Gravidez > Crescimento > Semana a semana

29 semanas de gravidez: mudança de posição.

29 semanas de gravidez

Menos de dois meses para conhecer o seu bebé.

Em contagem decrescente: menos de dois meses!

29 semanas de gravidez

Às 29 semanas de gravidez, o bebé começa a posicionar-se de cabeça para baixo, ou seja, para a posição de nascimento. É possível que ele esteja sentado e o sinta a virar-se.

Esta constitui uma fase muito ativa do bebé. Ele move-se e brinca durante quase todo o tempo em que não está a dormir. Como o espaço dentro da barriga começa a ficar pequeno, os seus movimentos parecem muito bruscos, motivo pelo qual pode sentir os seus pés, mãos, braços e cotovelo, podendo incomodar a mamã. No entanto, pode sempre brincar com ele e fazer-lhe umas cócegas. Pode ser que assim sossegue um bocadinho.

À medida que as semanas vão passando, o bebé começa a aperfeiçoar os órgãos principais, de forma a que quando for a altura do nascimento tudo corra bem. Com 29 semanas de gestação, os pulmões já começam a aprender a controlar a respiração e já consegue manter a temperatura do corpo.

Os seus ossos estão cada vez mais fortes, e, a ingestão de cálcio continua a ser muito importante para o seu desenvolvimento.

29 semanas são quantos meses?

Se contabilizarmos 4 semanas como um mês, 29 semanas correspondem a sete meses e uma semana de gravidez.

Sintomas

  • Digestão mais lenta ou indigestão e prisão de ventre;
  • Pressão arterial mais elevada;
  • Dificuldade a respirar;
  • Cansaço extra com atividades simples do dia-a-dia, como subir as escadas ou ir ao supermercado;
  • Sensação de bexiga sempre cheia (os intervalos entre as idas à casa de banho serão cada vez menores);
  • Inchaço e pernas pesadas (tende a piorar com o evoluir da gravidez);
  • Dores no baixo ventre, na barriga e nas costas.

Tamanho e peso do bebé

Às 29 semanas de gravidez, apesar do bebé ter 27 semanas semanas de idade (isto porque a ovulação e fecundação contam para o cálculo da data prevista do parto), já é do tamanho de um aipo, ou seja, mede cerca de 39 cm, e pesa 1150 gramas aproximadamente.29 semanas de gravidez - O tamanho do seu bebé esta semana

Mudanças no seu corpo

A reorganização originada pelo recolocar dos órgãos dentro do corpo da mulher, faz com que sinta ainda azia, indigestão e prisão de ventre.

Como tem sido normal nas últimas semanas, é comum que se sinta mais cansada a fazer algumas simples tarefas do dia-a-dia. A barriga já cresceu muito (podem aparecer varizes e estrias) e já pesa, causando dores nas costas. No entanto, é muito importante que se sentir que está a ficar muito mais cansada do que o esperado para esta fase da gravidez, marque uma consulta com o seu obstetra para verificar se estará ou não perante um quadro de anemia na gravidez, que não passa de uma quantidade insuficiente de glóbulos vermelhos no corpo, mas que é importante analisar para estar em forma para receber o seu bebé.

O cansaço volta agora em força e sente muita vontade de dormir, tal como no primeiro trimestre, mas a barriga (que ocupa agora muito espaço) e a bexiga nem sempre lhe permitem uma noite reparadoura. Mas, não se esqueça que deve aproveitar para descansar sempre que puder se não conseguir dormir bem de noite. Espera-a uma aventura gigante! Aproveite agora para descansar.

Nunca é demais reforçar que, se o médico aconselhar, praticar exercício físico na gravidez ajuda não só na retenção de líquidos, como no combate com inchaço e ajuda às pernas pesadas.

Dicas: Para diminuir as dores é importante que faça atividades como yoga para grávidas, por exemplo. É extremamente importante começar a preparar o períneo para o momento do parto, através de exercícios próprios para o efeito (como os reaizados no Centro pré e Pós Parto).

Faltam apenas 11 semanas para a data prevista do parto, portanto pode começar a pensar em preparar o quartinho do bebé (veja as nossas dicas para o quarto montessoriano), tendo sempre em conta a segurança e a facilidade de deslocação e usabilidade do espaço para todos (pai, mãe e bebé). Veja ainda as 9 dicas para preparar a casa para a chegada do bebé.

Qual o tamanho da barriga?

29 semanas de gravidez - barriga

A sua barriga começa a ficar bem redonda! Mas, atenção, o tamanho da barriga varia de mulher para mulher. Há mulheres que fazem barrigas muito grandes e outras que fazem barrigas pequenas.

Nunca se pode esquecer de uma coisa muito importante: cada mulher é uma mulher!

Peso ideal para a futura mãe

Durante a gravidez, o aconselhável é que não ganhe mais do que 13/14 kg (mais kg menos kg), dependendo da estrutura da mulher e do seu historial clínico.

É recomendável que ganhe cerca de 500 gramas, sensivelmente por semana.

O ganho de peso é muito célere, portanto há que ter cuidado com a alimentação na gravidez. O peso excessivo na gravidez pode aumentar o risco de hipertensão na gravidez e diabetes gestacional, o que pode despoletar complicações no parto. Mas não se preocupe que o médico fará essa análise e indicar-lhe-á se estiver acima ou abaixo do peso ideal para a fase da gravidez em que se encontra e recomendar-lhe-á as medidas a tomar.

Saúde (consultas, exames e outras informações)

Nas consultas de pré-natal, o médico obstetra que acompanha a sua gravidez irá medir a sua pressão arterial, ouvir o coração do bebé e pedir diferentes análises de sangue e de urina para cada etapa da gravidez, com o propósito de controlar ou detetar problemas típicos da gravidez como pré-eclâmpsia e a diabetes gestacional.

A partir das 20 semanas de gravidez, não estranhe se for aconselhada a dormir de lado para evitar o excesso de pressão sobre a aorta e a veia cava, os principais vasos sanguíneos que, se tiverem comprimidos, podem comprometer a circulação do sangue e, consequentemente, uma correta capacidade de irrigação dos órgãos e do cérebro.

À medida que a gravidez avança, a bexiga vai ficando cada vez mais “apertada”. Apenas deve estar atenta se sentir ardor ou mesmo dor a fazer xixi – o que pode indicar uma infeção que deve ser curada o quanto antes para que não passe para o bebé.

O aumento de peso e volume da barriga pode também fazê-la sentir algum desequilíbrio e estar mais propensa a quedas. Também, as pernas podem começar a inchar e ficar pesadas, dando origem às varizes. Ficar algum tempo em pé, andar um pouco e dobrar as pernas quando se senta são alguns truques.

Ainda no que toca à saúde, é essencial que tenha cuidados redobrados com os seus dentes e gengivas, que podem estar mais sensíveis(válido para toda a gravidez).

É essencial, especialmente agora, a ingestão de vitaminas como ferro, acido fólico, cálcio e vitamina C são essenciais para o correto desenvolvimento do bebé. Opte por uma alimentação saudável, ingerindo alimentos ricos nestas vitaminas.

Se sentir que as contrações não são de treinamento e que está (mesmo) a entrar em trabalho de parto – um dos sinais podem ser contrações cada vez mais regulares e com dores, é importante deslocar-se de imediato para o hospital para que os médicos possam trabalhar no sentido de atrasar o parto, para que seu bebé tenha mais tempo para continuar a desenvolver-se.

Informações-chave desta semana de gravidez:

  • O bebé começa a posicionar-se de cabeça para baixo, ou seja, para a posição de nascimento;
  • Esta é uma fase muito ativa do bebé, mexendo-se sem parar;
  • É comum que se sinta mais cansada ao andar, as pernas inchadas ou com retenção de líquidos;
  • A partir das 20 semanas de gravidez, é possível que seja aconselhada a dormir de lado para evitar o excesso de pressão sobre a aorta e a veia cava;
  • Atenção à alimentação, exercício físico e infeções vaginais;
  • É essencial que a futura-mamã tenha cuidados redobrados com os seus dentes, com o seu equilíbrio e, em geral, com o seu corpo.

Consulte a semana seguinte – 30 semanas de gravidez – ou volte ao Guia de Gravidez Semana a Semana.

Temas da Semana:

Veja também:

  • Dicas para as grávidas: Para que serve o pré-natal?
  • Parto: as diferentes formas de ver a magia acontecer!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *