Família > Lifestyle

Pôr fim à guerra e à fome: os grandes objetivos das crianças de todo o mundo

kids of the world

Cerca de 90% das crianças à escala global acreditam que são capazes de alcançar tudo.

Uma investigação realizada com crianças de 30 países, incluindo Portugal, com idades compreendidas entre os 6 e os 11 anos, concluiu que quase 90% das crianças acreditam que conseguem alcançar tudo se se esforçarem o suficiente.

O estudo “Kids of the World”, da Viacom, revelou ainda que as crianças de hoje têm uma atitude destemida perante a vida, apesar de estarem a crescer em tempos voláteis, cheios de incerteza e sempre em mudança: 85% das crianças inquiridas acreditam igualmente que é melhor experimentar coisas novas e arriscar cometer erros, do que nunca tentar fazer nada.

Esta ausência de medo motiva um desejo de salvar o mundo. ‘Acabar com as guerras’ é o problema prioritário que as crianças à escala global (61%) querem resolver, sendo o ‘fim da fome’ (58%) e ‘trazer felicidade ao mundo’ (53%) os seguintes do top três.

Em Portugal, juntamente com um terço dos países inquiridos, ‘acabar com a fome no mundo’ foi o problema número 1 que as crianças indicaram querer resolver. ‘Encontrar a cura para o cancro’, ‘o fim do terrorismo’ e ‘resolver o problema do desemprego no meu país’ foram outros dos problemas apontados pelas crianças portuguesas para resolver.

O estudo revelou três áreas chave que refletem a forma como as crianças de hoje se sentem…

… apoiadas

As crianças conseguem vingar no mundo volátil de hoje porque se sentem apoiadas: pela sua família, pelos seus amigos, e (aqueles que os têm) pelos seus animais de estimação. Juntos, formam uma unidade de apoio e são a chave para a abordagem feliz e otimista que as suas crianças têm perante a vida.

70% das crianças indicaram “estar com a família” no top 5 de causa de felicidade e, no geral, é o primeiro motivo de felicidade nesta faixa etária;

61% das crianças dizem que o seu melhor amigo é alguém da sua família.

… preparadas

Graças a estas redes de apoio coesas, as crianças têm uma estrutura sólida que lhes permite desenvolver competências e preparar-se para o sucesso. Estão conscientes de que muitas das coisas que fazem e aprendem hoje as preparam para o futuro.

Ver televisão é o método número 1 de relaxar para as crianças (em segundo ouvir música, e em terceiro jogar no telemóvel ou no tablet);

88% das crianças usam o seu tempo livre para desenvolver novas competências;

41% das crianças têm um tablet, 37% têm um smartphone, e 76% afirmam usar mais do que um dispositivo em simultâneo;

44% das crianças afirmam ter uma conta numa rede social.

… destemidas

Por serem apoiadas e estarem bem preparadas, as crianças do mundo de hoje estão a desenvolver uma atitude destemida perante a vida.

As crianças descrevem-se com atributos positivos, incluindo criatividade (89%), curiosidade (89%), confiança (86%), otimismo (86%) e procurar sempre o aspeto positivo (85%).

68% das crianças concordam com a frase ‘Sinto-me capaz de lidar com o que quer que seja que me aconteça na vida’.

Metodologia

No estudo Kids of the World da Viacom, a Viacom Global Insights falou diretamente com as crianças de modo a ouvir as suas opiniões em primeira mão e a entender o mundo da sua perspetiva.

Detalhes da investigação: A Viacom falou com 5.837 crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 11 anos, de 31 países (Argentina, Austrália, Canadá, Chile, China, Colômbia, França, Alemanha, Hungria, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, México, Holanda, Nova Zelândia, Nigéria, Filipinas, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Espanha, Suécia, Turquia, Reino Unido, EUA). O estudo incluiu um inquérito online a 5.724 crianças em 30 países, seguido de uma extensa fase qualitativa com 113 crianças de 11 países.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *