Astenia da Primavera: mito ou verdade? - Pumpkin.pt

Astenia da Primavera: mito ou verdade?

astenia da primavera

É frequente passarmos o inverno a ansiar pela primavera. Porém, quando ela chega, por vezes, sentimo-nos cansados, desmotivados e, até, com sintomas de depressão.

Estranho, não é?, mas estes sinais são comuns a cerca de metade da população. Falta de energia e de apetite, problemas de memória, irritabilidade, diminuição da líbido, fadiga, fraqueza e desconforto geral são alguns sintomas associados à estação das flores. Porém, será que a astenia da primavera existe mesmo?

Será apenas um mito? Curiosos para saber mais? A Doctorino explica-nos!

Astenia da primavera: mito ou verdade?

Astenia significa falta de vigor ou diminuição ou perda da força física. A astenia da primavera pode estar relacionada com um conjunto de fatores, desde logo a mudança da hora que ocorre no início desta estação. Esta alteração exige uma adaptação da rotina diária, assim como exigem as alterações de luminosidade, temperatura, humidade e pressão atmosférica. 

Tudo isto deixa o organismo mais suscetível aos sintomas que evidenciámos acima. Atualmente, as mudanças bruscas de temperatura e o desaparecimento do conceito de “meia-estação” contribuem igualmente para o surgimento desta síndrome primaveril, agravado por aspetos como má alimentação, stress e ausência de prática física regular. 

Alguns estudos concluíram que as mulheres entre os 35 e os 50 anos são as mais afetadas por esta condição. Esta constatação pode estar relacionada com o facto de também serem as mulheres o grupo mais afetado pelas alergias (ao pólen, por exemplo) caraterísticas desta época do ano, as quais provocam mau-estar e sintomas partilhados com os da astenia.

Astenias

Além da astenia da primavera, há outras astenias. É o caso da astenia funcional associada a problemas como o stress, a ansiedade ou a depressão e da astenia orgânica relacionada com problemas cardíacos, pulmonares, anemia, entre outras patologias.

Como combater a astenia?

Há medidas que podem adotar para combater os efeitos indesejados da astenia da primavera. Tomem nota de algumas delas:

  • Procurar fazer uma dieta equilibrada e rica em produtos da época e em alimentos energéticos, como a banana ou os frutos secos.
  • Beber água frequentemente.
  • Praticar exercício físico de modo a aumentar a produção de endorfinas que ajuda  a ter uma sensação de bem-estar.
  • Descansar e dormir uma média de 8 horas por noite para que o corpo seja capaz de restabelecer as suas energias. 
  • Evitar o stress, dado que a astenia também está muito relacionada com aspetos do sistema nervoso.
  • Não consumir cafeína em excesso.
  • Comer várias vezes ao dia.

Os sintomas da astenia da primavera surgem, geralmente, no início da estação e não devem prolongar-se além dos 10/12 dias. Isto significa que se esses efeitos se manifestarem durante um período mais alargado, podem estar com um quadro de depressão ou de outra patologia psiquiátrica que careça de avaliação médica.

Portanto, se há muito tempo se sentem cansados, sem energia e desmotivados, esclareçam todas as dúvidas e marquem já consulta de psicologia clínica em doctorino.pt.

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *