Higiene dentária infantil: dicas para melhorar a saúde oral dos miudos

Higiene dentária infantil: dicas para melhorar a saúde oral dos mais pequenos

higiene dentária infantil

Sabiam que 40% das crianças apenas escova os dentes da frente? E que 31,4% das mães revelou que tem alguma ou muita dificuldade em fazer com que os seus filhos lavem os dentes de forma regular?*

O Dr. Carlos Pereira, higienista oral, dá-nos algumas dicas de como os pais podem incentivar os seus filhos a lavarem os dentes corretamente evitando deste modo doenças orais.

Como os pais podem ensinar as crianças a lavar os dentes corretamente?

Incentivar que os seus filhos a assumir a responsabilidade pelos seus sorrisos e incutir hábitos saudáveis desde criança não só ajuda a prevenir as cáries, mas também aumenta a sua auto-estima .

Comece por mostrar aos seus filhos a importância de ter uma boa higiene oral através da implementação de uma rotina diária de jogos e escovagem de dentes em cojunto com os pais.

Escove os dentes com o seus filhos duas vezes por dia, de manhã  e antes de dormir, e não se esqueça de os ajudar até que as crianças tenham pelo menos 8 anos de idade.

Assim que as crianças tenham a coordenação e destreza adequada, eles podem escovar por conta própria, no entanto, certifique-se de inspecionar após cada escovagem e passe por cima de sítios que possam ter escapado ao seu filho.

Para ajudar a conseguir sorrisos saudáveis e felizes, sugerimos ainda as seguintes dicas:

– Use uma escova macia de nylon com um pouco de pasta de dentes com flúor (uma porção do tamanho de ervilha);

– Assim que quaisquer dois dentes da criança fiquem enconstados um ao outro, incentive  a utilização do fio dentário (com a sua supervisão);

– Fale com o dentista ou o higienista oral do seu filho para ter certeza de que ele ou ela estão a receber a quantidade certa de flúor.

– Ajude os seus filhos a construir hábitos saudáveis para toda a vida. Reforce a importância da boa higiene oral e estabeleça rotinas diárias escovando os dentes juntos duas vezes por dia, de manhã e antes de dormir.

*No âmbito da “Missão Saúde Oral”, uma parceria entre a Colgate e a Associação Portuguesa de Higienistas Orais, a Colgate realizou um inquérito para identificar os principais desafios que os pais portugueses enfrentam na área da saúde oral infantil.

Mais dicas da Direção Geral de Saúde:

Já o Dr. Hugo Rodrigues recorda-nos que em 2005 foi criado pela Direcção-geral da Saúde o Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, que visa optimizar os cuidados de saúde oral das grávidas e crianças portuguesas. Algumas das principais recomendações são as seguintes:

  • Até aos 3 anos não está indicado fazer nenhum tipo de suplementação com flúor;
  • A escovagem dos dentes deve-se iniciar logo após a erupção do primeiro dente, com os seguintes cuidados
    • Deve ser realizada, no mínimo, duas vezes por dia, sendo uma delas obrigatoriamente antes de deitar, depois da ultima refeição do dia (incluindo o leite)
    • O dentífrico deve ter 1000-1500ppm de flúor, aspecto extremamente importante é que deve ser confirmado sempre pelos pais
    • A quantidade de dentífrico a utilizar em cada escovagem é do tamanho da unha do quinto dedo (mindinho) da criança
  • Após os 3 anos continuam a desaconselhar-se os suplementos de flúor, mas deve-se utilizar elixires com flúor, particularmente em crianças cujos hábitos alimentares aumentem a probabilidade de desenvolver cáries (consumo de doces, por exemplo);
  • A escovagem dos dentes deve ser fomentada nos jardins de infância e escolas, tal como o ensino de bons hábitos alimentares e de higiene oral;
  • Até aos 3 anos os pais devem escovar os dentes dos filhos, mas entre os 3 e os 6 deve ser incentivado a progressiva autonomização da criança, sempre sob supervisão de um adulto.

Assim, são estes os princípios que todas famílias devem seguir, sendo importante ainda reforçar mais três aspectos:

  • A escovagem dos dentes deve ser bem realizada

O tempo que deve demorar é de cerca de 2 minutos, bem mais do que a maior parte das pessoas despende nesta actividade. Devem ser escovadas todas as faces dos dentes (de fora, de dentro e a zona com que os dentes “trincam”) e, no fim, deve-se escovar também a língua.

Compre aqui – “O Livro do seu Bebé”
  • Deve evitar-se os alimentos cariogénicos

Todas as crianças devem ter hábitos alimentares o mais saudáveis possível, pelo que os doces devem ser evitados como regra.

  • Os pais têm que ser um bom exemplo

Este é, provavelmente, o conselho mais importante. Todas as crianças aprendem com os pais, pelo que se eles valorizarem bons hábitos de higiene oral, também os filhos o farão.

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *