Espaços que reabrem em junho: onde podemos voltar a ir?

reabertura espaços 18 maio

Sim, já podemos começar a sair de casa! Conheçam os espaços que já estão abertos e as regras de segurança que adotaram perante o COVID-19.

A 18 de maio iniciou-se a 2ª fase de desconfinamento e a terceira vai começar no primeiro dia do mês de junho. Aos espaços já abertos, como jardins e museus, juntam-se agora outros, tais como cafés, bares e centros comerciais, mas com regras específicas para que nos possamos proteger do COVID-19.

Fiquem a saber quais os locais que já podem visitar e quais as medidas e comportamentos de higiene e segurança necessárias em cada espaço.

NOTA: Esta página está em atualização permanente. Foi atualizada a 25 de maio de 2020.

Medidas de Segurança

Antes de mais, vamos recordar as medidas de segurança que todos devemos cumprir fora de casa para combater a propagação do Coronavírus. São elas:

  • Utilização de máscara de proteção: o uso é obrigatório a partir dos 6 anos de idade em todos os espaços fechados com elevado número de pessoas como lojas, transportes, escolas e museus. Os funcionários dos espaços abertos ao público também têm de usar obrigatoriamente máscara e/ou viseira.
  • Desinfeção das mãos: para além da lavagem frequente e correta das mãos, os espaços abertos têm de estar equipados com desinfetante, que os visitantes devem usar à entrada.
  • Distância de segurança: devemos manter uma distância de pelo menos 2 metros de distância de outras pessoas.
  • Higiene respiratória: tossir e espirrar para o interior do braço ou para um lenço, deitando-o fora de imediato e desinfetando as mãos.
  • Higienização frequente dos espaços: a DGS recomenda a desinfeção frequente de todos os espaços que vão passar a ser frequentados pelo público.
  • Regras específicas de cada espaço: para uma maior segurança dos visitantes, todos os espaços estão a adotar medidas excecionais de segurança. É o caso dos horários reduzidos, da distância de segurança entre pessoas e de uma redução da capacidade máxima.

Deixamos também alguns documentos oficiais da DGS com as recomendações referentes à Abertura dos Espaços ao Público e à Limpeza e Desinfeção. Do mesmo modo, o ICOM Portugal publicou uma lista resumida com 25 recomendações muito úteis para os espaços a reabrir em tempo de pandemia.

Locais que reabrem a 1 de junho:

Aproxima-se a terceira fase de desconfinamento, e o facto de tudo indicar que as reaberturas de espaços públicos vão ocorrer como previsto não deixa de ser um sinal positivo neste cenário pandémico.

A 1 de junho reabrem mais alguns espaços que têm estado fechados desde que o COVID-19 nos mandou a todos para casa: entre aqueles que podemos visitar para atividades em família estão o Castelo de São Jorge, os centros comerciais (que vão funcionar em pleno) e todos os cinemas, teatros, salas de espetáculos e auditórios – com lotação reduzida, lugares marcados e distanciamento físico obrigatório. Abaixo podem encontrar mais informações sobre a reabertura de cada um destes espaços.

Para saberem mais sobre todas as fases de reabertura do país e os tipos de serviços que abrem em cada uma delas, consultem o nosso artigo de perguntas e respostas sobre o Desconfinamento.

Salas de Cinemas e de Teatro

espaços que reabrem em junho

Finalmente! As salas de cinema e os auditórios de teatro vão reabrir a 1 de junho com todas as medidas de segurança aconselhadas pela DGS.

Entre estas medidas excecionais estão a necessidade de reservar previamente os lugares e uma limitação na lotação de cada sala. Os grupos de espetadores serão sentados com vários lugares de distância entre si, por modo a assegurar o distanciamento social.

Segundo o Instituto do Cinema e Audiovisual, só no setor do cinema, as receitas baixaram cerca de 75% quando comparadas com o ano passado (mês de março), e algumas salas chegaram mesmo a fechar.

Porque não procurar um filme ou uma peça que vos agrade e passar lá a tarde em família? Contribuímos para uma indústria preciosa e, principalmente quando o calor aperta, é do mais fresquinho e divertido que há!

Exposição Meet Vincent Van Gogh

Depois de uma suspensão para nos proteger todos da pandemia, a exposição Meet Vincent Van Gogh, em Belém, no Terreiro das Missas, reabre ao público dia 3 de Junho! Trazem algumas novidades capazes de fazer frente à propagação do vírus.

Têm um novo horário de funcionamento (de quarta a domingo das 10h às 19h) e todas as entradas devem ser, de preferência, reservadas previamente. A Bilheteira da Experiência estará aberta, com pagamento preferencial em Multibanco. É obrigatório o uso de máscara na Experiência, bem como nos respectivos acessos.

Sensibilizada para a necessidade de garantir a segurança de todos os que trabalham e visitam a experiência, a UAU tomou diversas medidas de reforço da higienização do espaço e de organização de acesso do público ao evento, bem como a redução da capacidade em cada momento. Podem consultá-las aqui.

Locais que estão reabertos desde maio:

Na segunda fase de desconfinamento assistimos à reabertura de grandes espaços de lazer e cultura, como museus, espaços verdes, jardins zoológicos, oceanário e outros. Relembramos alguns deles e as regras que adotaram:

Museus e Monumentos

reabertura espaços 18 maio

Centro Cultural de Belém

O Centro de Congressos e Reuniões, a Sala de Leitura, a Garagem Sul e as bilheteiras do CCB reabriram no dia 18 de maio de 2020. Estas são informações do Governo de Portugal.

Quanto às salas de espetáculos, a reabertura dependerá de novas orientações e será anunciada assim que houver previsão. No entanto, o CCB prevê que a partir de julho de 2020 já possa apresentar uma programação que decorrerá maioritariamente ao ar livre .

Museu Nacional de Arte Antiga

O MNAA reabriu a 18 de maio com um concerto de piano online, uma exposição temporária de Julião Sarmento, uma obra inédita de Domingos Sequeira e a apresentação de um espaço novo dedicado ao restauro dos Painéis de São Vicente, por Nuno Gonçalves. Este último processo vai prolongar-se até 2022 e os visitantes do museu poderão acompanhá-lo – o espaço está vedado mas é visível.

Este espaço está a impôr medidas de segurança como uso de máscara, a disponibilização de gel desinfetante, limpeza constante dos espaços, funcionários com viseiras e luvas e lotação limitada em função das orientações da DGS.

Museu Coleção Berardo

Também o Museu Coleção Berardo reabriu a 18 de maio, com entrada gratuita e programação especial para celebrar o Dia Internacional dos Museus e para a qual convidam todos o públicos a participar.

Será possível ver ou rever a coleção habitual e visitar as exposições temporárias que, devido ao surto de COVID-19, não abriram ao público ou tiveram de ser prolongadas: Obras Inéditas, de Julian OpieMutações. The Last Poet, de Joana Escoval; e Deeper Shades. Lisboa e Outras Cidades, de Andreas H. Bitesnich.

Quanto às medidas de proteção, estão a ser seguidas todas as diretrizes da DGS: o uso de máscara é obrigatório dentro do Museu, a distância social também e há um número mais limitado de visitantes por exposição. Saibam mais informações sobre a programação e as medidas de segurança no site oficial do Museu Berardo.

Até lá, o Museu Coleção Berardo disponibiliza conteúdos educativos online.

Museu de Lisboa

O Museu de Lisboa reabriu a 18 de maio com um novo horário (11h às 17h de terça a domingo) e entrada gratuita até ao final do mês!

Os núcleos que já podem visitar são: Palácio Pimenta, Santo António, Teatro Romano e Casa dos Bicos (apenas aberta de segunda a sexta feira). A exposição Corpus Christi. Já a Procissão do Corpo de Deus por Diamantino Tojal, instalada no Convento da Graça, voltou a abrir ao público no dia 20 de maio.

Para garantir a segurança tanto dos visitantes como da equipa, o Museu de Lisboa implementou um conjunto de medidas que passa pelo uso obrigatório de máscara dentro dos edifícios, limitação do número máximo de visitantes, entrada de grupos com mais de cinco pessoas faseada e as atividades educativas a terem um limite máximo de oito participantes, devendo ser respeitada uma distância de segurança de 2 metros entre visitantes.

O Museu de Lisboa disponibiliza desinfetante para as mãos em todos os núcleos, em locais acessíveis, e usar preferencialmente o pagamento com cartão através dos terminais multibanco com tecnologia contactless.

Museus de Sintra

São 6 os Museus Municipais de Sintra que reabriram a 18 de maio com regras de funcionamento excecionais para o combate à COVID-19, de acordo com as recomendações da DGS.

Durante o Estado de Calamidade, é obrigatório o uso de máscara e a desinfeção/higienização das mãos à entrada dos museus. As entradas nos museus da autarquia serão limitadas  a um número máximo de visitantes, que é diferente para cada um dos museus:

Museu do Benfica

Depois de passar 75 dias encerrado, devido à pandemia, o Museu Benfica – Cosme Damião voltou a abrir no passado dia 25 de maio, segunda feira, com as condições de higiene e seguranças necessárias para o conforto dos colaboradores e e visitantes.

Algumas das medidas adotadas incluem a obrigatoriedade do uso de máscara no interior do museu, a limitação do número máximo de visitantes permitidos em simultâneo na exposição, disponibilização de desinfetante e limitação da circulação dos visitantes, para conseguir uma distância social de segurança.

As visitas guiadas serão limitadas a 5 pessoas ou grupos unifamiliares, com a devida marcação prévia obrigatória, através do e-mail [email protected].

A venda de bilhetes físicos continuará a ser feita na Benfica Official Store, estando também disponível, a partir de dia 25 de maio, a venda de bilhetes online no site oficial do Sport Lisboa e Benfica.

Museu da Marioneta

O Museu da Marioneta, em Lisboa, reabriu a 26 de maio com a exposição temporária Tim Burton – As Marionetas de Animação, que tinha sido interrompida por causa do Covid-19 e estará agora disponível até 27 de setembro.

A entrada na exposição será gratuita até ao final do mês de maio, e a reabertura do resto do Museu está prevista para 2 de Junho, com condições especiais:

  • Máximo de 10 visitantes em simultâneo
  • Lotação de 5 visitantes na exposição temporária
  • O número máximo de pessoas por grupo é 5
  • A zona de café e auto-bar estará encerrada;
  • Todos os equipamentos interactivos permanecerão encerrados;
  • O uso de máscara é obrigatório durante toda a permanência no Museu;
  • Não é permitida a permanência no Museu depois da visita à exposição;
  • O elevador não estará em funcionamento
  • O Museu estará aberto de terça a domingo, das 11h00 às 17h00 (últimas entradas às 16h30)

Museu da Água

Os espaços museológicos do Museu da Água da EPAL voltaram a abrir ao público a 18 de maio de 2020.

Vai voltar a ser possível percorrer o caminho do Aqueduto das Águas Livres, passear nos jardins do Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras e desfrutar do espaço. Os restantes espaços do Museu da Água vão manter-se fechados por enquanto.

Museu da Carris

O Museu da Carris também reabriu a 18 de maio para assinalar o Dia dos Museus. Têm novas normas e um novo horário para a máxima segurança dos visitantes.

Estes são os novos horários:

2.ª a 6.ª feira10h – 13h (última admissão 12h30)  14h – 18h (última admissão 17h30)
Encerra: sábados, domingos e feriados.

Todas as medidas de segurança podem ser consultadas no site oficial do Museu da Carris.

Museu do Chiado

O Museu do Chiado tem reforçado os conteúdos online, conseguindo muito mais exposição online durante os últimos meses!

O Museu está a preparar todo um plano de segurança no qual as indicações centrais são para o uso de máscara, a disponibilização de gel desinfetante, limpeza constante dos espaços e funcionários com viseiras e luvas.

Padrão dos Descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos também reabriu a 18 de maio.

Museu Bordalo Pinheiro

O Museu Bordalo Pinheiro reabriu as portas ao público no passado dia 18 de maio.

Para a assinalar simbolicamente a reabertura do museu, estão a oferecer a todos os visitantes uma capa de um jornal bordaliano com a data do seu aniversário e o ingresso no museu será gratuito até dia 31 de Maio.

Passeios e Espaços Verdes

reabertura espaços 18 maio

Parques de Sintra

Os parques e monumentos sob a gestão da Parques de Sintra, dentre os quais os palácios da Pena, de Sintra, de Queluz e de Monserrate, reabriram ao público no dia 18 de Maio com novas medidas de segurança.

A exceção são as instalações da Escola Portuguesa de Arte Equestre na Calçada da Ajuda, em Belém, que só poderão reabrir a partir de 1 de junho, dada a sua condição de local de espetáculos.

Quinta da Regaleira e Quinta da Ribafria

A Quinta da Regaleira e a Quinta da Ribafria, em Sintra, reabriram também a 18 de maio.

As medidas de segurança destes espaços incluem o uso obrigatório de máscara de proteção e a limitação do número de visitantes nos espaços interiores e a higienização regular das mãos.

Na Quinta da Regaleira, o aluguer de equipamentos audioguia estará suspenso até indicação contrária. Também existirão limitações e alterações em alguns circuitos de visita, para garantir condições de distância mínima de segurança entre os visitantes: é o caso dos subterrâneos, Lago da Cascata, Torre da Regaleira e Zigurate que se encontrarão encerrados e do Poço Iniciático, que terá o seu circuito de visita encurtado.

Na Quinta da Ribafria, no Lourel, que também terá todos os cuidados de higiene acima referidos, a visita aos jardins mantém-se gratuita.

Estufa Fria

É um dos sítios mais verdinhos para visitar em Lisboa, e já o podemos voltar a fazer: a Estufa Fria do Parque Eduardo VII reabriu a 18 de maio.

Paredão de Cascais

Reabriu a 6 de maio: voltou a ser possível fazer exercício ou passear ao longo do paredão de Cascais! Mais informações no site da Câmara de Cascais.

As regras são estas:

  • Seguir os sentidos de circulação
  • Não são permitidas bicicletas
  • Distância física de segurança de 2 metros
  • Na praia é permitida a prática de atividade física individual ou mais uma pessoa, bem como os desportos na água
  • Não se pode permanecer no areal sem ser em movimento

Os parques infantis e os bebedouros continuam fechados.

Jardins do Palácio Pimenta

Os jardins do Museu de Lisboa – Palácio Pimenta já reabriram ao público e podem ser visitados entre as 11 e as 17 horas, de terça a domingo, mantendo-se o acesso gratuito.

Para garantir a segurança tanto dos visitantes como da equipa, o Museu de Lisboa implementou várias medidas, limitando o número máximo de visitantes em 45 e não admitindo a entrada de grupos com mais de 5 pessoas.
Os visitantes devem manter a distância de segurança de 2 metros entre visitantes que não façam parte do mesmo grupo e evitar aglomeramentos de pessoas.

Devem utilizar desinfetante para as mãos, adotar medidas de etiqueta respiratória, colocar máscaras e luvas usadas nos caixotes de lixo reservados para esse efeito.

Jardim da Cerca da Graça

O Jardim da Cerca da Graça também abriu no passado 18 de maio, com um horário: das 11h às 17h de terça a domingo, e acesso gratuito.

Vida Animal

Jardim Zoológico de Lisboa

A reabertura do Zoo de Lisboa foi no dia 8 de maio, quase dois meses depois do fecho.

O mesmo Zoo de sempre e da memória de todos, mas com regras diferentes:

  • Dentro do parque, aconselhamos que os visitantes circulem de máscara e que respeitem as orientações da DGS;
  • As apresentações e atrações estão temporariamente encerradas;
  • A loja do Jardim Zoológico está temporariamente encerrada.

Zoo Santo Inácio

O Zoo Santo Inácio, no Porto, também já reabriu as portas! Estarão abertos todos os dias, com um horário reduzido das 10h00 às 17h00 e com normas de higiene e de segurança recomendadas pela DGS.

Se ficaram entusiasmados e planeiam visitar o Zoo, fazem-se as seguintes recomendações:

  • Usem máscara de proteção e/ou viseira;
  • Lavem e desinfetem as mãos regularmente (existem desinfetantes espalhados por todo o Zoo);
  • Respeitem o distanciamento social de 2 metros;
  • Em caso de necessidade, realizem a Etiqueta Respiratória;
  • Não alimentem os animais;
  • Não toquem nos animais;
  • Não batam nem toquem nos vidros;
  • Não ultrapassem as vedações.

Oceanário de Lisboa

O Oceanário voltou a abrir no passado dia 11 de maio, com várias medidas de segurança.

Das várias medidas implementadas, destacam-se:

• Redução do número de visitantes em simultâneo
• O uso de máscara é obrigatório para maiores de 6 anos durante a visita e será assegurado gratuitamente aos visitantes
• Realização de ações frequentes de higienização dos espaços
• Reforço de dispensadores de gel desinfetante para uso dos visitantes
• Pagamento de bilhetes exclusivamente por meios automáticos

Todas as exposições estão abertas com medidas para assegurar o distanciamento ainda necessário.

O horário será reduzido temporariamente, abrindo às 10h e encerrando às 18h, com a última entrada às 17h.

Podem consultar com mais detalhe diretamente no site oficial do Oceanário de Lisboa.

Lugar dos Pernilongos – Quinta Pedagógica

A querida Quinta Pedagógica Lugar dos Pernilongos volta a receber as famílias! A partir do dia 23 de maio, das 15h às 18h, a Quinta abre as portas com um modelo adaptado: as famílias terão a oportunidade de passar uma tarde ao ar livre, no campo, com desafios na floresta, piquenique e muitos animais para visitar – sem nenhum momento em conjunto, por questões de prevenção.

Para encontrar mais informações, consultem aqui o evento Quinta em Família.

Dino Parque Lourinhã

O Dino Parque reabriu a 20 de maio com medidas de controlo e segurança extra. Os exploradores já podem voltar a visitar os maravilhosos 10 hectares do parque de dinossauros mais famoso do país.

Algumas das medidas implementadas passam por um controlo rigoroso do número e fluxo de visitantes nos espaços fechados; um reforço na sinalética, obrigatoriedade de distanciamento de segurança nas filas na entrada e dentro do parque; uma reformulação das zonas de piquenique com um aumento do espaço entre as mesas, garantindo desta forma uma distância de segurança; todos os funcionários  e visitantes com obrigatoriedade de utilização de equipamento de proteção individual e, também, a constante higienização dos espaços e superfícies.

Brincadeira

Fun Track

Já tinhamos saudades da Fun Track! Para quem não conhece, é um espaço na Doca de Alcântara onde podemos fazer imensas atividades giras em família com o aluguer de bicicletas, karts, skates, trotinetas, segways, over karts, drifts, KMXs e mais ainda.

A Fun Track reabre depois de uma manuntenção geral, pintura, lavagem e desinfecção do espaço, e um novo layout da esplanada com mais espaço entre cadeiras e sofás.

A Fun Track conta com um grande espaço ao ar livre, no qual poderão estar com as distâncias recomendadas uns dos outros, segue todas as regras de higienização de espaço, e disponibiliza produtos desinfetantes para as pessoas e para os materiais.

Está aberto das 15h às 20h durante a semana, e das 10h às 20h aos fins de semana.

Cultura

Bibliotecas de Lisboa

As BLX reabriram a 18 de maio com horários e procedimentos adaptados às orientações da DGS. Nesta primeira fase serão disponibilizados o serviço de empréstimo através de marcação prévia (por telefone ou e-mail, sendo que só se devem deslocar às BLX após confirmação da marcação por parte das mesmas), o serviço de devolução, pedido de cartão da Rede BLX e referência.

Também está disponível uma caixa de devolução de documentos 24h à entrada das bibliotecas Palácio Galveias, Marvila, Orlando Ribeiro e Penha de França.

Em termos de medidas de proteção, é obrigatório o uso de máscara, o cumprimento da etiqueta respiratória, distanciamento social de 2 metros, desinfeção das mãos à entrada e saída das bibliotecas e o respeito pelos circuitos e recomendações implementados.

Para mais informações sobre alterações aos serviços das Bibliotecas de Lisboa, nomeadamente períodos de empréstimo e quarentena de documentos, consulte o site das BLX.


Para mais informações oficiais ou questões relacionadas com a proteção contra o COVID-19 e as medidas do Estado, não deixe de consultar o site COVID-19 Estamos On do Governo Português.

Também vos pode interessar:

2 comentários em “Espaços que reabrem em junho: onde podemos voltar a ir?

  1. Tatiana Cosme Maio 14, 2020

    E no Porto? O SeaLife ou o Zoo de Santo Inácio vão abrir?

    1. Dani Gonçalves - Equipa Pumpkin Maio 14, 2020

      Olá, Tatiana.
      O Zoo de Santo Inácio já reabriu as portas, está aberto das 10h às 17h com todas as normas de higiene e segurança necessárias.
      Vamos acrescentar esta informação ao artigo 🙂

      Não encontrámos informações sobre a reabertura do Sea Life, pelo que tudo indica que continuarão fechados.

      Saudações abobrinhas

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1  votos, média:   5,00  em 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *