Família > Crescer > Pais em crescimento

Coaching parental: uma nova abordagem no trabalho com pais

coaching parental

Os técnicos que, no seu dia a dia, interagem com famílias podem ser um modelo muito poderoso junto das mesmas.

Com a publicação do livro “Family Coaching: 36 desafios para pais extraordinários”, muitos profissionais (professores, educadores, psicólogos, técnicos de serviço social, mediadores…) começaram a questionar a possibilidade de algumas estratégias do coaching parental lhes virem a ser úteis no seu trabalho com famílias. Foi assim que nasceu a formação para técnicos que acontecerá no próximo dia 16 de Dezembro, em Lisboa, promovida pela Red Apple – veja mais informações e inscrições. Ângela Coelho e Sandra Belo, Family Coaching da Red Apple, explicam a importância desta  nova abordagem no trabalho com pais.
Tal como os pais, também muitos dos técnicos que nos procuram, chegam desanimados, “desesperançados” e a não acreditar que podem fazer a diferença na vida das famílias junto de quem intervêm.
Um dos primeiros desafios que lançamos nestes encontros é um “olhar para dentro”, levar os participantes a avaliar como está a sua autoconfiança, de forma a compreenderem o impacto que a mesma tem tanto nas suas vidas, como na daqueles com quem trabalham.
Quando falamos de autoconfiança estamos a falar de sentimentos positivos, de certeza nas escolhas, de segurança ao agir, de uma perspectiva positiva perante as situações e os acontecimentos da nossa vida. Esta confiança vem de dentro. É responsabilidade de cada um alimentá-la e mantê-la.
Os técnicos que, no seu dia a dia, interagem com famílias podem ser um modelo muito poderoso junto das mesmas. O que lhes dizem, como gerem a relação com elas pode contribuir tanto para aumentar, como para diminuir a autoconfiança dos pais e mães com que se cruzam.
Assim, facilmente se depreende que também podem ser um modelo muito poderoso, mostrando-lhes como poderão alimentar essa autoconfiança. Sem esta, as mudanças que se pretendem implementar tornam-se mais difíceis.
Ter consciência do papel da autoconfiança no dia a dia de cada um e como esta pode ser impulsionada é fundamental, por isso desafiamos a pensar: “Qual a sua característica que mais o ajuda a resolver problemas?”

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *