Vai ser pai? Então este artigo é para si! - Pumpkin.pt

Vai ser pai? Então este artigo é para si!

pai-gravidez

Participar na gravidez deve acontecer de forma natural.

É muito mais fácil para a futura mamã entrar no espírito da gravidez e sentir a expectativa do grande momento – afinal, a mulher sente o corpo a mudar desde as primeiras semanas, mesmo quando a barriga é ainda pouco visível. Para o pai, acaba por ser mais complicado envolver-se nestes nove meses de espera. Veja as nossas dicas para conseguir estar mais presente e ajudar a sua companheira.

Consultas. Sempre que possível, acompanhe a futura mamã às consultas e exames de rotina. Vai sentir-se mais próximo, terá a oportunidade de esclarecer dúvidas e ouvir os conselhos dos profissionais de saúde. Sentirá que a chegada do bebé é um momento concreto que se aproxima. E quando ouvir os batimentos cardíacos ou aprender a distinguir as formas dos pezinhos do bebé no ecrã… é impossível ficar indiferente. É mesmo um bebé, e está ali!

Interaja com a barriga. Eles ouvem-nos mesmo! Experimente cantar para o bebé, ou converse simplesmente com ele. Fale-lhe do seu dia ou dos planos que faz para quando ele chegar. Conte-lhe aquilo de que mais gosta na mamã e diga-lhe que tem muita sorte. E, claro, acaricie a barriga para sentir os pontapés – é a sua forma de responder, muitas vezes, e será sem dúvida uma das suas novas sensações favoritas.

Compras. Participe! Acompanhe a sua companheira nos corredores das lojas e escolham em conjunto as primeiras roupinhas do bebé, bem como a decoração do quarto e o carinho. Vai conseguir projectar de forma muito mais concreta a chegada do bebé se sentir que tem um papel importante na preparação para esse momento. Se tiver jeitinho para as artes manuais, pode mesmo montar os móveis – com suor e muito amor!

Compreensão. Não se esqueça de que a sua mulher passa por um período de grandes alterações físicas e hormonais. Terá que ter mais paciência e ser ainda mais carinhoso – a futura mamã sentir-se-á feliz e em paz e essa sensação chegará até ao bebé, que continuará a desenvolver-se em plena saúde.

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *