Família > Crescer > Pais em crescimento

Quando pões o mundo às costas…

Quando pões o mundo às costas.

É possível alcançar a Parentalidade Positiva, ou é apenas um mito?

Certamente, muitas das vezes, a pessoa que mais exige de nós, somos nós mesmos. Porque achamos que se não fizermos nós mais ninguém fará. Porque achamos que só há uma forma de as coisas funcionarem e só nós é que sabemos. Porque achamos que é obrigação de todos à nossa volta repararem no quanto precisamos de ajuda, e não que devemos ser nós a pedir essa ajuda. Porque achamos que temos o mundo às costas, quando somos nós os primeiros a colocá-lo sobre os nossos ombros.

Reconhecem-se nesta descrição? Então talvez precisem de ler este texto de Beatriz Pereira, autora do blog Mais Q’ Especial

 

Por tudo isto, muitos pais, professores, educadores, terapeutas… todos nós, na verdade, sentimos que nunca conseguimos fazer tudo aquilo que achamos que temos de fazer naquela hora, naquele momento, daquela forma.

Talvez, se colocarmos o coração à larga e pensarmos antes em “Vou fazer o que conseguir, dando o meu melhor”, atingimos muitos mais resultados…alguns inesperados!

O stress, a ansiedade de ter de fazer tudo, a ânsia de não conseguir e não confiar nos apoios que podemos ter e pedir, a tristeza de não viver os momentos, de não estar no presente afeta a nossa relação conosco próprios e, por sua vez, a forma como estamos para os outros e com os outros à nossa volta.

E tenho para mim que isso é mais importante para TI do que se arrumaste tudo, se limpaste e aspiraste a cozinha, se escreveste o email que podes enviar no dia seguinte ou outra tarefa que sabes que podes adaptar ou adiar.

Para além disso, que prova maravilhosa damos às crianças e jovens que nos rodeiam quando mostramos que confiamos neles para as tarefas, para nos ajudar ou quando promovemos a sua capacidade para se respeitar e cuidar de si ou só mesmo saber pedir ajuda.

Se não queres algo da tua vida para os que te rodeiam, sê o primeiro a dar o exemplo pela positiva! Assume que a mudança é algo que deriva do teu primeiro passo para mudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *