Família > Passear > Dicas de viagem

4 Formas de poupar com a viagem de Natal

4 Formas poupar viagem Natal

Entre os portugueses, as intenções de viajar no Natal praticamente quadruplicaram desde o ano passado. Como viajar em família não sai propriamente barato e para ajudar na otimização do orçamento nesta época festiva, o ComparaJá.pt explora algumas maneiras fáceis de reduzir os custos. Planear com antecedência e utilizar corretamente algumas das ferramentas financeiras disponíveis são pontos fundamentais para poupar até várias centenas de euros.

Beneficiar dos descontos das companhias de transporte.

Sabemos que viajar de carro torna-se mais confortável e é ótimo não estar dependente de horários, mas também é mais perigoso e pode sair bem mais caro. Para quem se desloca de transportes, as companhias oferecem descontos generosos quando os bilhetes são comprados com a devida antecedência.

Numa viagem para o Porto através dos autocarros da Rede Expressos pode obter-se 50% de desconto se se comprar o bilhete online até 5 dias antes da viagem. A CP faz o mesmo para bilhetes adquiridos com pelo menos 8 dias de antecedência.

Já para não falar do facto de as crianças pagarem sempre menos … Na Rede Expressos, as crianças entre os 4 e os 13 anos pagam apenas meio bilhete e com menos de 4 anos viajam gratuitamente se não ocuparem um lugar. Na CP a situação é praticamente a mesma: viajam gratuitamente até aos 3 anos e beneficiam de um desconto de 50% entre os 4 e os 12 anos.

Portanto, comparando as alternativas com tempo suficiente, em certos casos é mesmo possível reduzir para metade os gastos com a viagem!

Aproveitar os programas de milhas para conseguir viagens de avião gratuitas.

Muitos pais aproveitam esta maravilhosa época festiva para levar os filhos à Disneyland Paris ou para visitar os mercados de Natal espalhados pelas diversas cidades europeias (Luxemburgo, Bruxelas, Estocolmo, Praga…), onde os miúdos se deliciam com todos os pormenores natalícios.

Para pagar os voos para estes locais, existem cartões de crédito que, sempre que são utilizados, convertem os gastos em milhas aéreas. As milhas acumuladas podem ser depois descontadas para cobrir parte ou até o total de uma viagem de avião (por exemplo, para uma viagem de ida e volta em classe económica para Itália seriam necessárias 20.000 milhas).

E para se poupar ainda mais, o melhor é fazer a reserva da passagem com antecedência para conseguir os melhores preços.

Não duplicar custos com seguros de viagem.

Especialmente para quem viaja em família (e com as “abobrinhas” incluídas), ir descansado é uma vantagem essencial. Por isso, contratar um seguro de viagem é uma escolha sensata para evitar despesas avultadas no caso de acontecer algum percalço, sobretudo quando se viaja para fora da União Europeia.

Para evitar duplicar custos na contratação de um seguro de viagem nesta época que já é, só por si, muito dispendiosa, é sempre útil verificar se já se dispõe de um cartão com acesso a esta proteção que, geralmente, entre outros benefícios, cobre despesas de saúde (e até mesmo jurídicas e de responsabilidade civil), para além do reembolso em caso de perda de bagagem ou mesmo de perda de um voo de ligação, por exemplo.

Existem vários cartões de crédito que incluem seguros de viagem sem qualquer custo, tendo apenas que se efetuar a compra dos títulos de viagem com o mesmo.

Mas mesmo para quem não dispõe de seguro de viagem ou de um seguro de saúde com cobertura internacional, para evitar custos com cuidados de saúde numa viagem pela Europa, importa adquirir o Cartão Europeu de Seguro de Doença. É gratuito, solicita-se na Segurança Social e confere acesso a cuidados médicos com os mesmos direitos dos cidadãos do país de destino.

Aproveitar os descontos das gasolineiras.

Este ano, cerca de 40% dos portugueses tem intenção de viajar no Natal. Desses, 71% pretende fazê-lo dentro do país. Fazer tantos quilómetros pesa no orçamento de uma família. Quem vai de carro pode beneficiar dos descontos em gasolineiras que certos estabelecimentos oferecem, devendo evitar sempre os postos de abastecimento da autoestrada cujos preços tendem a ser inflacionados.

Um dos gastos mais significativos relativos à manutenção automóvel é o custo com combustível. No entanto, existem vários cartões no mercado – sejam eles de crédito ou de fidelização – que permitem aceder a vantagens e descontos em gasolineiras, tais como:

CARTÃO

GASOLINEIRA

ANUIDADE

 DESCONTO

Universo

Galp

0 €

6 cêntimos/litro

(até ao máximo de 60 litros)

BP PowerPlus

BP

0 €

6%

Poupa Mais

BP

0 €

Até 25% do valor do abastecimento

Seaside

Prio

0 €

10 cêntimos/litro

Continente

Galp

0 €

10 cêntimos/litro

Deco + Cepsa

Cepsa

0 €

7 cêntimos/litro

Montepio Repsol

Repsol

0 €

6 cêntimos/litro

Bonus BP

BP

0 €

6 cêntimos/litro

Solidário

Repsol

10 €

5 cêntimos/litro

Classic Crédito Agrícola

Qualquer

20 €

Devolve 3% sobre o montante em gasolineira

Inatel

BP

20 €

6 cêntimos/litro

Santander Totta 123

Repsol

24 €

5 cêntimos/litro

Sócio Estoril

BP

50 €

6 cêntimos/litro

Cartão ACP

BP

88 €

Até 15 cêntimos/litro

(9 cêntimos de desconto fixo)

Sócio Porto

Repsol

120 €

6 cêntimos/litro

Sócio Braga

Repsol

120 €

5 cêntimos/litro

Sócio Sporting

Galp

156 €

6 cêntimos/litro

Sócio Benfica

Repsol

156 €

6 cêntimos/litro

Planear férias em família dá mais trabalho, mas também é sempre muito mais divertido e as experiências que se criam para mais tarde recordar são cruciais. Nesta altura do ano também é costume algumas famílias viajarem para visitarem os parentes que vivem longe. Nem que seja “de Bragança a Lisboa” ou para distâncias maiores ainda, se tudo for previsto e planeado com antecedência, haverá sempre margem para poupar.