Ler e brincar: como tornar a relação com os livros mais divertida - Pumpkin.pt

Patrocinado por Logo Happy Meal Readers

Ler e brincar: como tornar a relação com os livros mais divertida

jogos de leitura

Quem nunca ouviu uma criança dizer que “ler é uma seca” que arranque a primeira página do seu livro favorito.

Não queremos que aconteça um sacrilégio assim, mas também sabemos que estamos a arriscar pouco: é bastante comum as abobrinhas olharem para a leitura como uma atividade aborrecida, solitária e de alguma introspeção. No entanto, um livro pode ser uma excelente fonte de gargalhadas e proporcionar muitos momentos divertidos.

Nós passámos um bom bocado com a coleção “As Aventuras dos Gémeos Pinheiro Bravo” – são 12 livros incríveis para colecionar, ler e interpretar em família, numa iniciativa da McDonald’s e do programa Happy Meal Readers, com apoio do PNL2027.

Da autoria da escritora britânica Cressida Cowell, conhecida pelo bestseller internacional “Como Treinares o Teu Dragão”, os livros retratam as aventuras de Ana, Artur, Tiago e Tânia – cujos pais criaram uma máquina do tempo que lhes permite viajar pela neve e pelo gelo, estudar animais e viver uma aventura verdadeiramente incrível!

coleção happy meal readers

A pensar nisso, sugerimos uma série de jogos simples que podem fazer em família, enquanto exploram a coleção em conjunto!

E os nomeados são…!

“Uau!”, exclamou o Artur, apontando para baixo. “Aquilo é…?”

Lá em baixo, uma forma enorme tinha surgido à superfície da água.

“É uma baleia-azul!”, exclamou a Ana.

Os Gémeos Observam a Baleia

Mais do que ler o texto, vocês podem “ser” o texto – que é como quem diz, assumir as vezes de Artur, Ana e restante família! Façam a vossa própria interpretação destas aventuras inesquecíveis, viajem pelo céu que sobrevoa o Oceano Pacífico Sul e deslumbrem-se com o maior mamífero de todos os tempos. 

Se as crianças ainda estiverem a aprender a ler, podem vocês assumir as frases mais longas, encarnando o narrador. No entanto, vale a pena incentivá-las a ler e memorizar as falas, de forma a representar com pompa e circunstância o seu papel, por mais pequeno que seja.

Além de prestarem ainda mais atenção a todas as curiosidades sobre estes animais tão especiais – sabiam que, em média, o coração de uma baleia-azul tem o tamanho de um piano?! – vão desenvolver as competências sociais e de cooperação das crianças. Se quiserem, podem até eleger no fim o melhor dos atores! Ou gravar a vossa “peça”. A imaginação é o limite.

Pim pam pum, um sinal de pontuação a cada um

leitura divertida

E se agora o ponto de final deixasse de ser uma pausa silenciosa e passasse a ser um “pim”? E se a vírgula assumisse as vezes de um “pam”? Já o ponto de interrogação foi substituído por um “pum” e o de exclamação por um “pom”; será que vamos dar pela sua falta? Pum.

Será que conseguem, depois de uma primeira leitura, transformar as frases dos livros com este jogo divertido? Parece fácil, mas talvez não seja!

“Uau pom” pam exclamou o Artur pam apontando para baixo pim “Aquilo é pim pim pim pum”

Lá em baixo pam uma forma enorme tinha surgido à superfície da água pim

“É uma baleia-azul pom” pam exclamou a Ana pim

Os Gémeos Observam a Baleia

Nós tentámos… e acabámos a chorar de tanto rir. Pim.

Sí-la-bas!

leitura divertida sílabas

E se a-go-ra lês-se-mos to-dos as-sim?

Conseguem dividir as palavras, e pausar a leitura, fazendo uma divisão silábica adequada?

Esta é uma excelente forma de tornar a leitura divertida e de ajudarem as crianças a estudar, ao mesmo tempo!

Lá em bai-xo, u-ma for-ma e-nor-me ti-nha sur-gi-do à su-per-fí-cie da á-gua.

Os Gémeos Observam a Baleia

Depois, podem fazer o contrário e tentar ler, sem comer sílabas nenhumas, as frases o mais rápido, mas corretamente, possível!

O livro comeu-te a letra?

Que é como quem pergunta se o gato comeu a língua, mas de forma mais inovadora. Vamos testar a atenção e rapidez de todos os membros da família? Quem será que consegue ler uma página inteira sem dizer em voz alta as palavras que tenham a letra “i”?

Hesitações, tropeços e gargalhadas dão direito a desclassificação. “…, tropeços e gargalhadas dão … a …”, queremos nós dizer.

“Uau!”, exclamou o Artur, apontando para …. “… é…?”

Lá em …, uma forma enorme … … à … da água.

“É uma …-azul!”, exclamou a Ana.

Os Gémeos Observam a Baleia

Num momento em que o confinamento nos exige originalidade e uma paciência acima da média, nada melhor do que descontrair com estas sugestões e as aventuras dos Gémeos Pinheiro-Bravo.

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *