Família > Crescer

Fada dos Dentes: já receberam esta visita mágica na vossa casa?

Fada dos dentes

Dentes de leite por moedinhas: venham descobrir mais sobre esta generosa fada!

Ela tem o poder de transformar uma situação que pode ser difícil para as crianças num momento mágico e especial… Sabem de quem estamos a falar? Da Fada dos Dentes, aquela que acalma o coração dos miúdos com dentinhos a abanar!

Basta deixar o dente caído embaixo da almofada que.. plim! A Fada vai lá e troca por uma moeda ou presente, em troca do dentinho que lhe é oferecido. Incrível!

Fada dos dentes

A perda dos primeiros dentes indica o crescimento das nossas abobrinhas (passa tão rápido!) e precisamos estar perto para apoiá-las nesta fase. Muitas crianças ficam angustiadas com a dor, o sangue e o desconforto físico que a queda dos dentes pode causar. Neste sentido, o suporte emocional dos pais e um toque de magia são fundamentais para que seja um período mais alegre e celebrado!

A forma como irão contar a história da Fada e até mesmo os detalhes sobre este ser mágico fica a critério de cada família. Poderão contar histórias a partir de livros ou juntos imaginarem como será esta fadinha. De que tamanho? Terá asinhas? Por que guarda os dentes? O mais interessante é deixar a imaginação das crianças voar longe…

Preparem um ritual só vosso e deixem assim que a criança associe só coisas boas a esta fase da perda dos dentinhos!

Fada dos Dentes

Como começou a tradição da Fada dos Dentes?

A origem da tradição da Fada dos Dentes foi ocidentalizada de várias histórias Vikings, que acreditaram que os  pais deveriam esconder os dentes caídos das bruxas, para que não fossem usados em feitiços.

Atualmente a história é contada de forma diferente, mas sua essência permanece, com ainda mais fantasia… O importante é alimentar a imaginação das crianças e confortá-las da melhor forma possível.

“A Fada” esqueceu-se de passar, e agora?

Pode acontecer a Fada estar tão tão aterefada e cansada (trabalho, ginásio, supermercado, jantar, sabem como é), que acaba a esquecer-se de passar na vossa casa.

Já ouvimos por aí muitas histórias de fadas esquecidas que não recolhem os dentes das almofadas das crianças. Se aí em casa acontecer algo parecido, não entrem em pânico!

  • Digam-lhes que naquela noite a fada teve muitos dentes para recolher e faltou-lhe tempo para passar na vossa casa. Ela provavelmente irá recompensar na próxima noite (quem sabe duas moedinhas?).
  • Expliquem que provavelmente foi porque os pais (ah, sempre eles!) esqueceram-se de deixar uma nesga da janela aberta para ela entrar. Não vai acontecer novamente, prometemos!
  • Improvisem! Deixem as moedas noutra parte da casa e montem um jogo estilo “caça ao tesouro”. Esta fada anda tão criativa…
  • Organizem-se para a próxima: colocar um relógio para despertar pode ser a melhor solução (não a mais agradável, sabemos…) para evitar os esquecimentos da fada.

O ritual da Fada dos Dentes em diferentes culturas

Sabiam que cada país tem uma tradição/ritual diferente para quando as crianças perdem os dentes? Espreitem:

África do Sul

Ao invés de colocarem o dente embaixo da almofada, na África do Sul o local escolhido é… os chinelos, em troca de alguma moeda.

Chile

Os dentes das crianças chilenas são transformados em prendas cheias de história e muito amor. As mães costumam guardar um por um e transformam os dentinhos caídos em pulseiras para as crianças.

Espanha

As crianças espanholas acreditam na história do “Raton Pérez”, um simpático ratinho que recolhe os dentes de leite que as crianças deixam debaixo das almofadas e, em troca, lhes dá pequenos presentes.

Itália

Em Itália, os miúdos acreditam tanto na Fada dos Dentes quanto no Rato dos Dentes, que é ajudante da fada. Por isso, elas deixam os seus dentes embaixo do travesseiro ou debaixo da perna de uma mesa (caso exista algum ratinho a passear pela cozinha à procura de restos de comida…).

França

Aqui temos também a lenda de um ratinho, dessa vez com o nome de La Bonne Petite Souris, que deixa chupa chupas ou doces em troca dos dentes deixados embaixo da almofada da criança.

Irlanda

A personagem folclórica Anna Bogle, uma miúda desobediente que estava a brincar na floresta quando, acidentalmente, perdeu o dente da frente, é quem inspira as crianças irlandesas. Acredita-se que, como na lenda, Anna deixa um pedaço de ouro em troca do dente perdido.

Japão

Vejam que diferente! As crianças japonesas atiram os dentes para o telhado da casa ou para o próprio chão, acreditando que desta forma outros dentes crescerão no lugar. E não ganham nenhuma recompensa material em troca!

Nepal

No Nepal, eles enterram o dente no jardim ou o disfarçam-no num bolo de lama, para evitar que algum pássaro o coma (se comer, não nasce um dente novo).

Turquia

Querem que o vosso filho seja professor? Basta enterrar o seu dentinho caído perto de uma escola. Preferem que seja médico? Sem problemas, é só enterrar o dente perto de um hospital. De acordo com a tradição da Turquia, os dentes de leite podem garantir a futura profissão das crianças.

A Fada dos Dentes existe mesmo? Quando contar a verdade?

Consoante a curiosidade e idade da vossa criança, os pais deverão escolher quando contar a verdade…

Lembramos que a magia é um elemento muito importante na vida da criança e, portanto, não há pressa! Provavelmente o que vai acontecer é a criança, aos poucos, ir descobrindo tudo sozinha.

Estejam disponíveis para responder as dúvidas, sempre com muito cuidado para não gerar nenhuma frustração antes da hora! Muitas famílias optam por partilhar a verdade desde o começo, o que é totalmente respeitável, só é fundamental alertar as crianças para não revelarem este segredinho para outras crianças.

Também lhe pode interessar:

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *