Gravidez > Crescimento > Semana a semana

5 semanas de gravidez: bate bate coração!

5 semanas de gravidez

Agora já pode saber se está grávida e começam também as alterações na alimentação, prestando mais atenção aos seus nutrientes e importância nutricional!

Esta é a primeira semana de alterações na rotina – alimentação, novos exercícios e cuidados!

5 semanas de gravidez

No início do segundo mês de gravidez, o coração e os rins do bebé estão a desenvolver-se a olhos vivos. É esta semana que se dá a magia do bater acelerado do coração do seu bebé.

Além disso, também o tubo neural (que liga o cérebro à medula espinhal) se fecha. Daqui em diante o desenvolvimento do “feijãozinho” vai dar-se a uma velocidade estonteante.

5 semanas são quantos meses? Um mês e uma semana (sim, já passou um mês e uma semana!).

Sintomas

Pode ainda não saber se está ou não grávida e os sintomas da gravidez, tal como na 2.ª, na 3.ª, na 4.ª semana são semelhantes com os de TPM. Pode sentir sensibilidade mamária e aumento do volume do peito, constantes variações de humor, um grande cansaçoenjoos (matinais ou não)aversão a alguns cheiros e azia.

Existem ainda algumas mulheres que também sofrem de dores de cabeça durante o primeiro trimestre da gravidez. Se essas dores forem muito fortes, é aconselhável procurar ajuda médica, visto haver muitos medicamentos que, durante a gravidez, intervêm no desenvolvimento do bebé, podendo originar complicações desnecessárias.

Contudo, todos estes sintomas passarão para segundo plano quando se aperceber que se trata apenas do seu corpo a adaptar-se a um novo residente. Agora tem uma casinha dentro de si, na qual é o seu próprio corpo o responsável por construir tudo para que nada falta ao novo habitante.

Tamanho e peso do bebé

O bebé, apesar de estar ainda numa fase embrionária, tem está do tamanho de uma amêndoa.

5 semanas de gravidez - O tamanho do seu bebé esta semana

Apesar de já estar na 5.ª semana de gravidez, o seu bebé ainda só tem três semanas.

Como ainda há pouco tempo a gravidez começou, o peso do bebé ainda não pode ser calculado, mas dentro de três semanas (por volta das 8 semanas de gravidez) já poderá ter uma noção de quanto pesa o seu bebé.

Mudanças no seu corpo

A menstruação começa a ficar atrasada e se calhar está na altura de fazer um teste de gravidez. As hormonas descontroladas e grandes quantidades faz com que esteja ora feliz, ora triste, ora cansada, ora stressada…

Também nestas primeiras semanas de gravidez, para as mães de primeira viagem surgem alguns receios. “Será que estou preparada para ser mãe?”, “Serei eu uma boa mãe?”, “Como vou eu educar o meu filho?” são apenas algumas das dúvidas que lhes passam pela cabeça. O facto de se confrontarem com a perspetiva de, daqui em diante, ter toda a vida alterada e sem saber o que esperar provoca pânica a muitas destas mulheres.

Se sentir o mesmo, não se preocupe. É perfeitamente normal que tenha estas dúvidas e medos, mas o que não lhe falta é tempo para se habituar à ideia e relativizar todos esses “problemas”. Não tarda estará rendida com o desenvolvimento desse pequenino ser humano que cresce no seu ventre.

Nota importante:

A lei protege as mulheres grávidas. Portanto, se o seu trabalho for considerado “de risco” pode solicitar a alteração de posto de trabalho ou, se isso não se concretizar, pode pedir uma baixa por gravidez de risco (pode saber mais no nosso artigo sobre os direitos parentais).

Consultas e exames

Caso já tenha feito o teste e este tenha dado positivo, deve agendar uma consulta com o médico o mais depressa possível para começar a ser seguidas nas consultas pré-natal.

Se ainda não começou a suplementação, esta é a altura ideal para iniciar a toma de ácido fólico e de iodo. Ainda que estes nutrientes se encontrem na alimentação (nos vegetais de folha escura, frutas, frutos secos, leguminosas, cereais e derivados pouco refinados, carne, marisco e ovos), é bastante frequente o médico assistente prescrever o suplemento desta vitamina, muito importante para o desenvolvimento do bebé.

Se ainda não o fez, esta é a altura de começar a ter mais cuidados com os seus hábitos: a alimentação na gravidez, a consulta e os exames pré-natal e a suplementação necessária.

Ainda no que diz respeito à alimentação,  nesta fase inicial é recomendável que faça refeições leves e frequentes, beba muitos líquidos, o que pode ajudar a evitar uma indigestão e ajuda a minimizar os enjoos e o cansaço. O ideal será consumir diferentes alimentos, com um foco extra na vitamina C – frutas e verduras cruas, por exemplo.

Informações-chave desta semana de gravidez:

  • O coração do bebé começa a bater;
  • Os rins e o coração, órgãos vitais para o bebé, desenvolvem-se a alta velocidade;
  • Está na altura de rever a sua alimentação e começar a fazer algumas mudanças na sua rotina;
  • Deve marcar uma consulta pré-natal o mais rapidamente possível, para definir juntamente com o seu obstetra a necessidade de iniciar a toma de suplementos de ácido fólico e iodo.

Consulte a semana seguinte – 6 semanas de gravidez – ou volte ao Guia de Gravidez Semana a Semana.

Temas da Semana:

Veja também:

  • Dicas para as grávidas: Para que serve o pré-natal?
  • Parto: as diferentes formas de ver a magia acontecer!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *