Família > Sãos e salvos > Saúde infantil

Aprenda das regras para a exposição solar do seu pequenino

Aprenda das regras exposicão solar pequenino

O sol é uma das grandes fontes de vitaminas D que existem, porém este também pode causar vários danos na saúde do seu filho, aprenda com o  Dr. Armando Fernandes – especialista em Pediatria do Desenvolvimento no Centro Pediátrico de Telheiras como manter a exposição ao sol saudável.

Sol

O sol apresenta uma grande gama de radiações, com muitos benefícios, para a nossa saúde e bem-estar. Mas em excesso, pode prejudicar a saúde da pele.

A radiação ultravioleta B permite que a pele produza vitamina D, o que é bom para o crescimento da criança. Contudo, as radiações ultravioletas (B e A) também têm efeitos negativos, nomeadamente: queimaduras, reações fototóxicas, envelhecimento e cancro da pele.

A pele das crianças é mais sensível aos raios ultravioletas do que os adultos. Lembre-se de que muitos cancros de pele têm origem em queimaduras intensas durante a infância. Por isso, todos os cuidados são poucos e as crianças só devem frequentar a praia a partir dos 6-12 meses.

Não esquecer que na praia, na piscina, na montanha, no jardim ou no campo o sol é todo igual, mas na praia há mais radiação refletida!

Regras para exposição ao sol : 

  • A exposição solar deve ser lenta e progressiva.

  • Até aos 6 meses de idade é proibida a exposição solar, porque a pele do bebé é demasiado sensível. Evite, também, a exposição direta de crianças com menos de 3 anos.

  • Entre os 6 meses e os 36 meses, se possível, mantenha as crianças à sombra, protegendo-as com um bom creme/protetor/filtro solar (que filtre a radiação UVB e UVA). Até aos 3 anos de idade deverá ser um “écran físico” ou “écran mineral”; após os 3 anos já poderá ser também um “écran físico e químico”. 

Qualquer deles deverá ser aplicado antes da criança sair de casa, i.e., 30-60 minutos antes da exposição, em quantidade suficiente do produto (ex. Anthelios XL Leite SPF 50+ (corpo); Anthelios XL Creme SPF 50+ (rosto); D’Aveia Protetor Solar Infantil SPF 50+; Aveeno Baby Solar SPF 50+; Uriage Bariésun Creme Mineral SPF 50+; A-Derma Creme Solar SPF 50+; Photoderm Mineral SPF 50+; Mustela Creme Mineral 50+; Mustela Creme Zonas Sensíveis 50+; Chicco Leite Solar SPF 50+; Chicco Creme Solar SPF 50+; Chicco Solar Spray SPF 50+ (>=12 M); Avène Creme Mineral SPF 50+ (rosto); Avène Leite Mineral SPF 50+ (corpo); SVR 50+ Ecrã Mineral; SVR 50+ Leite Especial Crianças (>= 3 A); Photoderm Kid SPF 50+ (>= 3 A); A-Derma Spray Solar SPF 40+; etc.)** em todo o corpo e comprado no ano corrente (primavera/verão).

Não se esqueça das zonas mais sensíveis (cara, orelhas, nariz, ombros, pescoço, dorso dos pés, lábios (Halibut Derma Stick Labial), etc.). Depois, o filtro solar deverá ser reaplicado a cada 2 horas, a seguir ao banho ou quando necessário (transpiração abundante, etc.).

O filtro solar também deve ser aplicado em dias nublados porque as radiações UVA e UVB atravessam as nuvens. Estudos recentes sugerem que a aplicação de uma quantidade generosa de protetor solar é de longe o fator mais importante da sua eficácia, seguida pela uniformidade da aplicação e pelo espetro de absorção específica do agente usado.

  • Nesta idade, a criança deverá usar sempre uma “T-shirt” (de algodão), pouco porosa, larga e opaca (que proteja o decote e os braços), calças compridas, chinelos ou sandálias e um boné/chapéu de abas largas, para proteger a face. A roupa deve ser mantida seca.

  • Depois dos três anos, no 1º dia só dispa a criança durante 5–10 minutos. Depois vista-lhe uma “T-shirt” e ponha-a à sombra.

  • Só expor a criança ao sol de manhã até às 11 horas e à tarde depois das 17 horas (horas mais nocivas: entre as 12 e as 16horas). Como regra, a criança não deve ser exposta ao sol quando a sombra projetada for inferior ao seu tamanho (“regra da sombra”).

  • No dia seguinte já pode expô–la ao sol durante mais 5 ou 10 minutos, conforme a reação da pele no dia anterior. Continue lenta e progressivamente a exposição ao sol.

  • Administre-lhe frequentemente água e/ou outros líquidos frescos (pouco açucarados).

  • Não lhe corte cabelo antes da época de praia, porque o cabelo comprido protege parcialmente a face, o pescoço e os ombros.

  • Também, se aconselha o uso de óculos de sol de boa qualidade. Para as crianças os óculos de sol devem ser inquebráveis e resistentes, ter lentes antirreflexo e protegerem contra os UV até 400 nm (comprimento de onda).

  • Se o seu filho está a tomar algum medicamento, não o exponha ao sol sem consentimento médico, pois certos medicamentos podem provocar reações fototóxicas. Pelo mesmo motivo, não devem ser usadas loções perfumadas, águas-de-colónia, etc. antes da exposição ao sol.

  • Se o seu filho tem alguma doença foto-agravada (lúpus eritematoso sistémico, dermatomiosite, etc.) é imperativa a evicção solar.

  • Evite absolutamente as lâmpadas de bronzeamento artificial (solários).

  • Após a exposição solar aplique produtos para depois do sol que são calmantes e hidratam a pele (ex. Avène Réparateur Aprés-soleil, Uriage Bálsamo Reparador, La Roche-Posay Posthelios; Aveeno Baby After-Sun Lotion, Bepanthol Loção Ultra Proteção, After Sun Otc, Photoderm Aprés-Soleil; Chicco Leite Pós-Solar, Chicco Gel Pós-Solar, etc.).

  • Estes cuidados devem ser redobrados nas crianças de pele clara, olhos claros, sardentos, que queimam facilmente e têm dificuldade em ficar morenos e os que têm muitos sinais (nevos), etc.

  • Se surgir qualquer dúvida em relação a um sinal que surgiu ou modificou não hesite em consultar o seu pediatra ou dermatologista. Esteja atento à sua pele, não ignore um sinal que se modificou…

Notas :

1. Os protetores solares são necessários, mas não suficientes para uma proteção solar adequada. Por isso, tenha em atenção o comportamento adequado, as sombras, o vestuário e os protetores solares.

2. Poderá haver “mais risco” de queimadura solar: numa caminhada à beira-mar (efeito da brisa, etc.); andar de barco; dias de nevoeiro.

Em caso de dúvida, ligue para a SAÚDE 24 (808 24 24 00) ou contacte o Pediatra dos seus filhos.