Família > Passear > Dicas de viagem

Dicas de poupança para as férias em família

poupanças férias

Desfrute com moderação!

Em época de férias escolares, os seus filhos (e até mesmo vocês enquanto pais) estão desertos de uns bons momentos de grande descanso em família. Recarregar baterias e apanhar uns ótimos banhos de sol é o que se idealiza e se aguarda ansiosamente durante o período em que ainda se está a trabalhar.

É normal que possa optar por fazer férias cá dentro ou até mesmo fora do país. No entanto, caso opte por se deslocar até ao estrangeiro, deve ter em conta uma série de gastos que poderá evitar e tê-los sim, por exemplo, em atividades lúdicas em família.

Tenha os seguintes cuidados em conta:

Seguro de viagem – contrate o seu!

Se viajar dentro da União Europeia em família o seguro de viagem pode vir a ser-lhe bastante útil por uma série de razões, nomeadamente se pensar que pode o seu voo sofrer atrasos ou perder a sua bagagem no meio das escalas que venha a fazer, e ao subscrever a um seguro está coberto para esse tipo de eventualidades. Existem vários cartões de crédito, pode vê-los aqui, que oferecem esse seguro de viagens e alguns até oferecem seguros para compras… e o melhor de tudo isto é que alguns não tem qualquer anuidade.

Se já não for a tempo de adquirir um cartão de crédito (com oferta de seguros de viagem) ou um seguro de viagem, tente tratar do Cartão de Saúde Europeu de Doença, que poderá solicitar na Segurança Social. É totalmente gratuito e confere cuidados especiais de saúde a todos os titulares.

Pagamentos no estrangeiro: qual a melhor opção?

Por norma, a sua precaução é a de evitar andar com muito dinheiro na carteira. No caso de querer ter sempre algum extra consigo, opte por guardá-lo em vários zonas do seu corpo que não estejam expostas a “mãos alheias”.

Alguns países fora da União Europeia podem cobrar-lhe algumas taxas se levantar dinheiro no país de destino com os seus cartões. As comissões a pagar aos bancos desses levantamentos não são baixas. De modo que o melhor (e o aconselhável) é ou pagar com cartão de crédito nas superfícies comerciais ou então levantar dinheiro numa ATM. Por exemplo, se fizer um pagamento de 150 euros com o seu cartão de crédito poderá pagar no total 154 euros, devido às ditas taxas.

Se por outro lado optar por levantar com o seu cartão de débito, poderá pagar até 159 euros, enquanto que um levantamento a crédito poderá ascender aos 164 euros.

Verifique se o seu seguro automóvel é válido no estrangeiro

Se optar por fazer uma daquelas road-trips com saco-cama, tendas e todo o espirito aventureiro em família, verifique antes de partir (e convém ser com alguma antecedência) se tem a sua Carta Verde válida para fazer a viagem que pretende, sem incorrer sob algum tipo de multa. E o seu seguro automóvel convém ser válido para os países por onde pretende passar (e tem de ser os mesmos que constam na Carta Verde).

Os cuidados e alertas gerais foram dados. Agora deve-se focar apenas em ter umas umas boas férias, brincar e estar tempo útil com os seus filhos e não perder pitada da vida deles.

Divirta-se mas não estoire todo o seu dinheiro, seja responsável, viva com moderação!

Este conteúdo foi produzido pelo portal Compara Já.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.