Família > Fazer com os miúdos > Ideias Criativas

A importância de desenhar

importância desenhar

Desenhar é dar asas à imaginação! É brincar com formas, cores, lápis e canetas. Saiba a importância de desenhar para o desenvolvimento das crianças neste texto da B de Brincar.

Quem já não viu a uma criança a mostrar com orgulho um desenho que fez? Quem não (re)descobriu o prazer que é pintar, criar algo no papel?

Desenhar é algo inato ao ser humano e está presente na nossa vida desde muito cedo. Não é preciso ir à escola para uma criança o começar e desejar fazer. Inclusive, escrever é, em si mesmo, desenhar.

As palavras escritas não são mais que sequências de desenhos aos quais se atribuiu um significado concreto. Há, aliás, especialistas que consideram que uma criança que desenha bastante terá menos dificuldades em aprender a escrever.

Mas as vantagens do desenho não se ficam por aí. De facto, ao desenhar, uma criança está a desenvolver inúmeras capacidades, começando pela imaginação. Ao fazê-lo está a recriar objectos, pessoas, ideias, todo um mundo real e/ou imaginário. Está a processar as suas emoções, os seus valores, as suas percepções do que a rodeia.

É também por isso atitudes de censura às suas opções de desenho devem ser evitadas (“Um gato cor-de-rosa? Isso não existe!” é um bom exemplo).

Aspectos relacionados com a motricidade, a destreza manual, a percepção visual, a coordenação, a comunicação e a organização do pensamento, entre outros, são amplamente desenvolvidos quando se desenha.

Por outro lado, o desenho é o tipo de actividade que tende a apresentar evolução à medida que é treinado, pelo que se apresenta como uma excelente ferramenta para a promoção da auto-estima.

Desenhar é também uma forma de conhecermos melhor as nossas crianças: os seus sentimentos, o que as alegra ou entristece, a forma como nos vêem, a maneira como interpretam o que apreendem, o seu estado de espírito,…

Deixe o material de desenho e pintura sempre perto das suas crianças. Aproveite e junte-se a elas. E não se limite ao papel como suporte para o desenho: um vidro embaciado, um pedaço de madeira, um quadro de giz, uma pedra, um tela imaginária,… tudo pode ser uma excelente base para desenvolver dotes artísticos.

Desenhar é, sobretudo, divertido!

Boas brincadeiras!

B de Brincar