Gravidez > Preparar a chegada > Lista de compras

Como escolher o carrinho de bebé?

carrinho de bebé

Com a chegada do novo bebé coloca-se a questão: como escolher o carrinho do bebé?

O ideal é seleccionar um carrinho que se adeqúe ao seu estilo de vida, o desafio é perceber que carrinho corresponde ao seu estilo de vida. Neste sentido, o Centro Pré e Pós Parto partilha connosco algumas ideias para tomarmos a melhor decisão.

Carrinho de bebé

Classificação de carrinhos:

1. Carrinhos modulares

Estes carrinhos podem, numa fase inicial, servir de transporte da alcofa ou uma cadeira auto grupo 0+ e, mais tarde (a partir dos 6 meses), utilizar o assento do carrinho do bebé.

  • Carrinhos citadinos/ cosmopolitas

Normalmente, são carrinhos com rodas pequenas e duras, estreitos e com menor suspensão. A maioria fecha-se de forma compacta e costumam ser mais leves (apesar de existirem exceções).

carrinho 1

  • Carrinhos mistos

Estes têm suspensão nas 4 rodas (ou nas 3 rodas, dependendo do modelo) para um maior conforto para o bebé. As rodas são um pouco maiores (podendo ter câmara-de-ar ou ser feitos em EVA) para conseguir utilizá-lo em terrenos mistos. Este tipo de carrinho tem por características ser um pouco mais largos e, consequentemente, ocupar mais espaço quando estão fechados.carrinho

  • Carrinhos rurais

Tipicamente grandes e com grandes rodas possuídas de câmaras de ar, estes carrinhos são a opção mais confortável para quem tem um estilo de vida mais desportivo e outdoor.

carrinhos

  • Carrinhos múltiplos ou evolutivos

São carrinhos pensados para mais do que um bebé e podem ser adaptados para gémeos ou trigémeos ou para irmãos com pouca diferença de idades. Dentro deste espectro, existem muitas e variadas opções que podem ser singulares ou múltiplas no mesmo carrinho.

carrinho

  • Carrinhos simples

Estes já são os carrinhos que os bebés utilizados a partir dos 6 meses. Nestes carrinhos não conseguimos encaixar outros módulos, como a cadeira auto grupo 0+ (ovinho) ou a alcofa. São normalmente carrinhos leves (5-10kg), com rodas pequenas, mais baratos e de fecho compacto (a maioria deles tipo bengala).

carrinho

Como já fomos demonstrando existe um tipo de carrinho adequado para cada tipo de estilo de vida e necessidade. O carrinho de um casal nosso amigo pode não ser o mais indicado para nós.

Como encontrar o melhor carrinho de bebé?

Para encontrar o melhor carrinho de bebé, existem algumas questões a que devemos procurar responder, como por exemplo:

  • Vamos utilizar o carrinho na porta-bagagens do nosso carro?

Se não vamos arrumar o carrinho no porta-bagagens do nosso automóvel, a dimensão do carrinho fechado pode tornar-se irrelevante e pode-se concentrar noutras características.

  • O porta-bagagens tem bastante espaço ou é limitado?

Normalmente, a maioria dos pais acha que tem um porta-bagagens razoável até ao dia que vê o espaço que ocupa um carrinho fechado. Há que ter em consideração as dimensões do carrinho fechado não só devido à rotina diária, mas também para as viagens em família.

smart

  • Dimensões do carrinho aberto e fechado

Nem todos os carrinhos têm o mesmo tamanho e, por vezes, os carrinhos mais confortáveis para o bebé são também aqueles que ocupam mais espaço quando estão abertos e fechados. Quando vê que o carrinho já é grande aberto, pode deparar-se com outros problemas para além de o colocar na porta-bagagens, como se deparar com dificuldade em passar por uma porta, entrar num elevador, passar nas caixas do supermercado, e até em passeios estreitos.

  • O peso do carrinho é sempre importante?

O peso do carrinho de bebé pode variar entre os 5 kg e os 25 kg. Quando não existe a necessidade de arrumar, todos os dias, o carrinho no porta-bagagens este pode ser um fator não tão importante. No entanto, se essa é uma realidade diária, é um dos fatores mais importantes a ter em conta.carrinho

  • A duração do carrinho (em termos de idade do bebé) pode ser um fator decisivo?

Nem todos os carrinhos são adequados para o mesmo peso. A maioria dos carrinhos são construídos a pensar em duas etapas do bebé: para utilizar até aos 15 kg (cerca de 3 anos), e acima dos 15 até aos 30 kg (entre os 2/3 até 6/7).

  • Temos um estilo de vida cosmopolita, rural ou misto?

O estilo de vida acaba por ser um dos fatores mais importantes para a seleção do carrinho de bebé. Se tiver um estilo de vida muito outdoor e tiver optado por um carrinho citadino, é natural que veja que não compensou a compra, uma vez que não vai conseguir andar nele em terrenos mais acidentados, o que implica força para empurrar. Se tivermos um estilo de vida muito citadino e optado por uma carro todo-o-terreno, é natural que nos cansemos do carrinho por se tornar numa opção pesada (em termos de manobra).

carrinho

  • A marca do carrinho tem representante no país onde vivemos para assegurar a reparação durante e após a garantia?

À semelhança dos nossos automóveis, os carrinhos de bebé também precisam normalmente de assistência ou revisão. Há peças que se perdem ou partem e não podemos correr o risco de ver o nosso investimento perdido por falta de serviço. É vital verificar que a marca do nosso carrinho tem representante em Portugal para assegurar o serviço pós-venda.

  • A estética do carrinho

Pode haver um carrinho que preencha todos os requisitos em termos de necessidades, mas que, apesar disso, seja uma opção inestética. É importante gostar do carrinho para rentabilizar o investimento a longo prazo.

carrinho

  • Para quantos filhos?

Está grávida de gémeos ou estão a pensar ter 2 filhos num curto espaço de tempo? Então, existem carrinhos múltiplos ou evolutivos. Os carrinhos múltiplos são tipicamente para gémeos ou trigémeos e têm o número de lugares fixos. Os carrinhos evolutivos são carrinhos para gémeos ou irmãos com pouca diferença de idades e podem ser utilizados quer em versão singular quer em versão múltipla.

Características importantes de um carrinho de bebé

Nos passeios em cidade, privilegie carrinhos com:

1. Suspensão nas 4 rodas

Se a sua vida é predominantemente cosmopolita, a calçada portuguesa com os típicos buracos nas estradas e nos passeios são quase uma garantia de experiência todo o terreno em cidade, a suspensão nas 4 rodas garante um passeio mais suave ao seu bebé.

Suspensão

2. Assento ou cadeira elevada e carrinhos estreitos podem ser uma opção mais interessante e saudável para o seu bebé porque assim:

  • consegue interagir mais com os pais e sentir-se mais seguro;
  • está mais protegido dos fumos dos cabos de escape dos automóveis;
  • podem até substituir a cadeira da papa quando for a altura das refeições ou vão ao café.
  • Os carrinhos estreitos são uma mais-valia para garantir que passa no pouco espaço que existe nos passeios.Carrinho

3. Nos passeios rurais privilegie carrinhos com:

  • Suspensão nas 4 rodas e rodas com câmara-de-ar, porque amortecem a trepidação e, consequentemente, garantir uma viagem mais tranquila para o seu bebé. Além disso, são facilmente manobráveis em todos os terrenos.

carrinho

5. Verifique a presença da norma europeia

As menções “EN 1888” (norma europeia) e o cumprimento dos requisitos de segurança do carrinho imprescindíveis.

6. Certifique-se que o assento/cadeira é acolchoado e confortável e a capa é amovível

A capa deve ser amovível para que possa lavá-la.

7. Verifique se a marca de carrinho que escolheu é multifacetado quanto à utilização de acessórios extras

Não deverá utilizar acessórios extra de outras marcas no seu carrinho, pois poderá estar a comprometer a segurança do mesmo. Por esse mesmo motivo, convém verificar se o carrinho que comprou permite a utilização da cadeira de várias formas e se contém todos os acessórios de que necessita.

8. São preferíveis carrinhos com cesto de compras XL, em detrimento de cestos minúsculos de arrumação

Lembre-se que é extremamente perigoso colocar sacos de compras, malas de maternidade na grande maioria de carrinhos de bebé.

Carrinho

9. A capota deve ser de tecido

Isto para proteger o bebé contra os raios solares.

10. Para recém-nascidos o ideal é a utilização de uma alcofa de passeio no carrinho em detrimento de uma cadeira reclinada a 180º ou do “ovinho”

Numa alcofa de passeio câmara-de-ar: para dormir durante uma noite completa (BS EN 1888 & BS EN 1466) o bebé consegue desenvolver mais rapidamente a musculatura do pescoço (fator que ajuda a prevenir o síndrome de morte súbita), o bebé tem maior liberdade de movimentos, está mais confortável, está mais protegido dos fatores externos (poluição, vento, frio, exposição solar) e a alcofa, para além de não ter limite de utilização por dia, pode servir de caminha nos primeiros tempos. Dever-se-ia evitar a utilização dos “ovinhos” nos carrinhos de bebé porque estes têm uma utilização máxima de 1h30mn por dia (este limite máximo deve-se à privação de oxigénio que o bebé pode ter no ovinho, principal razão pela qual os bebés adormecem no ovinho), ao peso que a cabeça acaba por exercer no corpo, à postura incorrecta, excesso de calor, ao desenvolvimento tardio da musculatura (pescoço, abdominal e lombar). As cadeiras reclinadas a 180º  também não são aconselháveis antes dos 6 meses por não protegerem devidamente o bebé dos fatores externos.

Carrinho

11. Certifique-se que as pegas ou o manípulo são ajustáveis em altura

Convém que essa altura é adequada à sua estatura: se o casal tiver estatura diferente, o carrinho poderá adaptar-se às diferentes alturas!

12. Assento reversível

No primeiro ano de vida, principalmente, é muito importante para os bebés estarem em constante contato com os seus pais. Isso reforça a comunicação e a interação entre ambos. Por estes motivos, procure um carrinho de bebé que permita que a cadeira esteja virada para os pais até, pelo menos, 1 ano de idade.

Carrinho

13. Assento reclinável aproximadamente 180º

Numa primeira fase (entre os 4 e os 12 meses) não irá utilizar o assento, mas sim a alcofa ou o “ovinho”. No entanto, a partir do momento em que começa a aperceber-se que o bebé adormece várias vezes na alcofa durante os passeios é preferível que comece a usar o assento reclinável, porque proporciona ao bebé uma sesta confortável sem ter de ir a correr a casa para o deitar na cama. O seu bebé agradece e pode continuar o passeio.

14. Embora não seja aconselhável a utilização da cadeira grupo 0+ (babycoque/ alcofa) no carrinho, caso opte por utilizar certifique-se de que a marca da cadeira está testada para a marca do carrinho

Isto porque a maioria das marcas de carrinhos diferem das marcas de cadeiras ou sistemas de retenção para bebés. No website das marcas dos carrinhos ou das marcas das cadeiras encontra uma lista das compatibilidades.

15. Abertura e fecho fácil – Quantas vezes já repararam em pais desesperados no parque de estacionamento a tentar fechar o carrinho de bebé?

Por vezes a força exercida parece que vai partir o carrinho e por vezes quase o faz, pelo que é muito importante selecionar um carrinho de bebé que seja fácil de abrir e fechar. Aconselhamo-vos a testar as funcionalidades do carrinho ainda na loja antes de o comprar, para ver se se adequa às suas necessidades e se consegue abrir e fechar o carrinho com tranquilidade e relativa facilidade (convenhamos que nunca é fácil as primeiras vezes).

Segurança do carrinho de bebé

Para escolher o carrinho mais seguro para o seu filho, faça os seguintes testes:

  • Procure o autocolante com a homologação europeia do produto;
  • Incline na totalidade as costas do carrinho, faça pressão com a mão para baixo ao nível do local onde irá ficar a cabeça da criança. As rodas dianteiras não deverão erguer-se do chão;
  • Verifique se os cintos de segurança são firmes e almofadados de modo a não magoar a criança;
  • Deve ter um cinto de segurança de 5 pontos de fixação, e ser suficientemente resistente;
  • Os travões devem ser acessíveis, fáceis de manobrar e devem bloquear completamente as rodas traseiras. Devem igualmente ser fáceis de destravar;
  • Verifique se o assento está devidamente colocado, sem tocar na estrutura metálica;
  • Verifique a flexibilidade das molas, empurrando a estrutura do carrinho para baixo –  deve ceder e voltar para a posição inicial;
  • Deve ser fácil de abrir e fechar e deve ter um mecanismo de bloqueio que impeça que se feche acidentalmente;
  • Não deve ter peças cortantes nem espaços ou dobradiças que ponham em risco a criança;
  • Não deve ter peças metálicas que fiquem expostas ao sol, devido ao risco de queimaduras associado.

Depois de comprar o carrinho:

  • Verifique com regularidade o estado geral do carrinho de bebé;
  • Nunca transporte o bebé no carrinho sem o prender adequadamente com o cinto de segurança;
  • Se o seu carrinho tiver rodas com câmara-de-ar não se esqueça de verificar a pressão dos pneus e de os encher com uma bomba adequada (não utilizar as bombas para os pneus dos automóveis, porque pode romper a câmara do carrinho);
  • Tenha o cuidado de bloquear com os travões sempre que queira parar o carrinho;
  • Limpe, ou envie para uma limpeza geral, o seu carrinho por questões de higiene (muitas vezes os bebés comem nos seus carrinhos, e os restos de comida acumulada proporcionam o ambiente adequado ao crescimento de bactérias) e por questões de segurança (terra e outro tipo de sujidade que possa interferir com o sistema de suspensão, travagem ou rodas);
  • Evite pendurar sacos muito pesados no guiador, porque assim o carrinho pode cair;
  • Equipe o carrinho com os acessórios essenciais para o bem-estar do bebé: sombrinhas, capa para a chuva, ninho para proteger o bebé do frio.

Carrinho de bebé, até que idade?

Não existe nada que indique que o bebé ou criança só possa andar no carrinho até determinada idade – cada mãe ou pai é que sabe o que será melhor para o seu bebé.

A maioria dos carrinhos é adequado para crianças até aos 3 anos de idade. No entanto, pode ser uma opção também para crianças mais velhas, sobretudo em passeios prolongados. Contudo, a maioria das crianças não fica sentada muito tempo no mesmo sítio, pelo que o carrinho pode deixar de ser uma opção.

Nas lojas, peça para testar os vários modelos existentes: abrir, fechar, andar um pouco pela loja…Acredite, isso poderá fazer toda a diferença e ajudar a tomar uma decisão.

Resumo:

A escolha do carrinho não tem de estar condicionada à marca da cadeira auto bebé (babycoque/ovinho). Escolha a cadeira auto mais segura e quanto ao carrinho tenha em consideração:

1. Se tem um carro com um porta-bagagem pequeno e tem um estilo de vida mais citadino, opte por um carrinho citadino, confortável, suspensão nas 4 rodas e de fecho compacto.

Carrinho

2. Se tem muito espaço no porta-bagagem do automóvel e um estilo de vida citadino, opte por carrinhos com assentos mais elevados, suspensão nas 4 rodas e fáceis de limpar.

Carrinho

3. Se tem um estilo de vida citadino e rural, opte por carrinhos com rodas com câmara-de-ar, suspensão nas 4 rodas e assentos elevados.

Carrinho

4. Se tem um estilo de vida mais rural, é importante ter um carrinho que vença o terreno e portanto com suspensão nas 4 rodas com câmara-de-ar e fácil de limpar.

Acima de tudo, opte por um carrinho que transporte o seu bebé em segurança e confortável, nunca esquecendo se é fácil de transportar, se se adequa ao seu estilo de vida e ao seu automóvel!

Veja também:

  • Exames Pré-Natal: Para que serve o Harmony, amniocentese e outros testes pré-natais?
  • Parto: as diferentes formas de ver a magia acontecer!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

4 comentários em “Como escolher o carrinho de bebé?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *