O que visitar no Parque Natural do Vale do Guadiana

Pulo do Lobo

Cascata Pulo do Lobo

Fotografia: Visit Mertola

A maior queda de água do sul de Portugal, a cascata Pulo do Lobo fica situada no rio Guadiana, a montante de Mértola.

As águas caem de mais de 20 metros de altura e desembocam num lago entre as rochas. Diz a lenda que, devido às suas margens tão apertadas, até um lobo as conseguiria transpor de um só salto. Será?

O certo é que a paisagem é mesmo fantástica! Não deixem de passar por lá para admirar este espetáculo da natureza. Lembrem-se apenas de redobrar os cuidados com as crianças, já que o terreno apresenta muitas irregularidades.

Por falar nisso, avisamos que o acesso mais fácil à cascata é por poente, existindo inclusive uma estrutura para melhor observar a queda de água.

Mina de São Domingos

Mina de São Domingos

Há muito, muito tempo (em 1858), a empresa inglesa Mason & Barry iniciou a exploração da Mina de São Domingos. Até 1965 a mina foi explorada e foram retirados das profundezas da terra cerca de 25 Mt de minério.

Esta mina foi mesmo a maior exploração mineira portuguesa até à década de 1930, chegando a empregar diariamente cerca de 1300 trabalhadores.

Atualmente, a Mina de São Domingos é um cenário que promete colocar a imaginação dos miúdos a funcionar.

É possível reviver a memória de outros tempos enquanto se caminha no complexo, onde pode observar-se uma linha férrea desativada, restos de maquinaria e  o cais do minério. Uma experiência e tanto!

Porto do Pomarão

Pomarão

Fotografia: Rotas Turísticas

Pomarão é uma pequena aldeia alentejana situada no concelho de Mértola. Esta antiga terra de pescadores de rio começou a ganhar importância em 1859, ao servir de porto de escoamento do minério extraído das Minas de São Domingos, tudo graças a uma das primeiras linhas ferroviárias do país (1862).

No Pomarão foi construído um aldeamento e foram levantados dois cais para barcas, tipo fragatas, para onde era carregado o minério, transportado depois para Alemanha, Inglaterra e outros países.

Hoje, é um elemento único da arqueologia industrial, possuindo ainda vestígios do cais e das antigas instalações mineiras.

Praia Fluvial da Tapada Grande

Praia Fluvial Tapada Grande

Fotografia: Praias Fluviais.pt

A Praia Fluvial da Tapada Grande é uma zona de lazer muito agradável e que de certeza será bem apreciada pelas vossas abobrinhas, especialmente no verão alentejano!

As águas tranquilas são perfeitas para um banho refrescante e o local conta com uma boa infra estrutura de apoio para famílias.

Por lá, é possível encontrar um bar/restaurante, o parque de estacionamento é gratuito e existem vários WC. Para o vosso conforto e diversão, a praia conta ainda com guarda-sóis de uso gratuito, canoas para aluguer, zona de piquenique e parque infantil. Perfeito, não acham?

Fauna e Flora do Parque Natural do Vale do Guadiana

A flora da área do Parque Natural do Vale do Guadiana é bastante rica em plantas aromáticas e medicinais, como o rosmaninho, alecrim, erva-ursa e poejo. Imaginem o cheiro, tão bom!

Alecrim

Olhos para cima, pois a avifauna é um dos grupos mais visíveis do Parque. As aves de presa criam ninhos nas escarpas que ladeiam os cursos de água, como é o caso da águia de Bonelli , da águia-real e do bufo-real, a maior espécie de mochos na Europa.

Neste Parque também podemos encontrar a cegonha-preta, que é um bocadinho mais discreta do que a sua parente branca, e que procura sempre as zonas menos perturbadas para criar. Pode ser que tenham a sorte de a ver!

Bufo Real

Fotografia: Aves de Portugal

Também lhe pode interessar

– Parques Naturais em Portugal: quais são e o que neles visitar?

– O que fazer no Alentejo com Crianças

– Quais os melhores sítios a visitar com crianças e em família? Nós dizemos!

– Férias em Portugal: roteiros de norte a sul do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *