Gravidez > Crescimento > Semana a semana

13 semanas de gravidez: impressões digitais, check!

13 semanas de gravidez

A última (sim, finalmente a última) semana do primeiro trimestre!

Uma semana com mais desenvolvimentos e novidades!

13 semanas de gravidez

O bebé, agora com cerca de 7,5 cm aproximadamente, já tem impressões digitais só suas, o que faz de si um ser humano único.

Começa agora, na 13ª semana, a fazer o movimento de procurar o mamilo para mamar – muito útil quando for o momento do parto e, consequentemente, para a primeira vez com que se vai deparar com a amamentação.

O seu pescoço estará mais desenvolvido e vai agora começar a mexer a a cabeça de um lado para outro, sustentando o peso da cabeça (que ainda é maior do que o resto do corpo).

Nesta semana, já se pode ver as suas mãos e pezinhos completamente formados. Com esta conquista, o pequeno começa agora a fazer uso de um dos seus sentidos, o tato. O bebé começa a explorar o seu ambiente, tocando no cordão umbilical, brincando com o mesmo. Agora é tempo de se iniciar a construção e desenvolvimento da rigidez dos músculos e das articulações de todo o seu pequeno corpo. O sistema nervoso central também já encontra desenvolvido, mas ainda irá continuar a amadurecer até ao primeiro ano do bebé.

É ainda a partir da 13ª semana que a pele se cobre de uma espécie de penugem, a que se chama de lanugo. Esta é uma capa “mágica” que vai proteger o bebé das vibrações, do ruído e de desidratação. Só sai após o nascimento.

Com 13 semanas de gravidez, a bexiga do seu pequeno já funciona. “E como?”, pergunta-se. Ora bem, ele ingere o líquido amniótico presente no saco amniótico e depois faz o seu xixi para o mesmo líquido que irá voltar a beber alguns minutos depois. Parece estranho, mas o líquido que o seu filho bebe é filtrado pela placenta.

13 semanas são quantos meses?

Se contabilizarmos 4 semanas como um mês, 13 semanas de gravidez correspondem a três meses e uma semana. Esta é a última semana do primeiro trimestre!

Sintomas

Nesta semana, os principais sintomas são basicamente os mesmos da semana anterior:

  • grandes variações de humor;
  • auréolas e os mamilos escurecem;
  • dores nas costas e baixo ventre.

Normalmente, os enjoos na gravidez, os vómitos, o sono excessivo e a intolerância a alguns cheiros são sintomas que costumam desaparecer ou melhorar após as 12 semanas de gravidez, apesar de em algumas mulheres durar mais umas semanas. Se for o seu caso, aguente firme e pense que é para um bem maior!

Tamanho e peso do bebé

Às 13 semanas de gravidez, apesar do bebé ter 11 semanas semanas de idade (isto porque a ovulação e fecundação contam para o cálculo da data prevista do parto), já é do tamanho de uma vagem de ervilhas, ou seja, mede entre 7 e 8 cm, e pesa entre 15 e 23 gramas.13 semanas de gravidez - O tamanho do seu bebé esta semana

Mudanças no seu corpo

Já passou… já passou! O risco de aborto espontâneo diminui drasticamente desta semana em diante, podendo, por isso, ficar mais tranquila. Contudo, tranquilidade não significa que deve descurar dos cuidados.

Como já se sabe, na gravidez o corpo da mulher sofre inúmeras alterações devido às mudanças hormonais. Entre elas estão as manchas que aparecem por todo o corpo. Devido ao aumento de estrogénio (hormona), a sensibilidade da pele aumenta, e a melanogénese (processo bioquímico de formação de melanina) faz com que surjam manchas escuras em algumas partes do corpo.

Devido à melhoria ou desaparecimento dos sintomas mais comuns e menos agradáveis – digamos assim – do 1º trimestre de gravidez a maioria das mulheres abdicou ou reduziu significativamente a sua atividade sexual, mas animem-se senhoras e senhores que a líbido pode agora voltar em força! Reforçamos, uma vez mais, que se tiver uma gravidez saudável e sem contraindicações, pode perfeitamente ter sexo na gravidez!

Com o final do primeiro trimestre, as gestantes começam a ver a sua barriguinha a ficar mais redondinha e a sua cintura a ficar mais larga. Está na altura de verificar e definir os 10 mandamentos de uma grávida no primeiro trimestre.

As principais mudanças do seu corpo são:

  • Mudanças no aspeto da face

Algumas mulheres ficam com mais acne, outras com uma tez mais iluminada. Tal acontece devido ao aumento do volume de fluxo sanguíneo que produz mais glândulas sebáceas.

  • Alterações nas unhas e no cabelo

As unhas ficam mais fracas e pode começar também a sentir o cabelo mais quebradiço.

  • Cólicas ou pontadas no baixo ventre

A cada semana que passa, o útero cresce para ir acomodando o bebé à medida que também ele vai crescendo. À medida que o útero ganha outras proporções, é possível que senta algumas cólicas e pontadas no baixo ventre. Não se preocupe, é apenas o seu corpo a adaptar-se a esta nova realidade de ter um bebé a crescer dentro de si.

  • Aumento do volume da circulação sanguínea.
  • Dores de costas.
  • Os famosos desejos.
  • Diminuição dos enjoos e do cansaço, logo mais energia (ALELUIA!).

Consultas e exames

Se ainda não fez a primeira ecografia, está na altura perfeita – a primeira ecografia deve ser realizada entre as 11 e as 14 semanas de gravidez. Para além de poder ver (finalmente) o seu bebé e ouvir o seu coraçãozinho (similar ao galopar de um cavalo), esta ecografia permite verificar se o bebé se está a desenvolver de acordo com a sua idade gestacional, mas em especial para analisar de se se trata de uma gravidez normal (de um único bebé) ou gemelar (de dois ou mais bebés), ou até extrauterina (o que impede que a mesma continue, pois, além de acarretar riscos para a mãe e bebé, é uma gravidez que nunca chegará a termo, uma vez que o bebé não tem condições para se desenvolver fora do útero).

Além disso, serão calculadas as semanas de gestação (caso não tenha a certeza de quantas semanas está), o seu bebé será medido, e, através da medição translucência nucal (medição da espessura de uma dobra no pescoço do bebé), pode descartar algumas doenças, como o síndrome de Down, anomalias cromossómicas e alguns problemas cardíacos.

A partir de agora, a barriga começa a crescer, tal como no início do desenvolvimento do seu filho – devagar, devagarinho.

Se é daquelas mamãs que só lhe apetece ficar deitadinha no sofá, toca a levantar! Está na hora de mudar! Experimente fazer caminhadas ou pratique algum exercício moderado ou uma técnica de relaxamento como o yoga para grávidas. Deve sentir-se bem fisicamente e, acredite, estes exercícios irão preparar o seu corpo para o peso que brevemente terá de suportar. Além disso, o exercício físico na gravidez ajuda a manter a gravidez saudável e a acelerar a recuperação pós-parto.

Não podemos deixar de ressalvar a importância de fazer refeições leves e frequentes e beber muitos líquidos.

Ainda no que toca à saúde, é essencial que tenha cuidados redobrados com os seus dentes e gengivas. É, por isso, uma boa altura para marcar uma consulta no dentista.

Informações-chave desta semana de gravidez:

  • Já tem impressões digitais só suas;
  • Começa a mexer a a cabeça de um lado para outro, sustentando o peso da cabeça;
  • Tem as mãos e pezinhos completamente formados;
  • A bexiga do pequenito já funciona – bebe líquido amniótico e faz depois xixi para o mesmo líquido;
  • A pele cobre-se de um manto mágico, o lanudo, e que o protege das vibrações, do ruído e de desidratação;
  • O aumento dos níveis de estrogénio na mulher pode fazer com que apareçam manchas um pouco por todo o corpo;
  • É essencial que a futura-mamã tenha cuidados redobrados com os seus dentes e gengivas;
  • Entre a 11ª e 14ª semana de gestação é realizada a primeira ecografia.

Consulte a semana seguinte – 14 semanas de gravidez – ou volte ao Guia de Gravidez Semana a Semana.

Temas da Semana:

Veja também:

  • Exames Pré-Natal: Para que serve o Harmony, amniocentese e outros testes?
  • Parto: as diferentes formas de ver a magia acontecer!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *