Família > Crescer > Desenvolvimento

Fatores Psicomotores: lateralidade e sinais de alarme

lateralidade

A Lateralidade é o terceiro fator psicomotor a ter em conta no desenvolvimento das crianças.

A lateralidade relaciona-se com a nossa perceção sobre os lados do corpo e, progressivamente, com a preferência pela utilização de um dos nossos lados do corpo. Mas se acham que a lateralidade é apenas manual, não! 

A psicomotricista Beatriz Pereira do blog Mais Q’ Especial explica-nos tudo.


Quando falamos em lateralidade falamos na manual, na ocular, na auditiva e na pedal (os pézitos).

A partir dos 2/3 anos começa-se a aperfeiçoar e a amadurecer esta questão da lateralidade sendo que se poderá considerar uma lateralidade definida por volta dos 7 anos.

Atenção: é normal que ao longo de todo este período que exista uma instabilidade na dominância.

Sinal de uma lateralidade mal definida:

Quando se verifica uma alternância constante na atividade das partes do corpo. Ou seja, por exemplo:

– Escreve com a esquerda, segura a colher com a mão direita;

– Olha por um canudo com o olho direito e olha por um buraco numa folha de papel com o olho esquerdo;

– Pontapeia com o pé esquerdo e salta ao pé coxinho com o pé direito.

Curiosidade: existem pessoas que utilizam o lado direito para tudo o que são ações com a mão mas depois utilizam, preferencialmente, o lado esquerdo nas ações com os pés. Isto é definido como lateralidade cruzada.

Sem uma tonicidade ajustada e um equilíbrio estável, é difícil que a criança tenha oportunidade para explorar a sua lateralidade. Por exemplo, se uma criança nem se mantém em equilíbrio sentada numa cadeira, não tem a oportunidade para começar a explorar movimentos e ações que envolvam a dominância de um dos seus lados de forma organizada, como o manuseio de lápis ou outros objetos.

A lateralidade bem definida tem um impato significativo na noção de corpo, no sentido de orientação das crianças e na própria aprendizagem académica!

Estejam atentos!

Conheça todos os fatores psicomotores:

  • Gratuito

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *