Yoga e Maternidade: quais os benefícios? - Pumpkin.pt

Yoga e Maternidade: quais os benefícios?

yoga para grávidas

Como os 9 meses de gestação podem moldar a vida do seu bebé?

Partindo da sua experiência pessoal de três gestações, de educadora pré-natal e da vivência prática do yoga e o seu ensino por mais de 20 anos, Susana Lopes escreveu o livro Yoga e Maternidade, direcionado a mães, professores de yoga e profissionais que trabalhem com grávidas.

No seu trabalho diário Susana Lopes dá apoio às necessidades da mãe e do seu bebé através do seu curso educacional online Gravidez Sem Stress, e é membro associado da APPPAH (Associação de Psicologia e Saúde Pré-Natal e Perinatal). Susana Lopes vive atualmente na Noruega onde tem o seu estúdio de Yoga.

É sua missão apoiar a mulher grávida a sentir-se mais calma, confiante e ligada ao seu bebé, mesmo na sua vida activa, para que  possa realmente desfrutar da sua gravidez com mais alegria e felicidade. Por isso, ou para isso, fala-nos da importância da prática de Yoga durante a gravidez.


O bebé praticante do yoga dentro da barriga da mãe, é mais capaz de se desenvolver harmoniosamente, usufruindo do reforço do equilíbrio, serenidade, energia, pensamento e emoções positivas da mãe.

in Yoga e Maternidade by Susana Lopes

Nas últimas décadas são espantosas as descobertas sobre a complexidade da vida de um bebé ainda no útero materno, com um tempo tão curto de existência mas já com tanta consciência e sensibilidade. Estas investigações confirmam também a influência que os ambientes físicos, emocionais, mentais e energéticos têm sobre a mãe e o seu

bebé, podendo fazer a diferença em como ambos irão viver a sua vida durante a gravidez, o trabalho de parto e a sua predisposição para a vida após o parto.

Na conceção, os programas genéticos do ADN da mãe e do pai são transmitidos para a primeira célula do seu bebé. Mas a ciência revela que, durante a gravidez, esses programas podem ser ativados ou não, ou até mesmo modificados, de acordo com a qualidade das emoções e reações que a mãe vive, bem como a qualidade do meio ambiente que a envolve.

Quando a mulher está grávida, as suas experiências tornam-se informação que o seu bebé organiza tendo em vista o seu próprio desenvolvimento físico e psíquico, e essa informação fica registada em cada uma das suas células. O útero torna-se assim a primeira escola do seu bebé.

Agora entendemos que a responsabilidade de uma mãe vai muito para além do vínculo físico (o que deve comer, beber, não fumar, etc.) e estende-se para a qualidade do que sua mente experiência, os seus pensamentos, emoções, e a sua própria visão do mundo exterior.

Mães que vivenciam sentimentos de ansiedade, stress, frustração e depressão durante a gravidez têm uma maior tendência para a falta de conexão e vínculo com o seu bebé, influenciando a vida intra-uterina, o desenvolvimento do bebé, e até mesmo o trabalho de parto e pós-parto.

É por isso que é tão importante que a mãe esteja bem informada, aprenda os meios e tenha as ferramentas para harmonizar os seus sentimentos e pensamentos para o melhor começo de vida de seu bebé.

Beneficios da prática do yoga durante a gravidez

O yoga é uma das práticas disponíveis mais antigas e eficazes para melhorar a saúde, consciência e conexão do ser humano. A prática do yoga durante a gravidez:

  • Ajuda a ultrapassar de uma forma mais tranquila as alterações físicas, energéticas, hormonais e emocionais que a mulher sofre durante a gravidez;
  • Potencia a elasticidade e força muscular da futura mãe, agora que terá de carregar mais peso com o seu bebé em constante crescimento;
  • Serve de antídoto ao stress, tristeza e irritação, acalmando o sistema nervoso intimamente ligado à sobrevivência do seu bebé, através da meditação, mentalização positiva, exercícios respiratórios e de relaxamento, provocando um retorno à calma e tranquilidade durante e após a prática do yoga;
  • Atua sobre os órgãos, tecidos e glândulas, aparelho circulatório sanguíneo, linfático e imunológico,tonificando-os e optimizando as suas funcões, tendo em atenção que durante a gravidez a mulher possui mais sangue para purificar, e estes aparelhos estão a ser pressionados pela falta de espaço e actividade extra;
  • Ajuda a futura mãe a viver a sua gravidez com mais felicidade e confiança, aumentando a sua sensibilidade e diálogo interno com o seu bebé;
  • Ajuda na recuperação emocional e física pós-parto e continuação da ligação com o seu bebé.

Muito embora a prática do yoga não possa garantir um parto natural e rápido, a mulher grávida praticante do yoga tem mais consciência corporal, pode usufruir do treino dos exercícios respiratórios fazendo-os quase automaticamente, e relaxa mais fácil e rapidamente.

A grávida desenvolve também o seu emocional positivo e intuição, usufruindo de cada momento de uma forma mais lúcida, saudável e feliz.

O que esperar de uma aula de yoga para gravidas

Existem diferentes estilos de yoga e a mãe deve ter o cuidado em evitar práticas de yoga mais extenuantes, mesmo que esta não seja aprimeira vez que pratica yoga.

São treinados exercícios respiratórios de preparação para o parto, técnicas de relaxamento profundo para a mãe e bebé, posições de yoga especialmente adaptadas para as diferentes fases da gravidez, momentos de medição e tranquilidade que acalmam a habitual agitação diária da mente, e focam a mãe no seu emocional positivo e no seu bebé.

A mãe sente uma tranformação interior pois é estimulada a comunicação e ligação interna entre os dois.

No final de cada aula a grávida deve sentir-se revigorada, relaxada, mais conectada consigo própria, com o seu corpo e o seu bebé, e com uma sensação geral de bem-estar.

Orientações para a prática do yoga durante a gravidez

Se esta é a primeira vez que inicia a sua prática, lembre-se que está numa fase muito especial da sua vida e particularmente transformadora por isso redobre os seus cuidados, oiça o seu próprio corpo e o seu bebé,e não ignore qualquer sensação de desconforto ou tensão.

Cada expiração de alívio deve ser observada comoum sinal do seu organismo, mesmo se já estiver habituada praticar yoga.

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Ainda não tem votos)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *