Família > Sãos e salvos > Segurança

Babysitter para os seus filhos – precauções para tomarem conta das crianças em segurança

Babysitter seus filhos - precaucões

Por vezes é necessário encontrar alguém com quem deixar as crianças em casa porque tem de trabalhar até tarde, para ir a uma reunião na escola, ir jantar fora, ao cinema ou a uma festa. E nem sempre temos alguém de família a quem recorrer. Nestes casos, há que recorrer a babysitting.

A Pumpkin, com base nas recomendações da APSI – Associação para a Promoção da Segurança Infantil, indica algumas precauções a ter para que os seus filhos não corram riscos de sofrer quedas graves, afogamentos, queimaduras ou intoxicações.

  • Escolha para babysitter uma pessoa responsável e com maturidade suficiente para cuidar de crianças; prefira alguém com experiência e conhecimentos em primeiros socorros, preferencialmente recomendado por familiares ou amigos, ou alguém seleccionado e treinado por uma empresa especializada em babysitting.

 

  • Antes de deixar os seus filhos pela primeira vez, marque um encontro em sua casa para que o(a) babysitter se familiarize com o ambiente e com as crianças e para que estas o(a) conheçam. Observe a interacção que estabelece com os seus filhos.

 

  • Explique-lhe as rotinas das crianças e defina regras claras: refeições, horário de deitar, tipo de actividades (regras e equipamentos de protecção, se aplicável), etc.

 

  • Fale-lhe de eventuais problemas de saúde, medicamentos que estão a tomar, etc.

 

  • Mostre-lhe a casa e explique-lhe onde estão os objectos de que possa necessitar, sem esquecer a caixa de primeiros socorros e outros equipamentos de protecção (como o extintor, por exemplo).

 

  • Relembre algumas recomendações de segurança: não deixar a criança sem vigilância, sobretudo no banho; manter os limitadores de abertura de janelas fechados e as cancelas colocadas; manter fechados os armários ou gavetas onde estão guardados os produtos tóxicos (medicamentos, detergentes), objectos quebráveis e cortantes ou pequenos electrodomésticos. No fim das brincadeiras, é importante arrumar os brinquedos, para evitar que alguém tropece e caia.

 

  • Peça ao(à) babysitter que chegue sempre um pouco mais cedo para, com calma, trocar informações e estabelecer as regras para esse dia.

 

  • Deixe junto do telefone os contactos mais importantes em caso de emergência: pais e outros familiares, 112, CIAV, Saúde 24 e Polícia. Dê orientações muito claras de como deverá agir em caso de acidente e/ou situação de emergência: o que fazer em primeiro lugar, para quem deverá telefonar, etc.

 

  • Se o(a) babysitter for buscar e/ou levar as crianças à escola, de carro, ensine-o(a) a instalar as cadeirinhas e a apertar os cintos depois de as sentar; explique-lhe também que é importante parar ou estacionar o carro junto ao passeio do lado direito para retirar ou colocar a criança desse lado.

Não se esqueçam de preencher a ficha de segurança com as instruções de segurança para as crianças para sairem mais descansados..

Fonte: APSI – Associação para a Promoção da Segurança Infantil

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *