Família > Lifestyle > Festas e férias

O verdadeiro Pai Natal português responde às perguntas mais difíceis dos miúdos

O verdadeiro Pai Natal português responde às perguntas mais difíceis miúdos

Carlos Rocha “Jackas” é o verdadeiro Pai Natal português – o único certificado no nosso país por várias instituições internacionais, entre as quais a Irmandade Internacional dos Verdadeiros Pais Natal de Barbas, que obriga os membros a terem barba de verdade. A de Carlos, fundador do Museu do Brincar, em Vagos, tem mais de 20 anos.

Como sabemos que as abobrinhas fazem perguntas difíceis sobre o Pai Natal pedimos a quem sabe para nos dar as respostas. Será que ele se safou? 🙂 Porque o Pai Natal existe mesmo, e a magia desta quadra também

Como é que o Pai Natal consegue estar no Fórum Almada, no Alegro e na Lapónia ao mesmo tempo?

Só é possível estar em tantos locais ao mesmo tempo quando as crianças e os graúdos acreditam que o Pai Natal existe. E só assim posso estar em todos os locais!

Como é que o Pai Natal tem tempo para fazer tantos brinquedos?

Vou contar-vos um segredo. No princípio eu fazia os brinquedos com a ajuda da mãe natal, mas agora com tantas crianças que há no mundo, tive que me atualizar. Recrutei centenas de duendes para que possam fabricar todos os brinquedos que tenho de distribuir na véspera de natal. Ao princípio era complicado pois muitas vezes os duendes trocavam as cabeças das bonecas, as rodas dos carros…

Agora com a supervisão da mãe natal tudo corre bem.

Como e que o Pai Natal entrega presentes nas casas que não têm chaminé?

O Pai Natal é mágico e consegue resolver quaisquer problemas com que se depare; casas sem chaminé, lareiras com recuperador, chaminés com exaustor… tudo que pareça impossível para entregar as prendas o Pai Natal resolve.

Como é que o Pai Natal não se queima quando desce pela chaminé?

Há que ser muito cauteloso. Antes de entrar na casa das crianças pela chaminé tenho de ter em conta algumas regras; ver se a chaminé está limpa, pois o pó faz-me espirrar e depois acordo os meninos e meninas; se a lareira está apagada à mais de 1 hora, para que as brasas já não estejam quentes; verificar que não há nenhum menino acordado e à espreita. Só depois é que desço, deixo as prendas, como a minha bolacha, bebo o meu leite e sigo viagem.

Se o Pai Natal entra pela chaminé, os ladrões também podem entrar?

Claro que não. Não têm de ficar preocupados pois os ladrões não conhecem os truques que o Pai Natal usa para entrar pelas chaminés.

O Pai Natal é muito gordo, como é que ele cabe na chaminé?

Boa pergunta, às vezes é um pouco complicado. Tenho de suster a respiração encolher a barriga e num ápice dar o salto para dentro da chaminé. Depois de estar na sala posso finalmente respirar.

O Pai Natal é muito velhinho, ele nunca vai morrer, pois não?!

O Pai Natal nunca morrerá. Mas é preciso uma coisa muito importante, todas as crianças do mundo têm de acreditar neste simpático velhinho de barbas brancas.

Como é que as rendas voam?

As renas voam quando lhes sussurro palavras mágicas na orelha.

Como é que o Pai Natal consegue visitar todos os meninos do mundo numa única noite? Além disso, o trenó do Pai Natal é muito pequenino para caberem nele presentes para todos os meninos. O Pai Natal precisa de voltar à Lapónia quantas vezes?

O Pai Natal não precisa de voltar a casa para recolher mais brinquedos e o trenó não é assim tão pequeno. Parece muito pequenino porque os meninos quando o vêm a voar ele vai muito alto e por isso parece pequenino. É como olhar para um avião que vai no ar bem longe de nós… parece muito pequenino não parece?

Depois para que eu possa distribuir todos os presentes do mundo tenho um segredo. Paro o tempo; quando entrego o último presente ponho o tempo a rodar e “Voilá” todos os presentes foram entregues.

Porquê que o Pai Natal não traz todos os presentes da lista, ou traz algum que não estava na lista?

Muitas vezes os meninos pedem muitos brinquedos e esquecem que à mais meninos no mundo a pedirem brinquedos, por isso não levo todos os presentes da lista. Costumo pedir para escolherem da lista os presentes que mais gostavam pois assim torna-se muito mais fácil.

Quanto a levar presentes que não estavam na lista, ainda acontece que os meus amigos duendes se enganam nas encomendas… ou eu porque já sou velhinho e às vezes não percebo as letras e acabo por baralhar tudo. Espero que me perdoem estes pequenos enganos, pois também vos perdoo algumas matreirices. 

Este ano não deixe de visitar a NATAL(I)A TERRA DO PAI NATAL de 18 a 23 de dezembro de 2016. Já imaginou uma terra de alegria onde as entradas e as atividades são gratuitas? Carróseis, ateliers, exposições, figuras mágicas, pipocas, algodão doce, calígrafo, dança, bailado, teatro, orquestra e coro, canto lírico, o único Pai Natal de Portugal certificado e muito mais.

De que esperam? Marquem na vossa agenda uma visita à NATAL(I)A, em Vagos, Claro!