Família > Sãos e salvos > Desporto

As melhores escolas de artes marciais para crianças

escolas de artes marciais

Reunimos as melhores escolas de artes marciais para as abobrinhas - e dizemos quais as vantagens de os deixar praticar judo ou taekwondo!

Quando o assunto é artes marciais para crianças, alguns pais podem ficar preocupados se a prática desse estilo de desporto pode desenvolver um lado agressivo delas.

Se é daqueles pais que tem pesadelos só de imaginar os filhos a mencionar a palavra karaté, jujitsu ou taekwondo. Este artigo é especialmente para vocês. 🙂

Vamos mostrar-vos como as artes marciais são um forte aliado na educação do seu pequenote.

1. Difunde o valor da defesa e não do ataque

As artes marciais são um jogo que faz clara distinção entre defesa e ataque. Diferenciação essa que pode influenciar um estilo de comportamento e um modo de pensar para toda a vida. Estas artes estimulam a criança a olhar, refletir e, se for realmente necessário, saber agir de modo a cuidar da própria defesa. Quanto mais cedo a criança souber fazer essa distinção, mais rápido será o seu entendimento de como a violência não vale a pena.

2. Aliado na formação moral e na aprendizagem de regras

Os praticantes deste desporto estão sempre a interagir entre si para realizar o mais simples gesto. Cada uma deles precisa, por exemplo, ter cuidado com o movimento que pretende fazer para não magoar o outro. Entendendo que o jogo acontece entre todos, independentemente do talento ou da ausência dele, todos são iguais, e em lugar de apontar os melhores (e os piores) jogadores, incentiva-se à parceria, ensinando o que já sabe de modo a que o colega possa evoluir também.

3. Amplia os conhecimentos culturais

Quem prática Capoeira recebe informação sobre a origem do jogo em si, as tradições celebradas no país de onde o jogo é oriundo, os costumes do lugar. É um conhecimento transmitido nas aulas que enriquece os conhecimentos culturais da criança. Não se trata de um tipo de informação feito para decorar, mas sim estimular o interesse da criança pelas diferentes identidades culturais.

4. Estimula a curiosidade infantil

Quem prática artes marciais desenvolve a sua perceção dos sentidos, assim como a consciência de que o próprio corpo é alimentado por movimentos pouco usuais. Trata-se de uma atividade que abre um leque de oportunidades – meninas e meninos podem descobrir, ao praticar artes marciais, o gosto por outras atividades. Em suma ao praticar artes marciais pode despertar aptidões, fonte valiosa de conhecimento e amor próprio. 

5. Promove o desenvolvimento físico

Os praticantes de artes marciais aprendem a reconhecer os limites do corpo, adquirindo segurança sobre o próprio desempenho. Quem pratica estas artes sabe como é que se leva um tombo e depois se recupera o prumo, situações essas de valor semelhante, afinal, o desequilíbrio também pode afetar e desestruturar emocionalmente, daí ser preciso assumir estratégias para recuperar o equilíbrio e seguir no jogo. O aluno ganha assim mais elasticidade, equilíbrio, autoconfiança. Em suma melhora a coordenação motora.

6. Estimula o controle emocional

Ao praticar este desporto a criança aprende a controlar algumas emoções como a agressividade, ou até mesmo o controle sobre situações delicadas, como o caso de ficar envergonhado por não fazer corretamente um determinado exercício. Estas artes valorizam o potencial de cada um, o que já conquistou e sabe fazer bem, pois todas as crianças têm capacidades para aprender e desenvolver, cada uma com o seu tempo de aprendizagem que deve ser respeitado.

7. Supera a timidez ou a vergonha

Nas aulas de artes marciais não há espaço para timidez. As crianças entendem que nestas aulas terão de se expor ao grupo com todas as suas imperfeições. Aos poucos, o medo ou qualquer outro tipo de insegurança perde a força, até porque a criança sente-se cada vez mais à vontade no universo dominado pelo respeito, como é o das artes marciais.

8. Combate a obesidade infantil

A obesidade infantil é um problema crescente e as crianças com excesso de peso são mais suscetíveis de contrair doenças crónicas, como por exemplo hipertensão arterial e a diabetes. Para além disso, tem também impactos físicos e psicológicos que afetam a saúde mental das crianças. A prática de artes marciais é uma forma de prevenir e curar a obesidade infantil de uma forma divertida e desta forma potenciar bons hábitos para toda a vida.

As melhores escolas de artes marciais para crianças:

 

A STAT é a primeira academia com um ensino profissional de Artes Marciais em Portugal e está em Campo de Ourique!

O Estádio Universitário de Lisboa, com instalações desportivas localizadas no Campus da Cidade Universitária e no Campus da Ajuda, é o serviço da Universidade de Lisboa que promove o desporto, a saúde e o lazer.

O Clube Atlético de Alvalade  tem como objectivo, através da actividade física, melhorar a qualidade de vida, a saúde e o bem-estar de todos os seus sócios/utentes.

A Academia Tigre Branco localiza-se em Valongo e tem sempre a porta aberta para quem queira aprender artes marciais!

No CNKD miúdos e graúdos podem aprender Karaté Shotokan!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

4 comentários em “As melhores escolas de artes marciais para crianças

  1. Será que você pode me ajudar? Estou procurando uma escola que tenha atividades esportiva ( basket, futebol, judô, hoquei…) no currículo. Moro em Amadora. Pode ser pública ou privada.

  2. Ficámos a saber deste vosso artigo por uma mãe de um atleta nosso. Muito obrigado pelo reconhecimento. Quando quiserem visitar a nossa Academia disponham! Atenciosamente, Fernando Branco (Academia Tigre Branco)

  3. Em Matosinhos temos o CNKD. Escola de karate shotokan onde crescem juntos,onde há um espírito de ajuda , muitas vitórias e onde todos são uma família. OSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *