Família > Lifestyle > Festas e férias

40 dicas para manter as crianças ocupadas nas férias

40 dicas manter as criancas ocupadas nas férias

Já não sabe como ocupar os miúdos?

Fomos convidados pela jornalista Joana Capucho do jornal Diário de Notícias a colaborar num artigo com sugestões de atividades para manter as crianças ocupadas nas férias, juntamente com a Andreia Vidal do Blog Pais Criativos Filhos Curiosos.

Juntámos 40 dicas, com ideias para os mais novos e para os mais crescidos.

Nós fazemos um Passaporte para cada uma das nossas filhas onde registamos as experiências que fazemos, e temos uma lista de ideias que queremos pôr em prática em cada verão. A Andreia acabou de publicar o livro “365 ideias para tirar os seus filhos de frente da televisão”. Por isso, foi fácil encontrar ideias divertidas. Podem ver todo o artigo do Diário de Notícias.

Ideias para os mais novos:

Em casa

1. Fazer um bolo. Sugerimos um bolo simples, como o bolo de iogurte, em que eles possam ajudar e lamber as colheres. Para bolos que agradam a todos experimentem fazer bolinhos de todos os sabores com a ajuda dos mais pequenos.

2. Montar uma tenda dentro de casa. Se não puderem sair de casa, monte uma tenda no meio da sala e acampem ali mesmo!

3. Fazer bolachas e decorar com glacê. É uma atividade 2 em 1: dá para ajudarem a fazer as bolachas, e só isso já é uma festa (podem dar um mini rolo-de-massa para cada e formas para cortar). Depois de as bolachas cozerem e arrefecerem, podem decorá-las com glacê, confetis e brilhantes comestíveis – o que vos apetecer e tiverem disponível. Podem ver receitas testadas e aprovadas passo a passo de bolachas e bolachas com pintarolas.

4. Usem a imaginação e pintem pedras da praia com motivos divertidos. Peixes, bonecos, o que quiserem. Os pais ajudam, claro. Depois é a hora da história: inventem histórias com os personagens assim criados. Vejam como fazer.

Pintar pedras

5. Escrever e mandar um postal. Cada vez menos recebemos cartas e postais, e esta é uma atividade que relembra os tempos de infância dos pais, sem telemóveis ou internet. Se forem de férias para longe podem até endereçar os postais para casa, e ter uma surpresa no regresso.

6. Fazer limonada cor de rosa. Uma sugestão saborosa e colorida para os dias mais quentes.

7. Fazer bonecos. Usem sacos de plástico para construírem bonecos com os quais podem depois brincar.

8. Fazer esculturas gigantes com plasticina caseira. Que artistas!

9 .Fazer tintas comestíveis. Assaltem a cozinha e experientem fazer… tintas comestíveis, que podem utilizar depois para a dica nº 12.

10. Organizar uma festa na banheira. Levem música para a casa de banho e convidem os brinquedos que não se estragam com a água. Dança!

11. Histórias com sombra. Contar histórias com sombras chinesas é uma atividade diferente que os vai entreter e despertar a imaginação.

12. Pintar. É mesmo para sujar tudo. Escolham tintas adequadas à idade, e para os mais pequenos podem fazer tintas comestíveis com corantes alimentares ou com sumos de legumes (cenoura, espinafres, beterraba).

Pintar

Fora de Casa

13. Fazer um piquenique. É sempre giro comer ao ar livre, mesmo que seja num parque pertinho de casa, e se quiserem, os mais pequenos podem ajudar a preparar os acepipes. Os passarinhos e as formigas são sempre uma companhia divertida – e no Parque do Alvito em Monsanto já vimos até esquilos! Temos imensas  receitas e sítios ideais para piqueniques.

14. Ir à biblioteca. As bibliotecas municipais têm com frequência leitura de histórias e atividades plásticas, dedicadas aos mais pequenos – e normalmente gratuitas. É um programa girissimo e podem complementar tornando-se utentes e requisitando livros para as férias. Saibam mais sobre as atividades das Bibliotecas de Lisboa.

15. Ir apanhar fruta. Para as crianças dos centros urbanos é bom saber que as frutas não nascem no supermercado. Passear num pomar e apanhar fruta é uma experiência didática e divertida. Na zona de Torres Vedras é possivel apanhar pera-rocha e no Fundão podem passear entre as cerejas carregadas (na rota das cerejas, em Alcongosta).

16. Andar de barco, bicicleta, autocarro, metro, comboio ou avião. Vale tudo, desde que seja diferente do dia a dia. Por exemplo, um passeio de metro até ao Cais do Sodré e uma volta de Cacilheiro é um programa diferente e os mais pequenos vão adorar. Para um passeio ainda mais especial, podem ir no Cacilheiro decorado pela Joana Vasconcelos, ou experimentar as visitas guiadas por Lisboa em veículos “alternativos”: recomendamos a Caravel on Wheels e a Hippotrip.

Caravel on Wheels

17. Ir a uma festa popular. Em todas as aldeias do país há festas durante o verão, com petiscos, rifas, musica animada, farturas, balões… Temos algumas sugestões na nossa agenda! Uma experiência que as crianças vão adorar.

18. Experiência sensorial. Num local ao ar livre deixe que as crianças usem os seus corpos como tela para uma uma experiência sensorial fantástica – tintas de água e anti-alergicas que não fazem mal e saem facilmente à primeira mangueirada!

Sugestões para os mais crescidos:

Em casa

19. Transformem uma t-shirt. Com tesoura, linhas, missangas, fitas e botões dêem uma nova vida a peças de roupa antigas.

20. Pizza & movies. Um sucesso para todas as idades, podem fazer a pizza de raiz, massa e tudo, ou comprar massa de pão e fazer as pizzas com os seus ingredientes preferidos. Nós temos uma receita diferente: chupa-chupa de pizza! Depois deliciem-se enquanto vêem filmes de acção, aventuras e romance para teens.

21. Junior Masterchef. Os mais crescidos já se podem aventurar a preparar umas refeições especiais, como fondue de chocolate com frutas, bananas de pijama ou salsichas do espaço.

22. Noite do pijama. É um programa divertido à noite para eles e para os melhores amigos, e os pais podem ficar descansados porque eles nem têm de sair de casa. Podem caprichar, incluindo spa com manicure e pedicure para elas, ou noite de jogo do Playstation para eles.

23. Dia dos jogos. Juntem a família para diversão à moda antiga, com jogos de tabuleiro como o Monopólio, Pictionary ou Trivial Pursuit Junior – ou até um campeonato de King. Não vale fazer fitas se perderem (pais e mães incluídos).

24. Arts & Crafts. Temos várias sugestões de DIY divertidos no nosso site, e o Pinterest está cheio de ideias criativas e fáceis de colocar em prática. Que tal criarem um quadro de mensagens, para que os recados familiares sejam como as cerejas? Podem também fazer o vosso colchão de água!

25. Façam um castelo com cartas. É bem mais difícil do que parece… e exercitam a coordenação!

26. Bordar um pano. Experimentem e vão adorar; fazer o ponto certo é como um jogo.

27. Escrever e ilustrar.  Um pequeno conto sobre a vossa família… quem sabe não se tornará um best-seller?

28. Pintar. Pintem um quadro para decorar o quarto ou para oferecer às avós babadas.

Fora de Casa

29. Passeio. Percorram a vossa cidade como se fossem turistas. Usem mapas, façam perguntas, tirem fotografias… de certeza que vão descobrir coisas que nunca viram antes! Se viverem na capital, conheçam o nosso top 10 de locais para visitar em Lisboa… mas não nos esquecemos do Norte e escolhemos as melhores atividades para famílias no Porto.

30. Voluntariado. Ajudar a limpar as praias ou as florestas, ou ajudar num centro de idosos, são excelentes programas.

31. Requisitar livros na biblioteca. Uma excelente alternativa aos jogos de consola e à internet, nas bibliotecas podem requisitar livros gratuitamente e passar horas entretidos offline.

32. Ir a um parque aquático. Quanto mais crescidos são, mais podem aproveitar, mas há sempre piscinas e escorregas para todas as idades. Muitos parques têm outras atrações, como shows de aves ou outros animais, e parques de diversão, garantindo um dia bem passado. A Pumpkin já publicou uma lista de todos os parques aquáticos em Portugal.

33. Acampar. Por uma noite ou por um fim de semana, há muitas crianças que nunca acamparam, e é uma experiência gira em família e/ou com os amigos. Há até empresas que organizam uma noite de acampamento para jovens, com monitores especializados.

34. Jovens Einsteins. Participar num dos inumeros programas Ciência Viva que se realizam gratuitamente por todo o país vai desentorpecer o cérebro adormecido pelas férias escolares.

ciencia-viva-braganca

35. Cinema ao ar livre. Já podem aproveitar as sessões de cinema na Mouraria, Benfica ou no parque das Conchas, no Lumiar. Uma experiência unica e gratuita, basta levar mantinhas e almofadas. Se já não encontrarem nenhuma sessão, façam o vosso próprio cinema ao ar livre, para o qual nem sequer precisam de um projetor: só de um tablet e de um jardim.

36. Participar num mercadinho. Vendam roupa que já não serve ou brinquedos com os quais já não brincam e depois ofereçam o dinheiro a uma associação… pode ser uma pequena contribuição, mas fará toda a diferença no sorriso de outras crianças.

37. Museus. Programem visitas a museus em família. Há vários em Lisboa com dispositivos feitos a pensar nas crianças. E temos também ideias giras para que ir a um Museu não seja uma seca.

38. Animais. Aprender sobre os animais (por exemplo, no Jardim Zoológico de Lisboa, no Zoo de Santo Inácio, no Zoo de Lagos, no Borboletário do Jardim Botânico ou em alguma quinta pedagógica) ou aprender sobre a vida marinha (no Oceanário de Lisboa, no SeaLife no Porto ou no Zoomarine no Algarve) é sempre didático e divertido.

39. Noites temáticas. As crianças adoram desporto? São vaidosas e super entusiastas das novas tendências da moda? Adoram as músicas do Justin Bieber e da Ariana Grande? As paixões dos miúdos podem dar origem a noites muito divertidas. Criem quizzes sobre os seus ídolos, ou sobre a cultura local do país em que nasceram. Vão ver um jogo da Taça das Confederações? Cozinhem pratos dos países em jogo!

40. Caça ao Tesouro. Programem uma caça ao tesouro, ajustada às idades dos participantes. Quem é que vai encontrar o pote de ouro?

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.