Família > Crescer > Desenvolvimento

Pai, mãe… o que vamos fazer hoje?

Pai, mãe… vamos fazer hoje?

As crianças ainda estão de férias, e alguns pais já recomeçaram o trabalho… Sabemos que como elas têm muito tempo livre, é natural que exijam maior atenção por parte dos pais e pode parecer um desafio saber o que fazer com os filhotes para que eles se sintam felizes e ao mesmo tempo gastem a sua energia. Conheçam as dicas da Oficina de Psicologia para actividades giras e bastante simples para entreter a pequenada:

Achamos que temos muito pouco tempo para estarmos com os nossos filhos (o que é um facto…!), e por essa razão, caímos muitas vezes no erro de estarmos a espera de “ter tempo suficiente” para fazermos algo “de diferente e especial”, e como consequência adiamos muitas vezes aquilo que tínhamos planeado.

A verdade é que as crianças gostam de atividades simples desde que possam passar algum tempo com os pais. O mais importante é atendermos à qualidade da interacção, em vez de centrarmos a atenção no tempo disponível que temos para estar com eles.

Na realidade, as crianças apenas precisam que os momentos em família (por mais pequenos que possam ser), sejam experienciados como únicos e especiais, e para que isso aconteça, apenas é necessário que quando estiver com os seus filhos, esteja verdadeiramente com eles.

Sugerimos algumas atividades e brincadeiras que poderá ir desenvolvendo com as crianças, não só durante as férias de Verão, como também noutras épocas, e que procuram essencialmente promover a interacção entre pais e filhos de forma simples e descomplicada:

Piquenique no parque: Há quanto tempo não faz um piquenique ao ar livre? Um piquenique pode ser feito em qualquer dia ou a qualquer hora (desde que as condições climatéricas sejam as adequadas!). Envolva toda a família na preparação. Para isso, cada pessoa poderá ficar responsável por uma pequena tarefa (preparar o lanche, escolher os jogos etc.) No final, é só disfrutar e saborear não só o lanche, como o momento em família;

Jogos em família: Sabemos que as crianças hoje em dia adoram os videojogos e as novas tecnologias (por vezes são o refúgio quando estão mais sós) Por esse motivo, em família, troquem as novas tecnologias pelos jogos de tabuleiro e outros jogos de maior interacção social, como: a mímica, as construções de legos, o mikado, os puzzles e os jogos de cartas;

Realizar trabalhos manuais: Enquanto brinca com os seus filhos, pode igualmente desenvolver a criatividade de ambos. Para isso, nada melhor do que estimulá-lo através do desenho, pintura, construção de origamis, jogos através de materiais recicláveis. Deixe que a imaginação os guie nesta interacção;

– Cozinhar em família: Envolver as crianças na cozinha pode tornar-se uma atividade divertida e educativa. É uma óptima oportunidade para dar a conhecer novos sabores aos seus filhos e desenvolver a sua autonomia ensinando-lhe como ele o pode ajudar a preparar uma refeição especial para a família;

– Passeios de bicicleta e (ou) patins: Todos sabemos que o exercício físico tem imensos benefícios, quer para os mais novos, quer para os mais graúdos. Mas para além disso, andar de bicicleta ou de patins é uma óptima maneira de desgastar energia, e de passear e conhecer alguns jardins e caminhos, e no final do dia, a recompensa é estarem todos mais relaxados; 

– Jardinar ou Cultivar – Se tiver a oportunidade de estar com os seus filhos a jardinar, cultivar, ou outros contatos semelhante, com a terra, plantas, água), é uma excelente forma de o ensinar a cuidar e a respeitar a natureza, ao mesmo tempo que desfrutam de toda a sua beleza;

Não esteja à espera do momento especial para brincar ou estar com o seu filho, faço-o acontecer ainda hoje!

 

Cecília Santos

Psicóloga Clínica

Equipa Mindkiddo –  Oficina de Psicologia