A utilização da sedação consciente e a anestesia geral em Odontopediatria - Pumpkin.pt

A utilização da sedação consciente e a anestesia geral em Odontopediatria

dentista infantil

O medo, a ansiedade e experiências dolorosas anteriores são dos fatores principais que levam muitas vezes, quer adultos quer crianças a evitar uma consulta de Medicina Dentária.

Um dos grandes objetivos da Medicina Dentária, segundo a equipa MD Kids, é o controlo deste medo e ansiedade, e para isso existem variadas técnicas, que têm como objetivo eliminar o stress de ir ao dentista, proporcionando visitas mais agradáveis: a sedação consciente.

A sedação consciente com óxido nitroso produz uma depressão mínima do nível de consciência, onde é mantida a respiração espontânea, os reflexos protetores e a capacidade de resposta a estímulos físicos e comandos verbais.

O óxido Nitroso é um gás respirável, não irritante, incolor e com um cheiro adocicado. Os efeitos dependem da concentração e do tempo de administração.

No entanto o paciente permanece sempre consciente, cooperante, respondendo sempre ao médico e com respiração voluntária.

É uma técnica fácil, muito segura e que normalmente resolve o problema de comportamento do paciente. O método utilizado é por intermédio de uma máscara que é colocada no nariz para que possa inalar o gás.

O paciente permanece consciente e acordado, e após o tratamento a recuperação é completa e imediata. A sedação consciente tem uma ampla aplicação na Medicina Dentária, podendo ser utilizada em praticamente todos os procedimentos e em todas as especialidades.

O uso da sedação consciente em odontopediatria é vastamente difundido em muitos países e é a primeira opção de sedação para este perfil de pacientes.

Vantagens:

– Pode ser utilizada em praticamente todos os procedimentos e em todas as especialidades.

– Ação rápida.

– A profundidade da sedação pode ser alterada a qualquer momento pelo médico.

– O período de recuperação curto (5 a 10 minutos).

– Tem poucos efeitos secundários, não tendo efeito negativos no cérebro, coração, pulmões, rins e fígado.

– Elimina reflexos do vómito mesmo em casos muito acentuados.

– Completamente diferente e mais simples do que a anestesia geral.

– Pacientes ansiosos e fóbicos, em particular as crianças, permitindo alcançar um estado de total relaxamento e tranquilidade, mas ao mesmo tempo acordado e cooperante…e em total segurança.

Limitações: 

Incapacidade do paciente respirar pelo nariz (síndrome gripal ou alergia): pelo fato da inalação do gás ser feita pelo nariz, se este estiver obstruído não é possível o efeito de sedação.

Importante será referir que existem situações em que a odontopediatria tem de recorrer à anestesia geral. A anestesia geral é um procedimento médico realizado por um Médico Anestesista, que é definido como um estado de inconsciência reversível causada por agentes anestésicos, com a perda da sensação de dor ao longo do corpo.

Para quem é que a anestesia geral é indicada, então?

– Pacientes com experiências prévias negativas, em que é impossível conseguir cooperação e uma comunicação positiva.

– Pacientes alérgicos aos anestésicos locais.

– Pacientes com necessidades especiais.

– Pacientes com múltiplos tratamentos, onde o fator “dor” atenua após a intervenção.

– Crianças pequenas com cáries múltiplas.

– Cirurgias complexas.

– Odontofobia.

Também lhe pode interessar:

  • Qual a importância da visita da criança ao odontopediatra, o médico dentista especializado?

2 comentários em “A utilização da sedação consciente e a anestesia geral em Odontopediatria

  1. Alessandra Almeida Dezembro 15, 2018

    Bom dia meu filho de 4 anos tem 14 dentes estragados, me aconselharam a sedação, o que me indicam?

    1. Erica Quaresma - Equipa Pumpkin Janeiro 4, 2019

      Bom dia, Alessandra.
      Este artigo é meramente informativo sobre o tema da sedação. Na situação do seu filho, não há nada melhor do que ir ao dentista e pedir uma opinião especializada. Caso não se sinta confortável ou de acordo com a primeira opinião, experimente visitar outro dentista (de preferência algum que conheça ou que algum dos seus amigos ou familiares recomendem).
      Esperamos ter ajudado.
      Saudações abobrinhas 🙂

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *