Família > Sãos e salvos > Desporto

Oito motivos para os seus pequenotes praticarem artes marciais

motivos criancas artes marciais

Quando o assunto é artes marciais para crianças, alguns pais podem ficar preocupados se a prática desse estilo de desporto pode desenvolver um lado agressivo delas.

Se é daqueles pais que tem pesadelos só de imaginar os filhos a mencionar a palavra karaté, jujitsu ou Taekwondo. Este artigo é especialmente para vocês. 🙂

Vamos mostrar-vos como as artes marciais são um forte aliado na educação do seu pequenote. 

1. Difunde o valor da defesa e não do ataque. As artes marciais são um jogo que faz clara distinção entre defesa e ataque. Diferenciação essa que pode influenciar um estilo de comportamento e um modo de pensar para toda a vida. Estas artes estimulam a criança a olhar, refletir e, se for realmente necessário, saber agir de modo a cuidar da própria defesa. Quanto mais cedo a criança souber fazer essa distinção, mais rápido será o seu entendimento de como a violência não vale a pena.

2. Aliado na formação moral e na aprendizagem de regras. Os praticantes deste desporto estão sempre a interagir entre si para realizar o mais simples gesto. Cada uma deles precisa, por exemplo, ter cuidado com o movimento que pretende fazer para não magoar o outro. Entendendo que o jogo acontece entre todos, independentemente do talento ou da ausência dele, todos são iguais, e em lugar de apontar os melhores (e os piores) jogadores, incentiva-se à parceria, ensinando o que já sabe de modo a que o colega possa evoluir também.

3. Amplia os conhecimentos culturais. Quem prática Capoeira recebe informação sobre a origem do jogo em si, as tradições celebradas no país de onde o jogo é oriundo, os costumes do lugar. É um conhecimento transmitido nas aulas que enriquece os conhecimentos culturais da criança. Não se trata de um tipo de informação feito para decorar, mas sim estimular o interesse da criança pelas diferentes identidades culturais.

4. Estimula a curiosidade infantil. Quem prática artes marciais desenvolve a sua perceção dos sentidos, assim como a consciência de que o próprio corpo é alimentado por movimentos pouco usuais. Trata-se de uma atividade que abre um leque de oportunidades – meninas e meninos podem descobrir, ao praticar artes marciais, o gosto por outras atividades. Em suma ao praticar artes marciais pode despertar aptidões, fonte valiosa de conhecimento e amor próprio. 

5. Promove o desenvolvimento físico. Os praticantes de artes marciais aprendem a reconhecer os limites do corpo, adquirindo segurança sobre o próprio desempenho. Quem pratica estas artes sabe como é que se leva um tombo e depois se recupera o prumo, situações essas de valor semelhante, afinal, o desequilíbrio também pode afetar e desestruturar emocionalmente, daí ser preciso assumir estratégias para recuperar o equilíbrio e seguir no jogo. O aluno ganha assim mais elasticidade, equilíbrio, autoconfiança. Em suma melhora a coordenação motora.

6. Estimula o controle emocional. Ao praticar este desporto a criança aprende a controlar algumas emoções como a agressividade, ou até mesmo o controle sobre situações delicadas, como o caso de ficar envergonhado por não fazer corretamente um determinado exercício. Estas artes valorizam o potencial de cada um, o que já conquistou e sabe fazer bem, pois todas as crianças têm capacidades para aprender e desenvolver, cada uma com o seu tempo de aprendizagem que deve ser respeitado.

7. Supera a timidez ou a vergonha.  Nas aulas de artes marciais não há espaço para timidez. As crianças entendem que nestas aulas terão de se expor ao grupo com todas as suas imperfeições. Aos poucos, o medo ou qualquer outro tipo de insegurança perde a força, até porque a criança sente-se cada vez mais à vontade no universo dominado pelo respeito, como é o das artes marciais.

8. Combate a obesidade infantil. A obesidade infantil é um problema crescente e as crianças com excesso de peso são mais suscetíveis de contrair doenças crónicas, como por exemplo hipertensão arterial e a diabetes. Para além disso, tem também impactos físicos e psicológicos que afetam a saúde mental das crianças. A prática de artes marciais é uma forma de prevenir e curar a obesidade infantil de uma forma divertida e desta forma potenciar bons hábitos para toda a vida.

Locais onde as crianças podem praticar artes marciais:

Estádio Universitário de Lisboa. Uma escola para todos: crianças, jovens e adultos. A Escola de Desportos de Combate do EUL (EDCombate) dispõe, neste momento de 13 modalidades. Aikido, Capoeira, Esgrima, Judo, Karate, Kickboxing, Krav Maga, Jiu Jitsu Brasileiro, MMA, Taekwondo, Systema, Kendo e Laser Run. Com objetivos essencialmente técnico-pedagógicos a prática das atividades é desenvolvida numa vertente de lazer, privilegiando o ensino e aperfeiçoamento da técnica e da transmissão de princípios e valores tão característicos destas modalidades.

Stat Artes Marciais (Campo de Ourique e Restelo)

As crianças começam a compreender sua vida em sociedade logo aos 6 anos, muitos deles até antes. Para tal, é essencial estarem apetrechadas das melhores ferramentas e do grau certo de auto-confiança, sem esquecer dos valores fundamentais, tais como o Respeito, a Cortesia, a Disciplina, a Honra, a Lealdade ou a Perseverança. Desde os 4 anos até aos 6, os jovens podem frequentar as aulas de Tigers, com muita atitude e diversão. O programa Taekwondo For Kids começa a partir dos 6 anos e foca-se no ensinamento dos valores da STAT, para que as crianças saibam que a liderança e a vitória estão nas suas mãos!

Clube Atlético de Alvalade (Lisboa). Modalidades, para maiores de 6 anos: Judo, Kung Fu, Shorinji Kempo, Jiu Jitsu, Aikido. 

Academia Tigre Branco (Valongo). Modalidades: Taekwondo. 

Coimbra MMA (Coimbra). Modalidades: Jiu Jitsu Brasileiro. 

Se gostou deste artigo pode também estar interessado nos seguintes:

 Atividades extracurriculares: Um Extra que vale a pena

 Atividades extracurriculares. Um extra que vale a pena.

Oito Motivos Para o Seu Pequenote Praticar Teatro

 Oito motivos para os seus pequenotes praticarem teatro.

Oito Motivos Para os Seus Pequenotes Praticarem Desporto  Oito motivos para os seus pequenotes praticarem desporto.

Oito Motivos para o Seu Pequenote Praticar Dança

 Oito motivos para os seus pequenotes praticarem dança.

Oito Motivos para o Seu Pequenote Aprender Música

 Oito motivos para os seus pequenotes aprenderem música.
Oito Motivos Para o Seu Pequenote Aprender Línguas   Oito motivos para os seus pequenotes aprenderem línguas.
Oito Motivos Para O Seu Pequenote Aprender Culinária    Oito motivos para os seus pequenotes aprenderem culinária.