Tem um adolescente em casa? Não tema! 7 dicas para melhor lidar com os jovens - Pumpkin.pt

Tem um adolescente em casa? Não tema! 7 dicas para melhor lidar com os jovens

Tem um adolescente em casa? Não tema! 7 dicas para melhor lidar com os jovens

Há quem se refira à adolescência como a “aborrescência”, uma analogia à palavra aborrecimento e aos problemas que estão normalmente associados a esta fase do desenvolvimento. É um período muito complicado para os pais e para os jovens, mas não é impossível passar por ele sem grandes tormentas. Trazemos 7 dicas Pumpkin para melhor lidarmos com os nossos jovens (e as nossas dúvidas) nesta transição entre a infância e a vida adulta. 

 

Ouvir mais do que falar. Temos dois ouvidos e apenas uma boca – a anatomia não brinca; isto acontece por algum motivo. Os nossos adolescentes ficam rapidamente desmotivados com “lições de moral” ou julgamentos.

Empatia. O entendimento é mais provável quando nos colocamos no lugar dos outros. Mesmo que algumas coisas lhe pareçam ilógicas, não negue aquilo que os seus filhos dizem sentir. Já todos tivemos paixões absurdas e quisemos colar posters nas paredes…

Disponibilidade. Esteja disponível, mesmo se lhe for inconveniente. É muito pouco provável que o adolescente se sinta à vontade para falar a meio de um jantar de família, mas talvez o procure quando já todos estiverem a dormir.

Respeito. Dada a irritabilidade dos adolescentes, é inevitável que existam alguns conflitos. No entanto, estas discussões não têm que afetar a sua relação com o seu filho. Controle o seu tom de voz e a linguagem não verbal. Se o adolescente se sentir respeitado, será também mais respeitador das naturais diferenças de entendimento.

Novas experiências. Permita aos seus filhos descobrirem novos interesses, mas dê-lhe espaço para fazer as próprias escolhas. Ao mesmo tempo, é importante demonstrar-se aberto a novas coisas também. Sempre quis fazer yoga? É agora ou nunca! O exemplo é a melhor forma de mostrar aos nossos adolescentes as infinitas possibilidades de auto-descoberta.

Talentos naturais. É nesta fase de desenvolvimento que a maior parte das pessoas começa a desenvolver traços de personalidade e a descobrir apetência para determinadas actividades. Ajude o seu filho a descobrir quais os seus dons: adora escrever? Escolhem-no sempre em primeiro lugar para a equipa de futebol? Elogie. É muito importante.

Responsabilidade. Dê aos jovens aí de casa a oportunidade de assumir responsabilidades diárias. Vão sentir-se respeitados (ainda que protestem ligeiramente).

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *