Saiba quais são as reais contraindicações das vacinas

Saiba quais são as reais contraindicações das vacinas

Quais são as contraindicações da vacinação?

Há perigos na toma de vacinas?

Conheçam as falsas contraindicações e as reais contraindicações das vacinas com o  Dr. Armando Fernandes – especialista em Pediatria do Desenvolvimento no Centro Pediátrico de Telheiras .

Falsas contraindicações às vacinas: 

1. Doenças benignas, tais como infeções das vias respiratórias superiores ou diarreias, com temperatura inferior a 38,5ºC;

2. Alergia, asma ou outras manifestações atípicas, febre dos fenos ou rinites alérgicas;

3. Antecedentes familiares de convulsões;

4. Tratamento com antibióticos, incluindo no decurso da terapêutica*;

5. Terapêutica com doses baixas de corticosteroides ou esteroides tópicos ou por via inalatória;

6. Dermatoses, eczemas ou infeções cutâneas localizadas;

7. Doenças crónicas cardíacas, pulmonares, renais ou hepáticas;

8. Doenças neurológicas não evolutivas, tais como paralisia cerebral e trissomia 21;

9. História de icterícia neonatal;

10. Prematuridade, baixo peso de nascimento para a idade de gestação;

11. Malnutrição;

12. Aleitamento materno;

13. Gravidez na mãe ou em pessoas com contacto próximo;

14. História anterior de tosse convulsa, sarampo, parotidite, ou rubéola;

15. Período de incubação de doenças.

Contraindicações às vacinas:

A estabelecer pelo pediatra:

1. Febre superior a 39,5 ºC nas 48 horas após administração da vacina;

2. Choro inconsolável ou irritabilidade de 4 horas a 48 horas após administração da vacina;

3. Ocorrência de convulsões nas 72 horas após administração da vacina;

4. Disfonia;

5. Pieira.

Notas:

No mesmo dia podem ser administradas todas as vacinas (apesar de algumas vacinas terem de ser administradas em locais diferentes).

Se as vacinas não forem administradas no mesmo dia, então sim, terão que ser respeitados intervalos de tempo variáveis de acordo com as vacinas específicas para a administração das vacinas subsequentes.

Quando existem efeitos secundários significativos com a DTP (locais e febre), pode pedir-se a substituição da DTP pela DTPa (acelular) que tem menos efeitos secundários. Contudo, as contraindicações verdadeiras para a DTP também o são para a DTPa.

As vacinas após serem compradas, devem ser administradas logo que possível. Caso contrário, devem ser conservadas preferencialmente nas prateleiras do meio do frigorífico (e não na porta do frigorífico!).

NÃO ESQUEÇA, A VACINAÇÃO É UM ATO DE AMOR E DE CIDADANIA!

Em caso de dúvida, ligue para a SAÚDE 24 (808 24 24 00) ou contacte o Pediatra dos seus filhos.

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *