Família > Crescer > Pais em crescimento

Também prometo falhar

maternidade

As escolhas de uma mãe estão repletas de falhas... e de amor!

Filipa Ferreira é a autora do blog Sei Lá Eu Ser Mãe… e, como não sabe, tem consciência de que falhará muitas vezes. É sobre isso que escreve nesta emotiva carta ao seu filho, com a qual tanto nos identificamos. 

Quando soubemos que vinhas a caminho,  tivemos muitas decisões para tomar.

Primeiro decidimos que queríamos que viesses e que fizesses parte das nossas vidas.

Decidimos e escolhemos, que íamos mudar a nossa vida, por ti. Porque queríamos que existisse uma maior parte de nós, e essa parte serás tu!

Decidi que teria que me alimentar melhor e com mais cuidado, porque afinal, agora também te alimento a ti. E tu és mais importante! Quero que cresças forte e saudável, e não deixo que te falte nada!

Eu e o pai, escolhemos uma boa médica para acompanhar o teu crescimento e para te trazer ao mundo.

Escolhemos e decidimos onde é que irás nascer.

Decidimos fazer a recolha de células estaminais e esperamos que nunca tenhas de saber o que isso significa. Talvez quando o pensares em faze-lo para os teus filhos, mas até lá, esquece isso, são coisas parvas…

Decidimos de que cor pintar o teu quarto, de que cor seria a tua cama.

Decidimos que roupas te iríamos comprar, e que sapatos te ficariam bem.

Decidimos quanto tempo vais ficar em casa comigo (e eu contigo), e em que escola te vamos confiar.

Decidimos onde é que íamos ver aqueles vídeos que nos mostram como estás a crescer dentro da barriga da mãe. E gostamos tanto de te ver. O pai adora ouvir o teu coração. Diz que é o seu motor. E neste momento é o que nos move.

Queríamos que tivesses um nome importante, bonito, doce mas forte. Decidimos qual seria o teu nome.

Escolhemos que não te vamos forçar nenhuma religião. Decidimos dar-te o espaço para definires quem és e no que acreditas. Quando decidires faremos como quiseres, és livre para acreditar e dedicar-te ao que quiseres e nós apoiamos-te.

Decidimos aquilo que te queremos ensinar, e o que queremos que aprendas sozinho.

Escolhemos e decidimos milhares de coisas, e estamos constantemente a decidir e a escolher.

Esperemos que estejas de acordo com pelo menos algumas das nossas escolhas. Todas elas foram pensadas no acreditamos ser o melhor para ti.

Quero que saibas, é que nada é imutável, e estaremos sempre dispostos a mudar aquilo que decidimos sempre que assim o queiras.

Porque eu e o pai estamos mais perdidos que nunca. Tentamos, e vamos sempre tentar mas não fazemos ideia se estamos a tomar boas decisões. Não sabemos se vais gostar ou querer assim. Não sabemos se estamos a falhar. Mas prometo-te, estamos a tentar! Estamos perdidos na maior aventura das nossas vidas e um dia, também tu, irás perceber.

Há vários meses que decido tudo a pensar em ti.

Prometo falhar, mas prometo nunca deixar de tentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *