Estabelecer uma rotina de sono nas crianças mais crescidas - Pumpkin.pt

Como estabelecer uma rotina de sono para as crianças mais crescidas?

rotina sono crianças

A primeira coisa a fazer é ser consistente e persistente. Quando é hora de dormir, não é hora de brincar ou fazer outras coisas, pelo que essa regra deve ser bem clara.

Não é só com os bebés que podemos ter dificuldade em impor uma rotina de sono. Como ajudar as crianças mais crescidas a dormir melhor?

Por vezes temos a questão dos pais chegarem tarde a casa e só estarem um pouco à noite com os filhos e, claro, tentarem em meia hora fazer as brincadeiras todas que não tiveram tempo de fazer durante o dia.

Sem dúvida que isto é um problema real e não nos podemos esquecer que os filhos precisam dos pais, pelo que devemos tentar ajustar o horário de dormir de forma a permitir que esta interacção se faça de forma saudável. De qualquer forma, é fundamental estabelecer uma rotina de sono na hora marcada, pelo que a partir daí não há espaço para grandes alterações, o que tem que ser bem claro.

Dr. Hugo Rodrigues, do blog Pediatria para Todos, explica-nos como conseguir estabelecer esta rotina bem marcada.

O pediatra também falou com Diana Chaves, para perceber como funciona lá por casa. Podem ouvir o 2º episódio do podcast Momento a S.Ó.S, entre outras plataformas, no Spotify e assistir à conversa no YouTube!

Estabelecer uma rotina de sono para as crianças mais crescidas:

Também é imprescindível que a rotina de sono das crianças seja calma e tranquila e não com saltos, cócegas, perseguições, televisão ou outras brincadeiras estimulantes.

Para as crianças que se acalmam com o banho, este pode ser dado imediatamente antes de ir dormir, para se aproveitar o seu efeito relaxante.

A partir do momento em que a criança vai para a cama, o mais importante passa a ser não ceder, ou seja, se é para dormir os pais não se podem levar pelo choro ou comportamento “graxista” do filho, sob pena de todo o trabalho que fizeram até então ir “por água abaixo”.

Logicamente a opção não é deixar chorar indefinidamente, mas sim aproveitar a presença do pai/mãe no quarto para acalmar o bebé, de forma a ele acabar por adormecer sozinho.

Há alguns autores que defendem que as crianças têm que aprender a dormir sozinhas no quarto, mesmo sem os pais presentes.

Apesar de terem uma alta eficácia, esses métodos são difíceis de aplicar porque implicam uma motivação muito grande por parte dos pais, o que nem sempre se consegue (devo admitir que, na minha prática, também não é exactamente isto que eu aconselho).

De qualquer das formas, é sempre importante reforçar juntando da criança que dormir não é um castigo e isso tem que ser demonstrado pelo nosso comportamento de a ir acalmando.

Outro aspecto fundamental é o erro que alguns pais fazem de castigar os seus filhos colocando-os na cama quando se portam mal.

Obviamente isto vai passar a mensagem errada e a cama vai passar a ser encarada como um local para o qual a criança se vai recusar a ir, mesmo que tenha muito sono.

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<