Gravidez > Preparar a chegada

Atenção, futuros papás: 10 formas de demonstrar (ainda mais) amor à vossa grávida

futuros pais

Amor nunca é demais!

A gravidez é um momento de extrema felicidade e novas sensações, mas tem também uma carga emocional muito forte, não raras vezes esmagadora. As alterações físicas potenciam o cansaço e são um gatilho para diferentes e contraditórias emoções: é perfeitamente normal que a sua mulher esteja inexplicavelmente triste, irritadiça ou nervosa.

Para contornar os efeitos secundários destes longos e maravilhosos nove meses, reunimos uma lista de gestos que vão facilitar a vida à sua parceira e garantir-lhe uns pontos extra na carteira – é uma situação da qual beneficiam ambos!

1. Faça-lhe uma massagem

Amigos, as costas de uma grávida doem. E não é muito, e não é pouco, bastante, não é?

Não esperem que ela vos peça: ofereça-lhe uma massagem inesperada, com creme ou óleo. Não se preocupe se a técnica não for perfeita, ela vai adorar de qualquer das formas.

2. Vá ao supermercado

Três palavrinhas e ela é sua para sempre. Não, não estamos a falar de um “eu amo-te muito” (embora o deva dizer com regularidade). Se quer garantir que o seu casamento será eterno, experimente tirar-lhe suavemente a lista da mão e dizer “vou ao supermercado”. Bang! Mais eficaz do que a seta do cupido…

Fazer as compras da semana – da quinzena ou do mês mais ainda – é um trabalho cansativo que pode, e deve, retirar das obrigações da sua grávida de vez em quando. Ou sempre.

Outras combinações perfeitas com três palavras: “hoje cozinho eu” e “dobrei a roupa”.

3. Mime-a

futuros pais dicas

Não é preciso comprar-lhe diamantes – nada contra, há que sublinhar – para a fazer feliz. Um pote-surpresa de gelado de manteiga de amendoim para comerem juntos no sofá depois do jantar, ou encomendar a um estafeta o serviço de entrega de flores ou de comida no escritório dela darão conta do recado.

4. Planeeie uma BabyMoon

Eu e tu, tu e eu, nós os dois… sozinhos, numa escapadinha, antes da chegada do bebé (e antes de que a grávida se sinta demasiado desconfortável para viajar).

Soa bem, não é? Organize tudo para que possam usufruir de momentos românticos antes de a vossa vida mudar para sempre. Tem duas opções: pode planear tudo sozinho e surpreendê-la, ou apresentar várias opções à sua parceira (já com preços e ideias de planos a fazer) e deixá-la escolher.

5. Cancele planos

Não com ela, atenção. É capaz de lhe correr mal.

Diga “não” a um convite e passe um serão agradável com a sua mulher. Não só lhe demonstra a sua vontade de estar perto como lhe reforça uma verdade óbvia que, por vezes, tendemos a esquecer-nos: não é justo submetermo-nos, por obrigação, a planos que não nos interessam – podemos e devemos recusar uma proposta se não tivermos vontade de a aceitar, mais ainda durante a gravidez, quando o desconforto se começa a instalar.

6. Toque-a

Sim, é isso mesmo.

Vamos contar-vos um segredo: a maioria das mulheres, quando grávida, não se sente bonita ou atraente.

Mostre à sua o quão errada é essa ideia e deixe claro que é louco por ela. Toque-a, abrace-a, mime-a, beije-a e diga-lhe que é linda. E entenda-a se, ainda assim, ela se sentir inibida. A gravidez provoca alterações no desejo sexual da mulher.

7. Vá às consultas

ecografias pais

Se tiver essa disponibilidade, não hesite em acompanhar a sua mulher às consultas e exames médicos. E às ecografias!

Estar presente vai transmitir à sua mulher a certeza de que ela não está a lidar com tudo sozinha e reforça os vossos laços enquanto equipa, pais e casal. Além do mais, vai poder ouvir o coração do seu bebé bater e descobrir o motivo de todas as alterações físicas e emocionais que acontecem na gravidez: acredite, é fascinante!

8. Aperte-lhe os atacadores

E/ou ajude-a a calçar-se. Não estamos a brincar.

Talvez entenda a sensação se ostentar orgulhoso uma barriga de cerveja “daquelas”, mas, se não, vá por nós: a partir de certa altura, baixar-se e chegar aos pés é, para a grávida, uma missão digna de chamar o Tom Cruise.

Impossível.

9. Faça-lhe uma pedicure

Este artigo está a tornar-se interessante para aqueles que têm fetiche com pés. Adiante.

Obviamente não estamos a contar que seja capaz de lhe fazer uma pedicure nível esteticista. Também não é preciso. Se quer deixar a sua mulher a sentir-se bonita, ofereça-se para lhe pintar as unhas dos pés. Lá está a tal coisa: não podendo chamar o Tom Cruise, chama-se o marido.

10. Transmita-lhe pensamentos positivos

futuros pais amor

Esta é óbvia, mas vamos dá-la de graça ainda assim. As dúvidas, principalmente nas mães de primeira viagem, podem ser avassaladoras. Existe na grávida o medo, a ansiedade e, não raras vezes, a sensação de que jamais será capaz de ser uma boa mãe. Diga-lhe, todos os dias, a certeza de que vão, juntos, superar todos os desafios e dificuldades de estar a gerar e a fazer crescer um mini ser humano. Garanta-lhe a sua ajuda, presença e confiança nela.

E diga-lhe que o bebé vai ter a cara dela. Talvez se o disser muitas vezes as energias confluam para que a transmissão de genes ocorra da forma esperada. É que carregar um bebé durante nove meses e depois ver nele uma fotocópia do pai é, sei lá, no mínimo frustrante. E injusto.

Estamos a brincar.

Ou não…

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *