Família > Lifestyle > Poupar

Como assegurar o futuro financeiro dos seus filhos?

educação financeira

Ensinar os mais pequenos a gerirem dinheiro e o conceito de poupança é meio caminho andado.

Quando nos tornamos pais, tornamo-nos muitas outras coisas também. Várias são as preocupações nos tomam o pensamento e questionamo-nos frequentemente sobre a forma como passamos determinado conhecimento ou valor. Algumas dessas preocupações passam por questões como: como incutir hábitos de poupança no nosso filho? Como passar a noção de valor? Como fazer uma poupança? Como assegurar o futuro dele?

Com a chegada da era digital, o mundo mudou. Os sistemas de trabalho e consequentes formas de remuneração também e, por consequência, a forma como as pessoas gerem as suas prioridades e as suas finanças. Assim, transmitir conceitos de poupança, geração de rendimentos e gestão de dinheiro é fundamental para a formação dos mais pequenos. Explicamos como, com a valiosa ajuda do Doutor Finanças.


A poupança 

Mesmo que ainda não conheçam o valor do dinheiro, peça aos mais pequenos a sua colaboração na elaboração da lista de compras, mostrando a importância de fazer a mesma previamente. 

Feita a lista, convide-os a irem às compras na sua companhia e, quando lhe pedirem para comprar algo, coloque-lhes a seguintes questões: 

  • está na lista que elaboraram antes de sair de casa? 
  • é algo que precisem impreterivelmente? 
  • é algo que serve para comer ou usar/brincar? 

Deixe-os efetuar o pagamento 

Permita que sejam também os mais pequenos a efetuar o pagamento na caixa e a receber o devido troco. Apercebendo-se, assim, de que recebem menos do que entregam. 

Incorpore esta dinâmica no seio familiar, de modo a tornar-se orgânico e que seja cada vez mais fácil lidar com pedidos sistemáticos, evitando birras e promovendo a compreensão da organização familiar.

A mesada ou semanada 

Outra sugestão passa pordefinir se pretende dar semanada ou mesada e se esta deve contemplar todas as necessidades da criança ao longo da semana ou apenas as referentes ao lazer.  

À parte da semanada/mesada, destine uma percentagem mensal para o mealheiro ou conta poupança. Existem várias soluções bancárias e não bancárias (como as seguradoras), sem custos de manutenção associados e taxas de juros agradáveis.

Se já não tiver folga para uma entrega mensal programada na conta bancária, e dependendo da idade dos seus filhos, permita que possam colocar as moedas que tem na carteira, por exemplo uma vez por semana, nos seus mealheiros. Quando estiverem cheios, deposite nas respetivas contas poupança.

A Educação Financeira 

Por fim, invista tanto na sua educação financeira como na dos seus filhos. Compreenda quea educação financeira passa muito pelo exemplo e que a responsabilidade de ensinar as crianças a gerir o dinheiro, é dos pais. Adotem novos hábitos de gestão do dinheiro em família, tanto nas tarefas diárias, como nas brincadeiras ou em jogos que ensinam os mais novos a gerir dinheiro, como monopólio. 

A literacia financeira de todos possibilitará tomar melhores decisões e assim gerir melhor o orçamento e património familiar. 

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *