Família > Passear > Sitios a visitar

Praia Fluvial de Monsaraz: O Oásis Alentejano

praia fluvial de monsaraz - capa

Foto: Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

À beira do Rio Guadiana, poderá encontrar uma paisagem tipicamente alentejana, mas com um bónus: com uma praia fluvial para se refrescar.

Em pleno Alentejo e junto ao rio Guadiana, poderá encontrar a Praia Fluvial de Monsaraz. Um local recente, tranquilo e com infraestruturas que garantem que todos são bem tratados e que têm bons acessos – e, de facto, têm.

Portanto, se se encontra pelo interior alentejano, não há razão para não dar um pulinho até ao Município de Monsaraz e passar o dia a banhar-se no Guadiana, enquanto contempla uma paisagem tipicamente alentejana. Saiba tudo sobre esta praia no artigo!

Praia Fluvial de Monsaraz

Onde é?

praia fluvial de monsaraz - paisagem
Foto: Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

​​​​​​​​​​​Situada no Centro Náutico de Monsaraz, no interior do Alentejo, a Praia Fluvial de Monsaraz foi considerada uma praia bem protegida, segura e com as infraestruturas necessárias para os banhistas que a visitam – fatores que levaram a que hoje pudesse hastear a Bandeira Azul e que fosse detentora do galardão de Praia Mais Acessível.

Infraestruturas

A aproximadamente 120 metros da entrada da praia tem um parque de estacionamento com cerca de 450 lugares, no qual existem lugares reservados para pessoas com deficiências motoras e lugares para pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada (grávidas, idosos e bebés). É ainda importante ressalvar que estes lugares (condicionados) estão a uma menor distância da entrada (entre 5 a 20 metros, dependendo da condição da pessoa), comparativamente com os ditos normais – que estão a 120 metros.

Ainda no que toca ao acesso à praia, existem diversos percursos pedonais interligados que se prolongam até muito próximo da água, com o objetivo de proporcionar a todos os banhistas uma fácil e livre circulação entre os seus diversos espaços.

Com espaços próprios para degustar a sua refeição, dentro do recinto da praia dispõe ainda de cafés e bares de praia, com serviço de esplanada para que possa aproveitar o seu tempo ao máximo.

praia fluvial de monsaraz - infraestruturas
Foto: Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Para que nada corra mal, a praia fluvial de Monsaraz – constituída por zonas de desporto (como se pode ver na imagem) e duas plataformas flutuantes para os mais pequenos – é vigiada por três nadadores salvadores durante a época balnear entre as 9h e as 19h e tem ainda um posto de prestação de primeiros socorros.

Com a preocupação de assistir igualmente a todos, tem ainda um serviço de apoio para os banhistas com mobilidade reduzida, na qual pode encontrar uma cadeira de rodas anfíbia flutuante, um andarilho anfíbio e três canadianas anfíbias.

Mas calma se vir que está cheio de areia e estiver já de olhos arregalados a ver onde pode ir para lavar os pés ou o corpo. Pode sempre tomar um duche ou simplesmente lavar os pés (num lava-pés) para se sentir mais confortável.

A praia fluvial alentejana está aberta ao público de segunda a domingo, entre as 9h e as 19h, durante a época balnear – ou seja, de junho a setembro.

Atividades

Durante os meses de verão (de junho a final de setembro), a Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz promove e divulga várias atividades na praia fluvial da região, com o objetivo de incentivar os pequenos, jovens e adultos a estarem mais atentos à importância da preservação da natureza, mantendo o espaço limpo e higiénico.

No próximo dia 5 e 9 de agosto irá ter lugar, na praia fluvial de Monsaraz, uma sessão de Yoga; no dia 12 de setembro, uma atividade intitulada de “Plantação para todos” e, dia 20 de setembro, “Os Suspeitos do Costume”.

Informe-se e, se tiver pela zona, porque não participar?

praia fluvial de monsaraz - observacao-de-aves
Foto: Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Pode ainda, na região, fazer atividades que não sao realizadas na praia, mas lá perto, como:

  • Observação de aves (no Lago do Alqueva);
  • Atividades náutica (passeios de barco, Caiaque, remo, canoagem, stand up paddle) e atividades de turismo da natureza (observação da fauna e da flora, 0bservação de aves, BTT), entre outras.

Atenção: estas atividades são realizadas por entidades privadas, pelo que têm um custo associado.

Como chegar?

Para chegar a esta zona balnear do Alqueva basta ir em direção a Monsaraz e depois seguir as placas do clube Náutico/Praia Fluvial e a uns 5 km está no oásis do Alentejo.

Para quem vem de Lisboa são cerca de 2h e 15 min pelas estradas nacionais. Se for pela Autoestrada A6 e sair em Beja poupa tempo, mas gasta mais dinheiro nas portagens.

O que fazer por perto?

praia fluvial de monsaraz- sitios a visitar (casa do cante)
Foto: Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Se quiser aproveitar as horas de maior calor para ir conhecer um pouco da região, saiba o que não deve mesmo deixar de visitar:

  • A Casa do Barro, na Olaria de São Pedro do Corval, é uma referência do Concelho de Reguengos de Monsaraz que, para além de representar um elemento da sua identidade e especificidade, constituindo-se numa mais-valia local.
  • A Fábrica Alentejana de Lanifícios – Mizette Nielsen, onde, através de uma visita guiada, pode observar como se realiza todo o processo de tecelagem e de feitura das mantas tradicionais de Reguengos. O Centro Interpretativo da Olaria visa promover a olaria de São Pedro do Corval, assegurando que esta parte da cultura, história e identidade no concelho não fica esquecida. Além disso, tem ainda o propósito de divulgar e promover as suas gentes e tradições, proporcionando a todos os visitantes uma tarde de conhecimento e aprendizagem sobre a olaria e o barro.
  • A Casa da Inquisição – Centro Interativo da História Judaica, cujo edifício é, segundo testemunhos de locais, a Casa da Inquisição, onde foram torturados centenas de judeus na época histórica da inquisição.
  • A Casa do Cante (canto tradicional alentejano, porque, afinal, estamos no Alentejo, ou não?), no qual se pode ouvir, através das vozes dos homens do campo, a história do seu povo e do Alentejo. No Alentejo, a história da região e das suas gentes é apregoada pelas ruas num convívio e tradição que subsistiu até aos nossos dias. O cante alentejano, considerado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da  Humanidade, tem vários grupos e é cantado em diversas regiões do Alentejo, sendo que em Reguengos de Monsaraz, é o Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz que dá vida a esta tradição, na qual até os visitantes podem participar.

 

Se, por outro lado, quiser fazer um percurso mais longo pela região, leia o artigo “O que fazer no Alentejo com crianças.

Caso esteja a pensar ficar uma temporada pelo Alentejo, veja ainda o Turismo Rural no Alentejopara que possa ter uma ideia de onde se alojar.

 

Conheça outras praias fluviais no sul do país no artigo “Praias Fluviais do Alentejo: planícies alentejanas nos aguardem!“.

O Alentejo é uma zona imperdível, onde a história portuguesa e as paisagens estão de mãos dadas com a natureza!

Vão visitar o nosso lindo Alentejo e não sabem onde ficar? Não esperem mais e espreitem as nossas sugestões de Turismo Rural no Alentejo!

Em agosto, pleno verão, queremos é sopas e descanso! E que tal ir descansar ali às praias fluviais do alentejo?

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *