Família > Crescer > Desenvolvimento

Escorreguei e caí no chão? Não faz mal!

Escorreguei caí chão? Não faz mal

Conhece aquela música do menino que escorregou e fez no joelho um dói-dói e no nariz um arranhão? Isso é ser criança! 70% das crianças portuguesas passa menos tempo ao ar livre do que os 60 minutos recomendados para os prisioneiros… está na hora de mudar esta realidade! 

“Todas as crianças, independentemente da idade, ou das suas capacidades, são naturalmente curiosas. Têm um apetite natural para experimentar, e um desejo de explorar e compreender. Querem descobrir como o mundo em seu redor funciona e o que podem fazer, para aumentar as suas capacidades e construir a visão de si mesmas como seres humanos capazes e competentes.

Sempre que as crianças aprendem, afastam-se daquilo que é rotineiro e familiar – e, portanto, potencialmente chato – para o que é menos certo, mais desafiador e esperamos que mais interessante. Este movimento é especialmente pronunciado, e especialmente poderoso, quando as crianças aprendem a partir das suas próprias experiências e esforços, como acontece nos jogos e atividades de aprendizagem conduzidas e iniciadas por crianças e desenvolvidas ao ar livre.

Abraçar novos desafios, muitas vezes acarreta algum grau de risco; imagine uma criança a aprender a dar os primeiros passos ou a andar de bicicleta. Estes riscos raramente podem ser completamente eliminados sem comprometerem a aprendizagem.

Os adultos subestimam, sem dúvida alguma, a capacidade das crianças erirem o risco. Mesmo assim, quando as crianças recebem um grau de liberdade para brincar e aprender, muitas vezes cometem erros. Estes erros podem, por sua vez levar a acidentes, especialmente em situações de desafio e aventura. No entanto, pequenos acidentes e lesões – a que se segue uma recuperação total – não são em si um problema. Na verdade, muitas vezes as crianças aprendem muito a partir destes. No geral, ambientes ao ar livre são locais relativamente seguros, e aprender e brincar fora de portas é mais seguro do que muitos outros desportos ou atividades de lazer.”

O texto citado foi escrito por Tim Gill e divulgado pela Skip no âmbito do projeto Dia de Aulas ao Ar Livre – a ideia é  celebrar e inspirar a aprendizagem e a brincadeira fora da sala de aula -, que vai acontecer a 6 de Outubro de 2016.