Ferramentas para ajudar a combater o bullying: livros, jogos e muito mais! - Pumpkin.pt

Ferramentas para ajudar a combater o bullying: livros, jogos e muito mais!

Descobrir como lidar com o bullying nem sempre é fácil, mas uma das formas mais pedagógicas e interessantes é a de utilizar, no processo, ferramentas de cultura e aprendizagem que vão ajudar as crianças a melhor entender e aceitar os ataques que sofreram.

Na verdade muitos destes livros, filmes, jogos e iniciativas podem ter um carácter preventivo e de conscientização, já que mostram às abobrinhas o impacto que podem ter os efeitos do bullying e exploram as fundações erradas em que se baseia esta violência.

É muito importante que as crianças percebam que é urgente reagir, mesmo quando o bullying não os afeta diretamente. Também é fundamental fazer as crianças que passaram por um mau momento entenderem que não são os únicos e que a culpa não lhes deve pesar.

Espreitem estas ferramentas de ajuda no combate ao bullying e, se conhecerem mais, deixem-nas como sugestão.

Jogos sobre Bullying

Bullying: Um dia na escola

bullying jogo

O jogo pedagógico de tabuleiro “Bullying: Um dia na escola” foi desenvolvido pela editoraIdeias com Históriaem conjunto com o CADIn – Neurodesenvolvimento e Inclusão.

O jogo apresenta-se como uma ferramenta para a sensibilização desta questão, ajudando, de forma lúdica, as crianças a compreenderem e identificarem as situações de bullying mais frequentes e a desenvolverem competências socioemocionais essenciais para aprenderem a lidar melhor com as mesmas.

A par da componente lúdica, o jogo foi concebido por técnicos do CADIn em constante dialética com os jovens, com o objetivo de servir de instrumento pedagógico na abordagem ao bullying. Pode ser jogado em equipas e por jogadores a partir dos 7 anos.

O jogo está centrado em cinco áreas:

  • Assertividade;
  • Controlo de impulsos;
  • Promoção da empatia;
  • Identificação do bullying;
  • Resolução de problemas.

Exemplos de questões do jogo:– Como te sentes quando vês alguém da tua turma que nunca tem ninguém para brincar?

– Porque é importante dizer «não»?

– O que costumas fazer quando ficas realmente zangado?

– Já ouviste falar de empatia?

– O que será que sente a vítima ao sofrer de bullying?

– Achas que na tua escola as pessoas com diferenças são bem aceites? Dá exemplos.

– Que tipos de bullying conheces?

Conheçam também outros jogos pedagógicos para a cidadania.

A Brincar e a Rir o Bullying Vamos Prevenir

a brincar e a rir o bullying vamos prevenir

“A Brincar e a Rir o Bullying Vamos Prevenir” é um jogo didático direcionado para a prevenção primária do bullying na escola.

É composto por um kit que integra um jogo de tabuleiro e um jogo digital com mais quatro jogos.

O jogo de tabuleiro é composto por 40 casas que as crianças terão de percorrer até chegarem ao chamado Parque da Prevenção do Bullying Escolar. No total é composto por 52 cartões, 30 com perguntas alusivas à temática do bullying, 11 com mensagens que incluem palavras e desenhos alusivos à problemática e 14 com as denominadas «pegadas verdes da prevenção».

O jogo digital pode ser instalado em computador ou tablet e mostra o Parque da Prevenção, que automaticamente direciona as crianças para um parque infantil, com uma série de baloiços. Quatro destes baloiços são compostos por jogos relacionados com o bullying escolar:

  • Jogo das palavras;
  • Jogo de memória;
  • Jogo das perguntas;
  • Jogo do desenho.

Podem encontrar mais informações e fazer a encomenda no site do A Brincar e a Rir o Bullying Vamos Prevenir.

Filmes sobre Bullying para ver com crianças

Desculpa!

Desculpa! bullying

Jochem é vítima de bullying pelos seus colegas de escola. O seu colega David evita participar nos ataques a Jochem, mas também não tem coragem de denunciar a situação. Uma manhã, o diretor da escola conta à turma que Jochem não voltou para casa depois de uma festa. David sente‐se culpado e juntamente com outra colega vai à procura de Jochem para lhe dizer que está arrependido. Mas será que é tarde demais?

Infelizmente, a história do filme “Desculpa!”, que não verídica, é igual a tantas outras que acontecem efetivamente no dia a dia de muitas crianças, demasiado comuns para serem ignoradas.

O filme “Desculpa!” estreia a 17 de Outubro, no Cinema City Campo Pequeno, sendo o lançamento acompanhado por diversos debates abertos ao público. Recomendado para jovens a partir dos 12 anos, este filme é essencial e uma ferramenta muito útil para os pais.

O filme “Desculpa” também circulará por todo o país em sessões especialmente pensadas para as escolas, com especial foco nos alunos do 3º ciclo e do ensino secundário. Conheçam as condições para as escolas e levem este filme à vossa cidade.

Wonder

filme wonder encantador

O filme “Wonder – Encantador” é uma história marcante com uma mensagem de esperança sobre a aceitação da diferença, com  Julia Roberts e Owen Wilson nos principais papeis. Para crianças a partir dos 12 anos, pais e avós, transmite uma mensagem muito importante sobre bullying e auto-aceitação.

Baseado no bestseller do New York Times, “Wonder – Encantador” conta a inspiradora e emocionante história de August Pullman, um menino que nasceu com uma deformidade facial e, por esse motivo, sempre foi muito protegido e isolado da escola e das crianças da sua idade.

Até ao dia em que Auggie se torna o mais improvável dos heróis ao entrar pela primeira vez, no 5º ano de escolaridade, numa escola pública… sentindo-se apavorado!

Assim como a sua família, os seus novos colegas de turma e toda a comunidade enfrentam a capacidade do poder da compaixão, da aceitação e da não-discriminação.

Nesta extraordinária jornada, Auggie vai tentar conseguir com que todos se unam pela mesma causa e provar que todas as crianças são únicas, especiais e nasceram com um dom encantador de se destacar, de amar e ser amados.

A sua força interior e a capacidade de mostrar a sua verdadeira essência vão fazer com que todos entendam que ele é apenas mais uma criança comum, e que a beleza não está na aparência.

Uma história enternecedora para toda a família que vai abrir os nossos olhos e corações e fazer de nós pessoas mais encantadoras!

O Segredo de Terabítia

o segredo de terabitia

Uma história de fantasia e aventura sobre a amizade e o poder da imaginação. Jess é um miúdo inadaptado, tanto na escola – sofre ataques e provocações constantes – como no seio da sua própria família, que passa por muitas dificuldades financeiras.

Jess treinou o Verão inteiro para ser o mais rápido da escola, e assim poder “afirmar-se”, mas vê o seu sonho destruído pela nova colega, Leslie, que entrou numa corrida supostamente “só para rapazes” e ganhou.

Apesar do irritante primeiro contacto, os dois jovens rapidamente se apercebem do muito que têm em comum e tornam-se os melhores amigos. Leslie adora contar histórias de magia e abre um novo mundo de imaginação a Jess. Juntos criarão o reino secreto de Terabitia, um lugar mágico em que só os dois podem entrar.

Inspirador, “O Segredo de Terabítia” mostra-nos que, às vezes, fugir daquilo e de quem nos magoa é mais fácil com um bocadinho de imaginação… e o apoio certo.

Produzido pela Disney, o filme é uma adaptação do livro com o mesmo nome de Katherine Paterson. O roteirista David Paterson é filho de Katherine e a história original é baseada em partes da sua infância.

Sete Minutos Depois da Meia Noite

sete minutos depois da meia noite

Para poder escapar aos problemas do dia-a-dia, Conor, de 12 anos, encontrou refúgio num mundo de fantasia. Nada na sua vida é simples: na escola, é maltratado pelos colegas; em casa, sofre com a doença da mãe e com a relação fria e distante que tem com a avó.

Apesar da dureza da realidade, à noite – exactamente sete minutos depois da meia-noite – o rapaz recebe a visita do bondoso “monstro-em-forma-de-árvore”. Entre os dois existe um trato: o monstro conta-lhe três histórias de encantar; em troca, Conor fala-lhe sobre si.

Noite após noite, verbalizando o que vive, pensa e sente, uma amizade muito peculiar vai crescendo entre ambos. E será ao lado deste ser tão especial que o rapaz encontrará a força e coragem necessárias para derrubar os seus medos e superar a raiva sempre contida dentro de si…

“Sete Minutos Depois da Meia Noite” é um filme sobre a dor e a capacidade de superação e vai inspirar todas as abobrinhas a enfrentar os seus problemas de frente.

As Vantagens de ser Invisível

as vantagens de ser invisível

“As Vantagens de ser Invisível” conta-nos a história de Charlie, um rapaz de 15 anos que entra na escola secundária ao mesmo tempo que se recupera de uma depressão. O seu melhor amigo suicidou-se com um tiro na cabeça e, na nova escola, o jovem sente-se perdido, cheio de ataques de ansiedade e invisível aos olhos de todos os outros.

Até que com a inesperada ajuda de dois colegas mais velhos, Patrick e Sam, Charlie começa a sua jornada de socialização, crescimento e recuperação, entrando num  “mundo à parte”: o dos populares. Tudo pode mudar de repente!

Este é um filme aconselhado a jovens a partir dos 14 anos e a sua história é inteligente, delicada, divertida e, muitas vezes, dura. Uma das frases mais inspiradoras do filme diz-nos que “aceitamos apenas o amor que achamos que merecemos” e passa uma mensagem muito forte sobre auto-aceitação e amor próprio.

Daisy Chain

O australiano Galvin Scott Davis percebeu que o seu filho Benjamin estava a sofrer bullying na escola e, para reconfortá-lo, decidiu procurar, nos muitos livros infantis que tinha pela casa, uma história de embalar apropriada para aquele momento mais infeliz da vida da criança. Como não encontrou, decidiu inventar uma.

“Daisy Chain” é um conto sobre Bree Buttercup, uma menina que é perseguida por outras crianças, que lhe tiram uma fotografia e a expõem em todas as árvores do parque. É o próprio Benjamin quem ajuda Bree a combater este ataque, usando uma corrente de margaridas – a sua flor favorita.

No espaço de três anos, esta história tão bonita tornou-se um dos livros interativos com o maior número de downloads na Austrália e foi transformada numa curta metragem com a narração de Kate Winslet, a eterna Rose de “Titanic”.

O filme é utilizado por grupos anti-bullying em escolas na Austrália, Estados Unidos e Reino Unido, e é lindo.

Também vos pode interessar:

– Saiba tudo sobre Bullying: Juntos podemos vencê-lo!

– Como prevenir bullying: 5 dicas para proteger as crianças

– Sinais de bullying: estar atento é importante!

– Bullying na escola: a forma mais comum

– Cyberbullying: o que é?

Livros sobre bullying para crianças

Girafritz Aprende uma Lição

Girafritz Aprende uma Lição

Girafritz Aprende uma Lição” aborda o tema do bullying de uma forma muito divertida e, ao mesmo tempo, com uma grande sensibilidade e proximidade àquilo que é o dia a dia das crianças no contexto familiar e escolar.

São muitas as gargalhadas que a história de Girafritz provoca aos mais pequenos, não deixando de passar uma mensagem importante, que, apesar de lúdica, é muito atual e educativa.

No final, são fornecidas pistas para reflexão e diálogo, dirigidas aos pais e outros educadores.

Para crianças entre os 3 e os 5 anos.

Eu, Pedro Palito

eu pedro palito

O primeiro volume da coleção “Grandes Amigos”, “Eu, Pedro Palito” conta a história de Pedro Brito (também conhecido por Palito).

Pedro é um rapaz de 11 anos que frequenta o 6. º ano numa escola atormentada pelas agressões constantes de um grupo temível a que ele chama Os Simonetos.

Magro e franzino, mas muito corajoso, não se deixa intimidar facilmente e vai usando a sua inteligência para enfrentar as situações mais complicadas e resolver os problemas que vão surgindo.

Felizmente, conta com a solidariedade dos seus melhores amigos, a Jô, o Jorge e a Ema, com quem descobre novas formas de olhar a vida e partilha muitos dos seus fracassos e vitórias.

Afinal, o respeito pelas diferenças e amizade vencem mesmo o bullying!

Para crianças entre os 6 e os 10 anos.

Bully

bully

Bully” é um livro para crianças, mas também para os pais e profissionais.

O livro destaca-se por ter uma componente prática muito útil e pela sua faceta de autoajuda que orienta as crianças a lidar com o problema através delas mesmas.

É ótimo para uma primeira abordagem ao problema e adequado a crianças entre os 6 e os 12 anos.

Iniciativas e Associações

Observatório Nacional do Bullying

Obervatório Nacional do Bullying

O Observatório Nacional do Bullying é uma iniciativa da Associação Plano i e tem como objetivo recolher informação sobre a ocorrência de situações de bullying em Portugal, em diversos contextos (presencialmente – no interior dos estabelecimentos de ensino e nas suas imediações -, e via online).

O Observatório materializa-se num questionário online, que deve ser preenchido por pessoas que são/foram vítimas de bullying, que são/foram testemunhas de bullying ou que tomaram conhecimento do mesmo. Os dados, que serão lançados anualmente, serão utilizados para o mapeamento e caracterização do fenómeno, bem como para o reforço da prevenção e do combate ao bullying.

Deixa o Bullying Só

deixa o bullying só

Especialmente direccionado aos alunos do 3.º ciclo de escolaridade, o projeto “Deixa o Bullying Só!” lançou um livro que inclui quatro histórias, retratadas em Banda Desenhada, que exploram a realidade do Bullying no contexto escolar, sob quatro diferentes perspectivas: a da vítima, a do agressor, a das testemunhas e a virutal.

O projeto inclui quatro hinos contra o bullying, desenvolvidos por João Só e inspirados nas histórias de BD que integram o livro.

O Centro de Apoio “Deixa o Bullying só!” é um serviço complementar ao projeto, executado em parceria com a Universidade do Minho, que visa ser, essencialmente, um contacto de ajuda para todos os intervenientes num comportamento agressor.

O Centro de Apoio recebe vítimas de bullying, agressores e testemunhas, garantindo o anonimato e confidencialidade dos dados pessoais de todos.

O projeto “Deixa o Bullying Só!” visita também escolas.

Associação Princesa Azul

Associação Princesa Azul

As crianças são o futuro, por isso a Associação Princesa Azul acredita que será através delas, promovendo e defendendo a sua saúde emocional, que teremos um mundo onde o amor e o respeito são os pilares.

Associação Princesa Azul pretende contribuir para o desenvolvimento integral da criança, através da defesa e promoção dos seus direitos, e ensinando-as a lidar com as diferenças.

A principal ferramenta de trabalho da associação, que quer combater o bullying, a exclusão, a discriminação e todos os sentimentos daí decorrentes, são os livros “A Princesa Azul e a Felicidade Escondida” e “O Livro das Emoções”.

Escolas de Empatia

logo-escolas-de-empatia

O Escolas de Empatia é um projeto que nasceu de uma adaptação do projeto Houses of Empathy, tendo como principal objetivo reduzir os elevados índices de violência entre pares no contexto escolar.

Este projeto é promovido pela Par em conjunto com a Associação de Pais da escola e está a ser implementado atualmente na Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim de Infância Teixeira de Pascoais, em Alvalade, tendo como público-alvo todas as crianças do 1º ciclo desta escola. O projeto piloto iniciou em setembro de 2018.

Ferramentas tecnológicas

Instagram

rethink

O Instagram implementou duas novas ferramentas para combater o assédio e o bullyingna plataforma, com o objetivo de transformar a plataforma num espaço seguro e inspirador em que os jovens se podem expressar sem medo.

O Rethink é um moderador de comentários que usa inteligência artificial para questionar os utilizadores sobre as suas próprias publicações ou comentários. Uma frase como “és tão estúpido” já não é publicada automaticamente. Antes, o Rethink vai perguntar: “Tens a certeza de que queres publicar isto?”.

Já o Restrict permite tornar contas hostilizadoras invisíveis ao resto da comunidade, sem que os utilizadores “restringidos” o percebam. Os seus comentários agressivos vão continuar a aparecer-lhe como publicados, mas não estarão públicos para os restantes seguidores, perdendo-se assim o impacto das suas palavras.

Também vos pode interessar:

– Vítima de bullying: como podemos ajudar?

– Como lidar com bullying?

– Qual os efeitos do bullying nas crianças?

– Descubram as ferramentas para ajudar a combater o bullying: livros, jogos e muito mais!

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *