4 coisas surpreendentes que acontecem durante e depois do parto - Pumpkin.pt

4 coisas surpreendentes que acontecem durante e depois do parto

acontece durante o parto

O parto é um mundo desconhecido que muitas grávidas temem, principalmente quando estão prestes a ser mães pela primeira vez.

Apesar das histórias que ouvem, das informações que leem, das opiniões que pedem (e das que, às vezes, recebem sem pedir), a maioria das futuras mamãs não está preparada para muitas das coisas surpreendentes que acontecem durante e depois do parto.

Reunimos algumas histórias para que não sejam apanhadas de surpresa. Agora, respirem fundo: vai correr tudo bem!

Sangramento pós-parto

Não é o período, mas parece. Apesar de acontecer a todas as mulheres, a maioria das futuras mães não espera, depois do parto, ter sangramentos intensos, que podem durar até seis semanas.

Depois de uns primeiros dias de grande fluxo, o sangramento tem tendência a diminuir, tornando-se também mais arrosado, e, com o tempo, amarelado ou branco – não será já sangue, mas antes libertação de fluídos acumulados.

A duração deste sangramento varia de pessoa para pessoa, claro, por isso não estranhem se a vossa cronologia for diferente da das vossas amigas, primas ou irmãs. Devem apenas contactar o médico se notarem coágulos de sangue maiores do que uma bola de golf (libertações de coágulos mais pequenos são naturais) ou se precisarem de trocar de penso num espaço de tempo inferior a duas horas.

O momento da “coroação”

Em inglês, “crowning” significa “coroação”, e, durante o trabalho de parto, refere-se ao momento em que a cabeça do bebé se torna visível pela primeira vez. Ainda que quem mereça uma coroa seja a mamã, este é um momento especial, decisivo e que muitas mulheres não esperam, principalmente pela sensação de “ardor” associada a este estágio do parto: a fase de expulsão.

Este ardor acontece porque a pele da vagina está a alargar para dar espaço à cabeça do bebé – o que, não sendo agradável, é exatamente aquilo que deve acontecer. Por isso, respirem fundo, tentem fazer força de forma mais ritmada e menos “intensa”, e encontrem consolo na ideia de que a natureza é incrível, e que, em muitos minutos, o vosso bebé estará finalmente nos vossos braços.

As contrações continuam… depois do parto

Com o nascimento do bebé seria de esperar que as contrações terminassem, não é? Só que não…

Depois do parto, o útero vai começar a encolher, de forma a voltar ao seu tamanho pré-gravidez. E fá-lo contraindo-se, o que pode provocar cólicas bastante dolorosas, mais intensas durante a amamentação.

A boa notícia? O processo dura apenas entre 3 a 5 dias!

O corpo demora a voltar ao normal

Há quem pense que quando o bebé nasce a a grávida perde todo o seu peso extra e que, como por magia, a sua barriga desaparece imediatamente.

Além do útero, que está a regressar ao seu tamanho normal, também o corpo sofreu, e continua a sofrer no pós-parto, imensas transformações internas. É perfeitamente natural que, externamente, as diferenças se notem ainda – vão notar durante algum tempo. É perfeitamente natural que se sintam mais confortáveis com a vossa roupa de grávida do que propriamente com a roupa que antes vestiam, que talvez demore ainda a servir.

Sejam gentis convosco: acabaram de conceber um bebé. O nosso organismo é uma máquina; a seu tempo, tudo voltará ao normal.

Também vos pode interessar:

  • Parto: as diferentes formas de ver a magia acontecer!
  • Epidural no trabalho de parto: informação para uma escolha consciente

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *